segunda-feira, maio 29, 2017

Op. Lava-jato e a corrupção explícita no Planalto de Temer

A corrupção explícita no governo Temer nos faz pensar que nossas autoridades constituídas procuram à cada dia desafiar nossa capacidade de reação e nossas convicções, usando dinheiro público para comprar pessoas em busca de preservar suas posições à margem da lei - Continue Lendo se você quer um Brasil diferente compartilhe!


Presidenta eleita Dilma Roussef, Presidente Lula e o Vice-Presidente eleito Michel Temer na rampa do Palácio do Planalto.
Local: Brasília/DF  - Foto: Germano Corrêa/MRE _ Creative Commons via Flickr

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 29 de Maio de 2017 - 10:25 GMT-3

Quando o presidente da República é flagrado numa conversa nada recomendável para o cargo. Conversa esta que reforçou o pedido de investigação criminal contra ele você pensa.. "É o fim!"

Mas aí você percebe que a corrupção política não veio pra manchar a imagem do presidente, mas ela pode ser o próprio presidente da República, o que você pensa?

Quando o país assiste o presidente da República gastando todos os recursos do seu cartão corporativo pra comprar políticos, comprar apoio político, comprar voto na Câmara e no Senado às suas propostas nada animadoras, tem alguma coisa muito errada que ninguém está querendo ver ou reagir a isto.

No governo Lula e no governo Dilma vimos os ex-presidentes esgotarem os recursos do Planalto para lavar suas imagens manchadas, aliás encharcadas de lama até o limite. Quando o dinheiro já estava escasso vimos o surgimento de necessidades de gastos urgentes, como epidemias e novos programas que logo após suas saídas do governo foram se extinguindo. É.. foram sendo substituídas por outras urgências, como as "reformas da ponta do Iceberg" pra encobrir toda a montanha restante.

Reformas cheias de buracos e brechas legais que ajudarão a impunidade de empresas e administradores corruptos que visam escravizar trabalhadores, sem falar na sobrecarga de impostos aos servidores já mal remunerados cujos vencimentos ainda nem foram garantidos na íntegra!

Não se ouve falar em aumentar recolhimento de impostos da classe política que em média recebe 500 mil reais por mês, fora o que ganham nas práticas criminosas já conhecidas pelo país. Pois no topo desta cadeia encontramos o presidente da República sentado em seu trono de abuso de poder e de poder financeiro, como qualquer criminoso abaixo dele. Liderando um verdadeiro cartel. Nomeando ministros para o barrar os processos contra ele no STF. Vimos o presidente demitir membros do governo que apoiam a Lava-Jato e contratar autoridades que possam criminalizar e combater as investigações da Polícia Federal, como o caso do atual "Ministro da Justiça", que no primeiro dia no cargo já começou a atacar os mais de 16 processos movidos contra Michel Temer por inúmeros crimes contra o estado! Estarrecedor.

Então você se lembra da discussão que levou às autoridades ligadas à Polícia Federal a investigar a falta de Câmeras de segurança nas instalações do Planalto.. conectada ao fato do atual presidente decidir se mudar para a casa que morava enquanto vice-presidente, alegando má adaptação familiar... e as gravações de áudio entre ele e um empresário sujo até a alma na Lava-jato depois das 22 horas na "casa de vice" do atual presidente.. Está claro que ele buscar fazer coisas às escuras.

Já não há interesse de esconder que trabalha dia e noite produzindo meios de barrar a Polícia Federal e levantar peças no jogo de gato e rato que começa a se desenhar ao longo dos dias ou meses final de seu passageiro, dispensável e descartável mandato. Odioso ver que manobras políticas contra até mesmo a constituição levaram o vice-presidente de um governo derrubado pela própria corrupção permanecer no governo, agora na pessoa do presidente da república. Cujas promessas de resgatar o país só foram mantidas nos seus três primeiros meses de governo, iniciando em seguida um novo esquema corrupto de propinas, e desmandos. Uma nova quadrilha no Planalto.

A quadrilha anterior chegou com toda força, querendo literalmente incendiar os prédios do governo em Brasília, para forçar a nação a aceitá-lo de volta ao poder, usando de claros e falsos slogans, como quem vai em nome do povo mas age por conta própria visando única e exclusivamente os ricos depósitos dos cofres públicos.

No centro da vontade da população está o único órgão que se revela profundamente comprometido com o cumprimento da lei e da ordem, mas há muito o que se fazer. O Brasil precisa remar contra a maré. Lutar contra as correntes do mal que ensinam crianças nas escolas a amar o crime e odiar a justiça. O Brasil precisa lutar, resistir e expulsar de uma vez todas as correntes criminosas que insistem em circular pelas mais importantes veias financeiras do país. É sangue venoso. Precisa de ser tratado. Vamos à luta Brasil!

Hastags:

#corrupção #lavagemdedinheiro #abusodepoder #abusodeautoridade #abusoeconômico @planalto #Brasil #justiça #PF #lavajato #lava-jato

Tags: política, corrupção, corrupção política, Operação LavaJato, Polícia Federal, Planalto, Michel Temer, Dilma Rousseff, lula, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: