sábado, abril 08, 2017

Síria: movendo as peças no jogo Rússia envia destróiers para perto dos navios americanos

Algumas ações demandam inevitáveis reações e um dia após o ataque americano à base aérea militar de Shayrat na região rural de Idlib na Síria, o governo russo ordenou que um número de navios correspondentes ao número de navios que dispararam contra a base síria, se dirigisse para a região do Mar Mediterrâneo -  Continue Lendo:

Mil.ru [CC BY 4.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/4.0)], via Wikimedia Commons

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo -  Rio de Janeiro, 08/04/2017

Citando a agência Fox News como fonte que descobriu que a fragata russa Almirante Grigorovich RFS-494 "cruzou o Estreito de Bósforo há algumas horas" em direção aos navios americanos que dispararam contra o território sírio.

Enquanto isto a mídia americana interpreta que o ataque ordenado por Trump enterrou a teoria que se tratava de um laranja à serviço de Putin e dos interesses russos.

Por outro lado o serviço secreto americano investiga se houve participação russa no ataque com armas químicas que matou por asfixia mais de 80 pessoas na região rural de Idlib.

Neste domingo (09) países aliados da Síria entre eles Rússia, Irã e Corea do Norte, enviaram aviso internacional de que qualquer país que atirar novamente contra território sírio terá resposta imediata.

Nesta segunda (10) o governo americano alertou a Rússia se estiver apoiando os ataques químicos na Síria.

By U.S. Navy Photo by Mass Communication Specialist 3rd Class Eric Coffer [Public domain], via Wikimedia Commons

Corea do Norte

Um dia após o ataque americano à base aérea militar síria, o governo da Corea do Norte anunciou o sucesso de testes com mísseis de cruzeiro que percorreram 37 milhas, o suficiente para atingir os Estados Unidos.

Em resposta o governo americano moveu o Porta-aviões "USS Carl Vinson" para a península coreana
e a mantém em estado de prontidão.
continua..

Tags: guerra da Síria, bombardeio, armas químicas, Syria, Massacre em Idlib, fragatas, mísseis, war, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: