segunda-feira, outubro 15, 2018

Pra quem reclamar quando autoridades estão ligadas aos criminosos?

Quando você se vê atingido por uma autoridade usurpadora do teu próprio direito, a quem reclamar, quando você sabe que a autoridade máxima do país está direta ou indiretamente ligada a esta autoridade? CONTINUE LENDO:

Movimento Contra Corrupção 2011 - Manifestação em Copacabana - Foto Saulo Valley

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 15 de Outubro de 2018

A tirania sempre foi uma cruel realidade no mundo. Ao longo da história vimos que homens maus e gananciosos lutaram pra dominar o topo do poder, controlar as pessoas abaixo de si, atraindo para si mesmo além de autoridade, uma quantidade e incalculável de dinheiro. Hoje em dia a tirania não tem ligação com com a coroa, mas com o colarinho branco. Milhares de pessoas agora podem ascender do meio do povo e se tornar uma autoridade de qualquer nível, assim abocanhar criminosamente uma pequena ou gigante parcela dos recursos que deveriam ser destinados aos pobres, estudantes, idosos e aos doentes.

Quando uma pessoa se vê vítima de um agente criminoso que ao mesmo tempo é a autoridade torna-se muito difícil buscar ajuda, porque o sistema quando corrompido não facilita a comunicação. É como se você tentasse pedir socorro ao assaltante que acabou de anunciar o assalto!

Reino de impunidade e abusos, o Brasil se tornou um antro de ladrões, que fabricou na era petista um número incalculável de bandidos de colarinho branco, oportunistas, criminosos armados, salteadores, saqueadores e mentirosos. A "Pátria Educadora" se fez conhecer pelo elevado e perigoso potencial de utilizar o ensino público em todos os níveis e a grande mídia com suas novelas e filmes, para aliciar de crianças a idosos. Uma forma de compartilhar a culpa por seus escandalosos e inescrupulosos atos.

Daí vemos o país afundado numa crise ideológica, aonde uma parte que o fim da impunidade e a outra que se manter impune por seus pequenos delitos, tornando-se um escudo humano invisível  para aqueles que cometem delitos graves. A ignorância popular criou até um ditado que "político honesto não tem lugar no governo" ou que "pra ser político tem que ser cara-de-pau".

É bem verdade que esta é a imagem que a política vem semeando ao longo destes 30 anos, mas  cabe ao eleitor assimilar estas mensagens subliminares ou não.

Somos um povo humilde por natureza. |Sim até porque o brasileiro dorme em cima de uma grande riqueza natural sem que tenha o trabalho de explorá-la nem defendê-la! Vendemos o que há de mais precioso por qualquer bagatela, ou trocamos por coisas que nos trazem prazerem momentâneos. Somos verdadeiros destruidores dos recursos desta nação que naturalmente poderia ser mais  poderosa que os Estados Unidos da América! Mas nossas mentes não conseguem alcançar este poder nem esta riqueza. Nossas mentes são bombardeadas todos os dias com mensagens que nis deprimem, que reduzem nossa autoestima e sem falar que estas autoridades bandidas querem nos manter sem cultura, sem formação acadêmica porque assim, mantidos num cabresto de ignorância, jamais poderemos saber o tato que estamos sendo roubados.

Você conhece a história real do cantor Ray Charles?

Victor Diaz Lamich [CC BY 3.0  (https://creativecommons.org/licenses/by/3.0)], via Wikimedia Commons

Me lembro da história do grande músico Ray Charles. Celebrado por décadas no topo do mundo, o cantor norte-americano embalou o mundo com suas lindas canções e seu jeito muito louco de fazer as pessoas dançarem! Mas na verdade Ray Charles não ganhava para trabalhar!
Ele recebia umas pequenas doses de drogas em forma de fumo e injeções logo após os shows, de forma que o pobre grande artista nunca soube quanto dinheiro deixou de receber ao longo de mais de 40 anos de estrada!

Quando acordou pra realidade, Ray não possuía nada. Vivia em guetos e becos, uma vida simples e difícil, porque toda fortuna que gerou com seu talento era roubada por seus empresários. A história não é única mas representa muito a realidade do Brasil. Somos um povo que se habituou ao entretenimento e tomamos o lazer como prioridade, enquanto os ladrões tomam nosso dinheiro com muita seriedade, sem qualquer escrúpulo!

Com o passar do tempo o povo brasileiro passou a entregar todos os recursos e toda responsabilidade nas mãos dos maiores bandidos da história. Fomos de certa forma cúmplices porque nunca nos opusemos a eles. Hoje podemos mudar isto. Porque à cada dia nos tornamos mais coesos e mais fortes. Estamos aprendendo a fiscalizar, aprendendo a cobrar, a nos expressar a nos impor e a separar os bandidos dos trabalhadores. Estamos começando a ver o que é bom e o que é péssimo para nossas economias. Este é o tempo que temos para colocar o Brasil em primeiro lugar no mundo, mas não será possível com pouco trabalho, porque precisamos arrumar nossa casa e recuperar nossa capacidade produtiva!

Somos todos empresários, produtores, policiais, médicos funcionários públicos, agricultores, juízes, advogados, bombeiros, lojistas, atacadistas, varejistas, autônomos e ambulantes. Temos que nos unir em todas as esferas para mostrar nossa força e nossas demandas que são focados no objetivo de construir um país melhor pra todos, não para alguns.

Então vamos mudar!?

Artigo em Destaque

Julian Assange periga ser extraditado para os EUA

O fantasma da extradição de Julian Assange volta a assombrar e podemos dizer que processar e condenar o fundador da Ong Wikileaks pelo cr...

Leia também: