domingo, janeiro 08, 2017

População se revolta contra Direitos Humanos no Brasil

Estamos de volta ao governo Dilma? Parece. As pessoas se mostram revoltadas porque apesar da explosão da criminalidade, a violência cada vez mais mortal dos bandidos e o governo só se preocupa em defender os que agridem a sociedade - Continue lendo:

Imagem cedida por CNJ via Flickr

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de janeiro, 08,de Janeiro de 2017 - Atualizações

A população se mostra à cada dia mais estarrecida com as notícias que chegam na mídia, vindas de Brasília.

Uma hipocrisia sem tamanho. Temos Deputados lutando pra criar leis que protegem políticos corruptos ou presos de todo nível de periculosidade.

Chacina da população indígena nunca vira manchete, sucessivos arrastões em áreas turísticas, assaltos com mortes bárbaras cada vez mais crescente, onda de assaltos à mão armada de granadas e fuzis e a resposta do governo é sempre insuficiente.

Vejam o caso do turista americano assaltado no Rio..

O bandido tinha 26 passagens pela polícia, é extremamente violento, e se a arma não tivesse falhado haveria mais um turista morto para engrossar as estatísticas.

Mas o turista se revoltou porque nossos policiais são obrigados a tratar presos como visitantes VIPs e quis castigar o bandido por meios permitidos nos Estados Unidos. Mas quem ta preso? O Turista.

Direitos Humanos que só defende quem não tem o mínimo de humanidade e ninguém tem coragem para enfrentar esta verdade.

Como assim Ministro da Justiça ex- advogado do PCC?

Como assim Ministro do STF ex-advogado do PT?

Como assim Brasil?

Indenização para família dos bandidos mortos em guerra pelo controle do tráfico e não indenização para famílias das vítimas dos assaltos seguido de morte, cometidos pelos mesmos bandidos?

Tantos questionamentos que a população tem feito e o governo só cria decretos e leis que decepcionam à cada dia.

"A solução é criar um imposto.." Pra quem pagar, a classe política?

Beneficiar criminosos não amenizará a violência e nem fará qualquer bem para as contas do Brasil, mas é certo que se houvesse pena de morte para políticos corruptos e criminosos quebpraticam crimes hediondos muitos desta mesma classe de políticos que defende bandidos ( e nunca a sociedade) já teriam sidos executados!

Para a maioria das pessoas que se manifesta nas redes sociais, o que está acontecendo só pode ser um pesadelo.

Arrastões aconteciam no governo Dilma e policiais assistiam porque a lei protege os menores infratores. Eles podem empregar qualquer grau de violência contra a sociedade que é obrigada a ficar imóvel.

Quem é que lucra com isto?

Hoje vemos que com o novo governo as coisas são exatamente como antes. Não podemos criminalizar o PT e deixar os outros partidos cometendo os mesmos crimes. Não podemos condenar o Lula e deixar a Dilma, o Temer, o FHC ou seja lá quem for cometendo os mesmos erros administrativos.

Direitos Humanos não existe só pra defesa de criminosos em condições desumanas. Existe também pra denunciar políticos que abusam de seus poderes na prática de suas funções e abusos de autoridade e corrupção.

De uma coisa fica cada vez mais claro:

Quem protege bandido é bandido!

E o governo Temer deveria pensar  em indenizar a todas famílias das pessoas que morrem em prédios públicos como hospitais, filas de banco, postos de saúde. Comece indenizando os funcionários públicos que estão há meses sem receber seus salários, passam fome e humilhação e vivem de doações. Porque nem os Direitos Humanos, nem o Ministério do Trabalho não os protege?

Chega de hipocrisia e que se faça justiça mais digna para todos com igualdade.

Este é o recado do Brasil!

Atualização:

Enquanto escrevíamos este artigo, uma nova rebelião se dava em Manaus. Desta vez a antiga cadeia pública, aquela que estava desativada e foi reaberta para abrigar os líderes da guerra que matou 60 presos no Presídio ainda em Manaus.

Acreditem, nova rebelião já deixa 3 mortos na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.

Nesta madrugada houve um chamado de emergência para a cadeia. Polícia e bombeiros foram até o local. A luta entre facções começou depois que líderes da revolta no presídio foram transferidos pra cadeia, até estes dias desativada. Mesmo assim eles estão se matando.

Segundo informações há presos decapitados.

O centro comercial de Manaus ontem teve que fechar as portas mais cedo por causa de uma onda de arrastões na cidade.

Atualizando...

Tags: Justiça, sistema prisional, centro de detenção, criminalidade, ministro da justiça, governo, Temer, saulo valley, Direitos Humanos, presos, crime organizado, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: