terça-feira, janeiro 17, 2017

Polícia civil e Guarda Prisional inicia paralisação em meio à crise de segurança

À contar da meia-noite desta Terça-feira policiais civis e guardas prisionais cruzarão os braços enquanto que criminosos e suas facções orquestram incessantes rebeliões com muitas fugas e derramamento de sangue - Continue Lendo

Firenze Carabinieri - Creative Commons via Wikipedia

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 17 de Janeiro de 2017

O Brasil está retomando seu caminho de volta à catástrofe nacional. Nos últimos meses do governo Dilma uma grande tragédia nacional era anunciada, e a substituição acertada da ex-presidente trouxe nova perspectiva de salvação para o país. Esta sensação de segurança durou menos que 3 meses, agora com Michel Temer no cargo de Presidente interino, e seus substitutos interinos. Todos amplamente rejeitados pela opinião pública. Governo de maquiagem que busca agradar a todos e governar para as grandes empresas privadas e a proteção da classe política contra investigações federais.

A crise se agrava agora depois que se iniciou uma guerra pública entre facções do crime organizado. Violência gratuita espalhada para todos os lados e a mortandade dominando cidades de Norte a Sul do país. No Rio de Janeiro como em outros grandes estados, as polícias estão trabalhando, ou melhor prestando favor para o governo, já que não recebem regularmente seus pagamentos, horas-extras nem o 13 º salário do ano passado em maioria dos casos.

Enquanto trabalham sem nem dinheiro pra pagar passagens, muitos servidores públicos, incluindo policiais civis e militares, precisam tomar carona ou seguir de bicicleta ou até mesmo andando, para o trabalho, enquanto suas cabeças estão à prêmio no pregão do crime organizado.

Sacrificados ao extremo em sucessivas missões, voltam eles pra casa quando podem, sempre com lágrimas nos olhos com a morte de mais um companheiro de uniforme.

Realmente alguma coisa precisa ser feita neste país!

Tags:

greve, Polícia Civil, Guarda Prisional, protesto, melhores salários, segurança pública, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: