sexta-feira, dezembro 30, 2016

O que é Desobediência Civil diante de um governo que descumpre todas as leis?

Quem se lembra destes famosos ditados populares: "A Lei é feita pra ser cumprida" e "O crime não compensa!" sabe que eram termos usados para educar jovens infratores pra que desistam de cometer crimes contra a lei. Mas os crimes são praticados por legisladores, juízes, advogados, delegados, policiais e outras autoridades como fazer valer a lei estabelecida na Constituição Federal?

Fonte: Senado Federal no Flickr - Uso Público

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 30 Dezembro de 2016

O Brasil vive um momento estarrecedor em que os maiores crimes têm sido sistematicamente praticados por autoridades evidentes nos três poderes, da Presidência da República às forças policiais auxiliares.

Exemplos de que a lei que eles mesmos deveriam redigir, validar e cobrar obediência não tem o valor merecido ou mesmo essencial para manter a ordem e o progresso de uma nação.

Com o estatuto de direitos e deveres do país usado como papel higiênico por senadores, presidentes, deputados, juízes, prefeitos, governadores, policiais em geral, a pergunta que fica é:

Quem tem obrigação de obedecer cegamente a Constituição?

Constituição esta vastamente adulterada, editada, adaptada para favorecer o crime organizado que sitiou o governo nacional com políticos corruptos, muitos deles inseridos pelas próprias organizações criminosas que representam.

Cada vez mais irritado o Brasil não aguenta mais ver a cara de pau que ministros do STF legislam em favor da classe política, usando todo seu poder (atribuído pela Constituição) para blindar altos funcionários públicos que protegidos por imunidade parlamentar, têm seus processos arquivados pelo conselho de ministros da justiça. Enquanto a Polícia Federal investiga a corrupção e o Ministério Público Federal gerencia os arquivos que apontam para 10 trilhões de reais desviados dos cofres públicos pelos mesmos políticos que o Supremo Tribunal Federal protege, insenta, perdoa e mantém a atividades política.

Em outras palavras mantém a corrupção ativa e protegida das leis que figuram num constituição que só tem validade na hora de julgar a população.

Neste caos sem fim o Brasil vai vendo o sangue da tolerância chegando ao limite nacional e toda esta comunidade corrupta e exploradora vai acabar pagando caro não por causa da lei que eles mesmos escrevem, mas por causa da ética, da moral e do civismo que rege a consciência do povo brasileiro independente dos regimentos criados por fantoches e criminosos de colarinho branco.

Tags: Corrupção, abuso de poder, crimes políticos, constituição, STF, legislação, Congresso Nacional, Senado Federal, Saulo Valley, O Observador do Mundo,


Temer vai taxar Spotify e Netflix pra doar bilhões pra telecomunicações com sede no país?

O castigo popular é notório neste governo. Tudo o que é de muito interesse do povo, como saúde, educação, aposentadoria, emprego, entretenimento, lazer, segurança... continue Lendo:

Conteúdo Digital - Domínio Público

Enquanto que os impostos disparam e a vida fica mais difícil com o crescente desemprego e falência das empresas pequenas, tudo o que se vê é o governo gastando mais com coisas superficiais e abrindo mão de grande quantidade de dinheiro devido de empresas em todos os setores.

É claro que taxar empresas de serviços de streaming só servirá para punir este serviço que é novo no país, não é regulamentado e mesmo assim oferece forte concorrência às grandes mídias, justo algumas das empresas que o governo se esforça para proteger sem levar em conta com as consequências, como as emissoras de TV e seus canais à cabo!

Porque o governo protege o Uber e penaliza os taxistas? No mundo todo o Uber tem sido um grande problema, mas a implantação deste aplicativo nos países envolve muito dinheiro, possivelmente por baixo dos panos.

Já ficou provado que todos os políticos que trabalham para proteger os interesses de uma grande empresa recebeu dinheiro por fora. Caso este novo governo esteja fazendo estas manobras para dar mais dinheiro e vantagens às empresas privadas que ao país, logo saberemos. De uma coisa temos certeza:

A Câmara dos Deputados não trabalha para o povo e o Senado só trabalha para poucos além deles mesmos. Isto ficou ainda mais claro no útimo semestre.

Moral da história:

Com os Smartfones mais caros do mundo o Brasil agora terá além do Netflix e o Spotfy, toda forma de conteúdo digital mais caros do planeta também, pra engrossar a lista das coisas mais caras do mundo que o brasileiro paga e não recebe quase nada em troca, como impostos, INSS, Conta de Luz, Telefonia Móvel, Internet Móvel, TV à Cabo, gás de cozinha, gasolina, aluguel, água encanada, passagem de ônibus, roupas, comida, educação, saúde privada, previdência privada e por aí vai..

Opinião do autor:

Temer é um péssimo gestor. É nitidamente um oportunista. Desculpem a sinceridade.

Tags: Tecnologia, conteúdo digital, streaming, música, smarttv, televisão, séries, entretenimento, impostos, taxação, governo, Michel Temer, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

quinta-feira, dezembro 29, 2016

Tecnologia: Especulações sobre Galaxy S8 da Samsung

Na última semana uma série de boatos e suspeitas têm acercado o lançamento da nova série de Smartphones da fabricante Samsung. Saiba tudo aqui:

 Galaxy S7 (Creative Commons) via Wikipedia

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 29 de Dezembro de 2016

2016 foi o ano do prejuízo coletivo.

A série S7 lançada pela Samsung em 2016 foi motivo de dor de cabeça para os consumidores e mais ainda para a empresa.

O superaquecimento dos aparelhos foi o ponto alto da crise que quase levou a empresa pro fundo do poço.

Espetáculo pirotécnico dos aparelhos da série 7 percorreram o mundo em forma de vídeos, fotos e depoimentos de usuários, alguns que correram risco de morte e outros que além do risco de morte poderiam ter perdido a casa inteira!

Um dos casos pouco comentados foi de um usuário americano que dirigia seu Jeep novíssimo e parou em casa para tomar banho e se trocar. Enquanto estava no chuveiro seu carro havia sido deixado na garagem e seu Galaxy Note S7 conectado no isqueiro recarregando...

Quando percebeu que havia um Inocêncio o rapaz correu para a garagem e encontrou o interior do seu carro em chamas.

Desesperado ele tentou evitar o pior. Soltou o freio de mão e empurrou o carro em chamas para fora da garagem.

Outros motoristas que passavam correram para socorrê-lo usando seus extintores de incêndio. O resultado foi este:


Desconfiado e apavorado o público consumidor  se esquivou de comprar aparelhos desta linha, preferindo os modelos anteriores. Mais simples e mais seguros.

A verdade é que já o Galaxy Note 4 apresentava problema de superaquecimento informado no manual, alertava que o usuário desta cara tecnologia deveria desligar o aparelho quando percebesse que estava quente por demais.

... E nós trabalhamos com um modelo versão 4 e descobrimos que em dias que a temperatura do sol está em alta o smartphone esquenta muito e recarrega pouco. A demora para a recarga completa da bateria pode chegar a três vezes mais que em dias frescos ou em lugares com ambientes refrigerados.

Nestes dias que o Rio de Janeiro experimenta calor de 40° a bateria do Galaxy Note 4 raramente ultrapassa dos 75% de recarga, estando desligado em cerca de 3 horas de espera. Um absurdo.

Evolução dos modelos e do aquecimento

Mas as novas versões chegaram e mais evoluídas, oferecendo mais pelo mesmo preço elevado de sempre: Cerca de 4 mil reais em média.

Apoio:  JUCEL CONSERTO DE CELULARES

Com toda evolução tecnológica dos aparelhos da série 5 e 7 continuaram os hiper aquecimentos ao ponto de na versão 7 muitos destes exemplares literalmente se auto incineraram. Chegaram a ser proibidos em aviões, inclusive houve risco de incêndio num avião!

A Samsung prometeu que aprenderia com os desafios de 2016 e vem 2017 com um monte de melhorias significativas, mas estas melhorias podem ser apenas espaculações ou mesmo uma forma de a Samsung recuperar a confiança do público consumidor com pequenos e atraentes mimos.

Memória RAM

Outro boato é que o novo S8 deverá vir com 8 gigas de memória RAM.

Tela maior

O Novo Galaxy S8 poderá ter uma tela de 6", ficando entre os maiores de sua categoria (5") e os Tablets (7").

Caneta S Pen Stylus

A caneta digital da linha Note seria inserida em modelo inferior também.

Botões virtuais

A diretoria da Sumsung confirmou que a nova série virá com botão "Home" virtual, e não mais aquele botão físico que aparece ao cento da base do aparelho. A novidade deverá ficar mesmo por conta da tecnologia "3D Touch" que permitirá uma variedade de funções ao mesmo botão de acordo com a força pressionada pela digitação.

Impressão digital

Especialistas falam que a Samsung abolirá na nova linha os botões com sensores para impressão digital.

Blogueiros especializados em telefonia afirmam também que algumas tecnologias caras serão retiradas do novo modelo, devido ao prejuízo da corporação em 2016, por isto o controle do telefone deverá ser todo na tela, acabando com botões físicos a exemplo dos novos modelos da Apple.


quarta-feira, dezembro 28, 2016

Forças russas despejam chuva de mísseis GRAD sobre tropas ucranianas

Citando uma fonte militar "UA Position" na Ucrânia que disse nesta tarde de Quarta (23:54 hora local) que nas últimas 24 horas as forças russas efetuaram 44 ataques com mísseis GRAD contra posições das forças da Ucrânia, mais precisamente na região de Donbass, nas proximidades de Svitlodarska Duha.

Mapa atualizado da crise ucraniana produzido pelo Min. defesa - Via uaposition.com

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 28 de Dezembro de 2016

A fonte também relata que forças invasivas estão atirando para todas as direções incluindo em Mariupol onde a vila de Shyrokine foi bombardeada com morteiros 120 mm e 82mm.

"UA Position" denunciou também que militantes russos atacaram Talakivka, Vodiane, Maryinka, Pavlopil, destacando que francos atiradores foram vistos também em Shyrokine.

Donbass permanece como a zona mais crítica com pesado bombardeio que sucederam uma tentativa de tomada em 18 de Dezembro até o dia 22. Desde então as forças pró-rússia atacam incansavelmente, disse a fonte, que citou xomo fonte o atual Ministro da Defesa o Coronel Andriy Lisenko em pronunciamento para a ATO.








Nevada - Tremores 5,7 e 5,8 foram sentidos em 10 regiões e 2 estados americanos

Terremoto 5,7 de média magnitude foi sentido em diversas cidades do Estado de Nevada e Califórnia - Continue Lendo:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 28 d Dezembro de 2016

Fonte: https://t.co/eGj2VxQtaE

Regiões afetadas pelos recentes tremores em Nevada:

Tahoe, Fresno, Oakdale, Meadown Vista, Truckee, St Reno, Folson, ainda
Roseville, June Make e Lemoore na Califórnia,

Prelim M5.7 earthquake California-Nevada border region Dec-28 08:22 UTC, updates https://t.co/eGj2VxQtaE

Apoio:


Tags:

terremoto, tremor, magnitude, earthquake, sismo, EUA, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

EUA - Donald Trump pode ser o Cavalo de Tróia russo? Análise

A América vai mudar e o povo americano vai sofrer. O mundo vai mudar radicalmente e muitas pessoas vão sofrer.  O novo governo americano veio para bagunçar o jogo político no tabuleiro, jogando suas próprias peças para fora da partida e atraindo a rainha adversária para dentro de seu território - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 28 de Dezembro de 2016 

( Atualizado as 15:32 GMT -3)

25 July 2016, 11:17 Source Vladimir Putin carrying his buddy Donald Trump Author DonkeyHotey
Como observador do mundo por natureza aviso que meu nobre dom já me permite visualizar o discorrer das coisas com prospecção para o futuro nada agradável para o Ocidente.

Se as coisas continuarem no rumo que estão minha previsão para o futuro do mundo tem bases sólidas. Me arrisco a alertar que os americanos viverão o que o Brasil está vivendo hoje, uma política corporativista, antipopular e corruptora. A verdade é que os EUA está prestes a viver o pesadelo que o Brasil sofreu desde 2003 até agora e antes da eleição confirmada dos candidatos Lula e Dilma, nós publicamos um monte de razões pelas quais as escolhas seriam um desastre para o país, e foram por definitivo!

Erradas tomadas de decisões isolarão os EUA do resto do mundo e péssimas alianças serão firmadas.

Autoridades políticas ficarão mais cruéis porque não temerão mais uma intervenção americana. Isto porque Trump deverá liderar a América para si e toda aquela história de que "nascemos para salvar o mundo porque nascemos para ser heróis" terá chegado ao fim.

Com isto a liderança mundial dos EUA terá sido enterrada e seus aliados estarão sozinhos quando potências agressivas como Rússia, Coreia do Norte e Irã se levantarão para infernizar a vida cotidiana de países menores, sem falar nas milícias radicais islâmicas escravizando populares de diversos países africanos e árabes, e nos piratas..

Já os primeiros sinais estão sendo mostrados quando os EUA deixa Israel sozinho pela primeira vez, desde que se tornaram históricos e fortes aliados.

As declarações de Trump podem ser ainda mais terríveis quando praticadas e o novo presidente parece estar disposto a abrir mão da amizade e a lealdade de Israel para dar fim à disputa territorial que já dura 29 anos apoiando o lado oposto, a Palestina.

Patrocínio: 

Fim das alianças históricas

A questão é que os EUA apoiava Israel por ser o berço da religião oficial americana, já a religião praticada na palestina é o islamismo, em quase toda sua totalidade. A Palestina é apoiada pelo ditador Bastar Al-Assad, pelos países comunistas e potências como Rússia e China e é território de atuação também da milícia libanesa Hezbollah.

A nova América se afastou da Turquia, que tinha fortes alianças e foi patrocinar a milícia inimiga dos turcos, uma milícia islâmica curda batizada de PKK que se tornou um exército poderoso na Síria ocupando territórios que antes eram controlados por rebeldes ao regime de Bashar Alassad e pelo ISIS.

Ao mesmo tempo que a nova América deixa de apoiar países cristãos ou laicos, também demonstra repulsa por mussulmanos naturalizados americanos que vivem em seu território. Trump demoniza imigrantes e promete expulsá-los de suas terras.

Um prenúncio de que esta nova era será de muitos inimigos que poderão se tornar históricos daqui pra frente.

Novas alianças

Tomando como partida os elogios mútuos trocados entre Trump ao líder russo Vladimir Putin, a confirmação de que a inteligência russa alterou o resultado das eleições americanas favorecendo seu candidato predileto, que promete em troca um longo período de trégua e parcerias, percebes-se que a Rússia deu o maior golpe político da história moderna. Ninguém poderia imaginar que sua proposta de inserir "presidentes laranja" anunciada em 2013, poderia se dar na vida de seu mais poderoso rival, os Estados Unidos da América.

A inteligência de Putin é elogiada em toda Rússia, inclusive pelo novo presidente americano.

O que torna os Estados Unidos um país candidato a cair de posição na lista das maiores potências mundiais, onde por muitas décadas figurou como o número 1.

No link acima você vai entender que a Rússia planejava colonizar o mundo e colocou sua estratégia de modo tão rápido que nenhum país teve tempo de se preparar. Atualmente a Chechênia, a Sibéria, Lituânia, metade da Ucrânia e todos os países e repúblicas que circundam a Ucrânia e partes da Síria já estão sob seus domínios ao passo que os Estados Unidos parece desejar abrir-mão de suas conquistas.

Isto é lógico que criará a nova ordem mundial, desequilibrando o poder dos países e enfraquecendo o Ocidente para dar todos os poderes ao Oriente.

O esforço para tornar a Síria um país islâmico é do interesse de todo o Oriente Médio, restando apenas Israel, Armênia e Turquia a serem conquistados (e esforços não estão faltando).

Notem que nossa observação não tem como foco defender ou criticar uma religião em si. Estamos falando sobre influências e domínios no mapa político global.

 Bom se cada país pudesse se manter em seus próprios domicílios mas a ganância humana vive dias de explosão e vem se tornando a maior evolução humana em comportamento, palavras e gestos.

Atualizando:

Como o debate sobre o apoio a Israel ainda está em alta, Jonh Kerry Secretário do governo Obama têm trocado farpas com Trump sobre a questão da Faixa de Gaza e os novos assentamentos israelenses.

Utilizando sua conta no Twitter Donald Trump esbravejou hoje pela manhã e rebateu as críticas sobre a postura dos Estados Unidos:

"Não podemos continuar a deixar que Israel seja tratado com total desdém e desrespeito. Eles costumavam ter um grande amigo nos EUA, mas ... não mais.


O início do fim foi o horrível acordo com o Irã, e agora este (ONU)! Fique forte Israel, 20 de janeiro está se aproximando!"
O Secretário de governo John Kerry limitou-se a dizer que as postagens de Trump no Twitter "chocam seus aliados, mas eles não ficarão intimidados e continuarão perseguindo seus interesses".

A crise se dá porque o governo Obama apóia o reconhecimento do Estado palestino e devolução de suas terras.

Mas Israel discorda de seu mais poderoso defensor deixando estremecidas as alianças entre as potências.

Trump que ainda não assumiu seu mandato pediu ao governo de Israel que "fique forte" até que seja empossado em 20 de Janeiro.

Com esta novidade a crise tende a se estender até que a nova liderança americana assuma para retomar os rumos da relação EUA-Israel.

Tags: Donald Trump, PRESIDENTE, eleições presidenciais, política, Saulo Valley, O Observador do Mundo, CAOS, MUNDO, ORIENTE MÉDIO, Rússia, EUA, 

terça-feira, dezembro 27, 2016

Chapa Dilma/Temer - Brasil odiará este novo fatiamento no STF em 2017

O presidente interino Michel Temer já deveria ter perdido a posição e a pose de Presidente da República, isto porque se esforça bastante para parecer necessário para o país, fazendo mudanças significativas nas estruturas econômicas das classes altas e baixas. As classes altas são beneficiadas com mais dinheiro e as classes baixas arrasadas com redução e parcelamento de salários nos estados e sobrecarga de impostos, cortes generalizados em benefícios que parecem castigo coletivo por apoiar mais a Lava-jato que sua própria liderança - Continue lendo:

By Agência Brasil - EBC (Agência Brasil (direct link)) [CC BY 3.0 br (http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/deed.en)], via Wikimedia Commons

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 27 de Dezembro de 2016

Um monte de PECs sendo votadas sem que tragam real benefício para a população já castigada sucessivamente por PECs que só aprofundam o empobrecimento nacional e o enriquecimento quase exclusivo da classe política e altos funcionários do governo, além de empresas e empresários aliados.

Daí esperar obter elevada aprovação popular é querer dar certificado de retardado para mais de 200 milhões de brasileiros.

Enquanto Temer brinca de criar leis de fachada, mas que aumentam a proteção de membros do governo e mais de duas centenas de políticos incriminados nas investigações da Polícia Federal sobre corrupção, lavagem de dinheiro, desvios de recursos públicos para contas pessoais, caixa 2, tráfico de influência, uso da máquina administrativa para interesses particulares etc..  O povo assiste seu nome sendo citado em diversas delações premiadas cobertas de comprovações convincentes, entre as provas, os recentes documentos enviados pela polícia federal dos Estados Unidos.

Tudo incrimina a chapa Dilma e Temer mas porque ele permanece na posição?
Teria sido uma estratégia esperta acelerar a condenação de Eduardo Cunha, para que o próprio Temer continuasse a ser a pessoa de confiança do Brasil?

Mesmo que não tenha planejado, por eliminação dos suplentes, Temer vai se mantendo na presidência da República se divertindo com desperdício de dinheiro em poder do Cartão Corporativo, cujos gastos previstos para seis meses foram estourados em 4.  Em análise, o valor esperado que o Planalto de Temer gastasse em 18 meses ele gastará em apenas 12 nossos 90 milhões de reais em despesas básicas, como restaurantes, roupas, assessoria, hotéis, viagens..

Mas a população sofre com cortes em todos os setores do serviço público. Um verdadeiro castigo à verdadeira classe trabalhadora, enquanto os falsos trabalhadores listados no Partido dos Trabalhadores (onde ninguém trabalha), continuam desfrutando de muitas riquezas que pertencem ao país, com a conivência do Planalto, do Senado Federal, da Câmara e do STF. Tudo porque um tenta proteger o outro.

Interligados e absolutos ao mesmo tempo, a máfia hoje liderada por Michel Temer tenta absorver até a oposição pra que ambos se protejam da condenação iminente.

Fatiamento da Chapa Dilma / Temer

Entre as diversas estratégias aplicadas quase que diariamente, o Planalto estuda escapar da cassação de Temer, agora que ficou confirmado o uso de propina em mais de 50 Milhões da Odebrecht em sua última campanha eleitoral.  E o pedido de separação das contas de Dilma e Temer junto ao STF deverá ser uma das grandes esperanças para que um monte de corruptos sujos, que administram nosso dinheiro, sejam impedidos de continuar roubando os cofres públicos para comprar milhares de milhares de hectares de terra, cabeças de gado, imóveis de luxo, lanchas, e contas bem gordas em paraísos fiscais.

Na manhã de hoje a Polícia Federal saiu para cumprir vários mandados de busca e apreensão. A investigação detalha os valores falsificados dos gastos da Chapa Dilma/Temer com as gráficas durante compra de material publicitário para a campanha eleitoral em 2014.

Então este é mais um fim de ano em que a classe política não entrará em recesso. Como incêndio em toca de ratos, eles correm de um lado para o outro em busca de impedir a prisão individual ou coletiva da quadrilha em exercício.

Mais uma vez o Brasil precisa se aliar ao Ministério Público Federal e à Lava-jato para coibir essas maracutaias que esvaziam os cofres públicos e matam tantas pessoas inocentes nos hospitais, emburrecem nossos filhos sem ensino adequado e prejudicam a vida do país inteiro como Nação "Verde e Amarelo", para transformar num motivo de chacota internacional.

Somente nós poderemos reverter este quadro e expulsar as raposas do nosso galinheiro.
O Brasil precisa impedir que a Chapa Dilma/Temer seja fatiada, como foi a condenação de Dilma.


Tags:

corrupção ativa e passiva, Michel Temer, Dilma Rousseff, ELEIÇÕES, campanha presidencial, Planalto, Saulo Valley, O Observador do Mundo, MPF, Lava-Jato, propina, 

segunda-feira, dezembro 26, 2016

Aleppo - Forças sírias comemoram Natal na praça central cercada de ruínas

Um grupo de pessoas levadas pelo regime sírio começou a habitar a região ocupada de Aleppo, que antes era reduto rebelde. Para dar um clima de normalidade os novos inquilinos do ditador Al-Assad se concentraram na praça principal diante de uma árvore de Natal gigante - Continue Lendo:

Christmas tree set up in Azizia in Aleppo city. Lights are on pic.twitter.com/zDAGLXfgOq
— Razan Ibraheem (@IbrahRazan) 20 de dezembro de 2016


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo -  Rio de Janeiro, 26 de Dezembro de 2016

O Natal é uma festa cristã e é de se estranhar que o regime sírio tenha planejado este pequeno banquete natalino em Aleppo sitiada há pouco mais de dois meses pelas forças sírias e iranianas.

Como pano de fundo o regime quer que a cidade (histórica e potencialmente rebelde)  pareça feliz e que os moradores agora celebram a chegada do "exército da salvação". Mas a religião oficial do regime é Alawii (Alawita).

A base de tudo é que Assad tem importado civis para servirem de escudos humanos à cada novo ataque inimigo, ou seja a população opositora deixou a cidade que ficou literalmente deserta, mas o fato de estarem sendo inseridas novas famílias na região de conflito as preocupações retornam.

Já no primeiro dia depois que os últimos civis rebeldes foram retirados da cidade, os bombardeios recomeçaram. Só que desta vez as forças opositoras é que estavam atacando em renovada disputa pelo controle da região conhecida por ser um grande reduto rebelde.

Por ocasião do bombardeio enquanto rebeldes comemoravam a morte de soldados pró-regime, o presidente Bashar Alassad denunciou que os rebeldes estavam bombardeando civis na região evacuada de Aleppo. O que é ilógico, a não ser que os que estavam refugiados nos campos, tentaram se proteger do frio e da neve, aceitando se submeter às humilhações da cruel ditadura do clã Assad, ou escudos humanos importados recentemente para a região já estejam sendo usados.

Tags:

Síria, Aleppo, batalha, front, bombardeio, noite de natal, Árvore de Natal, religião, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 




Rússia - Suspeita de bomba numa estação de Trem provoca evacuação

Moscow Agora - Suspeita de bomba numa estação de trem provoca evacuação do local. 
Uma denúncia anônima levou a polícia a tomar as precauções.
Moscow, Suburban platforms of Belorussky Rail Terminal
Foto by Gregory A. Kharikoff - Via Wikipedia (Creative Commons)

Aguardando atualizações.

No dia 23 uma explosão aconteceu na estação do metrô do bairro de Kolomenskaya (imagem ao lado)

A explosão está sendo investigada.

#curta nossa página!


Tags:
breaking news, notícias urgentes, ameaça, atentados à bomba, estação, terrorismo, Rússia, MOSCOW, 

domingo, dezembro 25, 2016

Síria: Avião cai com 92 coristas militares russos no Mar Negro

Caiu no Mar Negro um avião militar russo que transportava membros de um famoso coral militar conhecido como "Alexandrov Assemble".

Alexandowa Assembléia - Creative Commons via WWikipédia

Por Saulo Valley - O Observador Do Mundo - Rio de Janeiro, 25 de Dezembro de 2016

O total de ocupantes contando com a tripulação e jornalistas era de 92 pessoas.
O coral de 62 componentes viajava para a Síria com a intenção de fazer uma apresentação na passagem do Ano Novo no Resort de Sochi nesta Segunda (26).



Destroços do avião foram encontrados no oceano entre 50 e 70 metros de profundidade. Ministro russo não acredita que haja sobrevivente.

A aeronave modelo TU-154 foi fabricada em 1983 e o Ministro da Defesa russo disse que o piloto era experiente.

Patrocínio:


Tags:

Avião, queda, acidente, tragédia, coral, Alexandrov Essemble, acidente aéreo, Saulo Valley, O Observador do Mundo, Rússia, Síria,

sábado, dezembro 24, 2016

Síria - Com evacuação de civis, rebeldes lutarão pela retomada de Aleppo, diz oposição

Logo após a retirada total da população remanescente de Aleppo, tropas iranianas anunciaram controle absoluto da região. O líder ditador Bashar Al-Assad comemorou sua vitória sobre o reduto rebelde ao lado do presidente russo Vladimir Putin, mas o que não se imaginava era que os rebeldes estariam prontos pra recomeçar a batalha pela recuperação da cidade e a devolução da região aos antigos moradores - Continue Lendo:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 24 de Dezembro de 2016

Dois dias depois da evacuação total dos civis e lutadores rebeldes de Aleppo, já recomeçou a batalha na região. Desta vez os bombardeios estão sendo coordenados pelos rebeldes que lutam pela retirada de Al-Assad do governo que herdou de seu pai. Juntos eles controlam com punho de ferro o país há cerca de 48 anos.

Apesar da pesada neve que recai sobre a região, lutadores rebeldes do FSA (Free Syrian Army) retomaram os combates contra as forças iranianas e forças do regime sírio. Logo cedo o presidente russo Vladimir Putin anunciou o envio de uma força policial que ajudará na manutenção da segurança na cidade.

Mas citando o site ABC News que disse que ao recomeçarem os bombardeios rebeldes, alguns civis que haviam decidido retornar para suas casas em meio ao clima de guerra, três foram mortos. Mas a informação de que os mortos eram civis veio do regime sírio, o que é pouco credível.



Nestes vídeos gravados pela equipe da Cruz vermelha da Síria, revelam o pesadelo que vivam os civis na região sitiada de Aleppo:



“There are no words to describe it … the destruction, the darkness, the despair.” Our aid worker on what he saw in #Aleppo this week. pic.twitter.com/BFqtisZKo2

— ICRC Syria (@ICRC_sy) 23 de dezembro de 2016

É importante destacar que a cidade de Aleppo foi uma das últimas a aderir à revolução contra o governo, porque a cidade era próspera e mais da metade era favorável ao ditador. A crise começou na Universidade de Aleppo e no Campo de Refugiados Palestinos. Com o avanço da guerra a cidade se tornou reduto rebelde e habitantes pró-assad se mudaram para o Norte do país, que sempre esteve sob controle do governo.

Analisando o mapa atual, nota-se que Assad conseguiu manter o território que controlava antes, quando populares se mostraram insatisfeitos com a gestão do ditador nas áreas Leste, Oeste e Sul da Síria. Assad se mantém no controle da região Noroeste, Norte, Nordeste e Centro do país, tendo um pequeno avanço sobre Aleppo ao leste.


Aleppo hoje

Segundo a inteligência rebelde o mapa publicado pelas forças de oposição dão à milícia curda PKK 36% do controle sobre a região de Aleppo. Este mapa foi atualizado na última sexta-feira 23 de Dezembro:




Military control in Aleppo Province:

13.40% Regime 

23.88% Daesh

26.33% Opposition

36.39% Kurdish forces#Syria pic.twitter.com/a5z3zTv3dY

— FSA News (@FSAPlatform) 23 de dezembro de 2016


Tags: Aleppo, guerra, Síria, forças iranianas, Rússia, Irã, Assad, Syria, Saulo Valley, O Observador do Mundo, rebeldes, 

sexta-feira, dezembro 23, 2016

Malta - Sequestrado avião líbio em troca de filho de Muammar Ghadaffi - Atualizações 15:35

Sequestradores do avião líbio da "Afriqiyah Airways" são apontados como militantes leais ao ex-ditador Muammar Ghadaffi.

Airbus A320-214. Amsterdam schiphol EHAM
(Creative Commons - Via Wikipedia)


A exigência do grupo é que um dos filhos do ditador seja libertado, caso contrário explodirão a aeronave que levava 118 passageiros. O avião fazia vôo nacional mas foi sequestrado para a Ilha de Malta.

Uma atualização recente revela que os sequestradores libertaram a tripulação da cabine.

Identificados os sequestradores:

1 - Ahmed Ali (27)
2 - Mousa Sheha (30)

Ambos são do Sul da Líbia.

O sequestro do avião se deu no mesmo dia que o novo governo assumiu o mandato.

Vídeo: 109 passageiros foram libertados à cerca de 2 horas e sequestradores se renderam..



#curta nossa página
#comente #compartilhe

quinta-feira, dezembro 22, 2016

Aleppo agora está deserta, dominada apenas por forças iranianas - Desabrigados congelam nos arredores do cerco.

Apesar de todas as atrocidades cometidas pelo regime sírio, os últimos civis habitantes de Aleppo já foram evacuados. Seus semblantes entristecidos e em meio aos lamentos e as incertezas de seu futuro, partiram sem rumo para qualquer lugar que seja possível escapar dos terrores do regime - Continue Lendo:

População de deslocados cresce com mais de 60.000 populares despejados de Aleppo agora controlada por milícias iranianas.
Cortesia: Revolução Síria

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 21 de Dezembro de 2016


Os últimos ativistas a deixar Aleppo afirmaram que uma vala comum contendo 70 corpos e seus documentos foi deixada para trás. O último comboio foi composto por 14 veículos e 4 ônibus.

Sem móveis, sem grandes bagagens, apenas algumas coisas pessoais, cada um transporta o que pode e o que vai precisa para recomeçar a vida. Muitos reencontraram seus parentes em outras cidades vizinhas, mas outros já perderam todos os entes queridos nesta violenta batalha que matou mais de 400 mil pessoas desde o início dos protestos contra o regime de Bashar Alassad em Março de 2011.

A cidade mais próxima dali chama-se Iddlib, que fica à cerca de 8 quilômetros. Mas a hiper população é tanta que a cidade já não comporta mais ninguém. Não há abrigo para todos e uma enorme parte da população, principalmente aqueles que vêm de Aleppo, já vivem ao relento.

Este vídeo mostra umas das últimas imagens de Aleppo, gravada por um morador que lamenta deixar sua casa nas mãos de tropas estrangeiras:


Inverno rigoroso, hoje por exemplo faz 2 graus. Neve pesada caiu sobre a cidade na nesta Quarta. Hoje em Iddlib o dia foi mais ameno e a máxima registrada foi de 9 graus. Ativistas alertam que "há crianças congelando até a morte".

Enquanto isto o líder sírio Bashar Alassad declara vitória sobre Aleppo, mas em entrevista à uma rede de TV, disse que os próximos passos do regime serão decididos pelo governo do Irã.

A população de Iddlib tem 90% de certeza que a cidade será o próximo alvo das forças pró-Assad e todos estão detidos por outros cercos militares do regime e aguardam mais cedo ou mais tarde, o pior.

Alguns ativistas já enviam mensagens de alerta, mas na prática está tudo parado. Parado em termos porque Al-Assad já sitiou 8 cidades rebeldes. Agora o silêncio. Aquele silêncio que precede a mortandade. O tempo que as tropas estão se recompondo, novas munições  sendo distribuídas e uniformes sendo costurados. No plano políticos novos acordos bilaterais às escuras, e a certeza que não é o fim do genocídio no país, e que ainda muitos sofrerão, por mais de uma vez o despejo de suas casas logo após uma série de massacres.

A China teve sua influência na primeira metade da crise síria, depois a Rússia assumiu e agora que já está desmascarada e sua estadia na ONU já incomoda, o Irã assume para a terceira e não última rodada de mortandade.

Hora do mundo repensar a política. Moderniza-se tudo, menos a política. Sistema ultrapassado e inútil. Melhor seria que ao invés de políticos de competência e caráter duvidosos assumirem o controle de tantas vidas, o mundo poderia pensar em mudar para o "Modo Administrativo", contratando profissionais formados, concursados e submetidos ao consenso popular sobre cada uma de suas ações.  Hoje em dia tudo tem que ser fiscalizado, porque as pessoas estão cada vez mais gananciosas, e quando se sentem com um pouquinho de poder, a primeira coisa que fazem é pensar em eliminar os riscos, mesmo que sejam pessoas que possam retirá-las justamente do cargo.
Político deve ser submetido a contratação e demissão, como qualquer emprego. Uma vez contratado ele é empregado e não dono.

Assim como Al-Assad, todos os outros políticos agem como se fossem donos do mundo. Somos nós que cometemos o erro de criar leis constitucionais que dão poder absoluto a seres humanos que nunca estão livres de ganância e possessão.


Tags: política, Síria, Aleppo, Iddlib, Bashar Al-Assad, milícias, refugiados, nevasca, neve, inverno, Síria, deslocados, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

quarta-feira, dezembro 21, 2016

Acordos de delação entre MPF entre Odebrecht e Braskem.SA batem recorde mundial

O Ministério Público Federal realizou no mês de Dezembro deste ano o maior acordo de leniência já realizado na história. Isto porque o montante envolvido nos desvios da Petrobrás ultrapassaram o limite das alturas - Continue lendo


Petróleo Brasileiro S.A - Petrobras

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 21 de Dezembro de 2016

O Brasil tem sede de mudanças e é possível sim, se depender do MPF, este que tem sido seu maior aliado no combate à corrupção política nacional e internacional.

A alta cúpula política do país está de sobre-aviso. Todos em alerta já sabem que mais cedo ou mais tarde o pente fino da Operação #Lava-jato do Ministério Público Federal em conjunto com a Polícia Federal irá alcançá-la. Para escapar da maior varredura que o sistema administrativo deste país já sofreu, está sendo feito de tudo, inclusive votar leis às pressas que impeçam o avanço da operação ou mesmo tentar meios de substituir a liderança das entidades que cuidam do caso.

By Cesman (Photographie personelle) [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) or CC BY-SA 4.0-3.0-2.5-2.0-1.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0-3.0-2.5-2.0-1.0)], via Wikimedia Commons

Ameaças e protestos da classe política são constantes e os procuradores e juízes estão bem habituados. Para isto a segurança pessoal de cada um deles tem sido reforçada e todos os arquivos do processo altamente protegidos.

Um dos pontos fortes deste acordo, é que estas grandes empresas que se pactuam com o Ministério Público hoje, apesar de dispor de seus funcionários para interrogatórios e abrir seus arquivos para varredura em busca de possíveis fraudes cometidas com auxílio funcionários públicos, será possível que estas retornem suas atividades e continuem operando sem qualquer dificuldade, desde que o montante que pertence aos cofres públicos seja devolvido.

See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons


É claro que estas empresas deverão se adequar a nova realidade e criar métodos convincentes de prevenir atividades ilícitas a manutenção da transparência em seus negócios. Isto faz parte do acordo.

O procurador Deltan Dalagnol disse em seu perfil há pouco:

"Precisamos tornar essa experiência “efêmera”, que é a Lava Jato, em um legado permanente para nós e para as futuras gerações"
Deltan Dallagnol destacou que:


"Não só o maior caso de corrupção internacional no mundo foi descoberto pelas autoridades brasileiras, mas também foi alcançado o maior ressarcimento na história mundial em acordos dessa espécie."

Enquanto isto a classe política se dedica a criar projetos que roubam o direito da nação, como a PL 291/2014 que transfere para a Câmara Federal plenos poderes para agir em nome do Brasil. Sendo que é justamente de lá que vem histórias estarrecedoras de corrupção e desvio de recursos públicos.

Nesta Terça veio a ser divulgado na imprensa que vereadores de  São Paulo elevaram os próprios salários em 29%. Assim como os Deputados elevaram os salários da cúpula dos militares e Defensores públicos apenas 1 dia depois que congelaram os salários da saúde e da educação por 20 anos sob desculpa que estamos numa profunda crise..

Só mesmo uma reforma política, constitucional e jurídica pra reverter tantos estragos que a classe política tem impetrado ao Brasil. Até o momento o país só pode contar com a Lava-jato. Quem sabe algum poderemos contar com os brasileiros?

Tags: Odebrecht, Braskem, Corrupção, lavagem de dinheiro, corrupção política, Direitos Humanos, Deltan Dallagnol, MPF, Lava-Jato, PF, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

terça-feira, dezembro 20, 2016

Guerra aos turistas - 3000 dinamites e 1800 detonadores em um carro num templo Indiano

A polícia indiana disse ter encontrado 3000 dinamites de gelatina e pelo menos 1800 detonadores escondidos em um carro estacionado perto do templo hindu de Giridh no estado de Jharkhand.

From JAINA 2004 calendar. JAINA has released the copyright. Image was provided by Rajeev Pandya, the chairman of JAINA Calander Committee. Kirit C Daftary, 2005 President of JAINA, had confirmed the relese. ( Creative Commons)

O templo que é turístico é visitado por milhares de pessoas do mundo inteiro.

Desde a última sexta uma sequência de ataques terroristas em áreas turísticas no Oriente Médio e Ásia está deixando claro que todos os países atacados têm relação direta ou indireta com a Síria.

Desde o ataque que matou o embaixador russo na Turquia, o ataque em Berlim, na Jordânia...

Países que apóiam e ajudam o ditador Bashar AlAssad:

Rússia, China, Índia, Iran, Iraque, Jordânia, Palestina, Líbano, além de praticamente todos os países comunistas da América do Sul.

Estas mensagens explosivas alertam que não é hora de fazer turismo internacional.

Aguardando novas atualizações.

Jordânia: Autoridades do Oriente Médio condenaram ataque em Karak

A onda de ataques terroristas neste fim de semana parece ter ligação com a crise estabelecida em Aleppo e culminou no assassinato do embaixador russo na Turquia, o ataque que matou uma turista canadense no castelo de Karak na Jordânia.

Castelo de Karak Autor Berthold Werner via wikipedia - Creative Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 20 de Dezembro de 2016

 As informações ainda meio confusas falam da morte de pelo menos 7 policiais, dois civis locais no ataque ao posto policial de Karak.

Turistas foram feitos reféns. Forças locais resgataram 20 turistas das mãos do terror. Citando o site #Alarabiya como fonte que disse ainda que pelo menos 27 pessoas ficaram feridas.

A fonte informou também que na noite de domingo um atirador se escondeu no Castelo de Karak e iniciou um tiroteio e a polícia jordaniana foi acionada e que o tiroteio se estendeu por horas terminando na segunda-feira, com a morte do terrorista

A polícia informou que identificou e verificou a casa do criminoso, encontrando explosivos e armas escondidas.

Desde a sexta-feira ataques suicidas
 coordenados visam autoridades e suas escoltas. Neste ataque duplo em Karak os verdadeiros alvos eram a guarda pessoal do Primeiro Ministro jordaniano Hami Al Mulki - Disse Alarabiya.

Tags:

Castelo, AlKarak, Jordânia, saulo valley, O Observador do Mundo

segunda-feira, dezembro 19, 2016

Equador tem mortos, feridos e 700 casas destruídas após terremoto

Pelo menos 700 imóveis foram parcial ou completamente destruídos em tremor (5,5) de média grandeza no equador. Duas pessoas morreram.  A profundidade era de 14km.


A informação foi confirmado pelo governo equatorenho.

#Terremoto que atingiu o #Equador em Esmeralda cujo epicentro registrado a 14 km da região de Propicia nesta segunda.



há informações sobre 2 vítimas e 50 feridos. Uma das vítimas foi uma idosa que teve um infarto no momento do tremor.


Governo do Equador confirma cerca de 700 construções afetadas. Algumas desabaram completamente.

Aguardando atualizações

Síria - Viraram cinzas ônibus que levariam rebeldes para fora de Aleppo

Parte dos ônibus que seriam usados para retirar civis residentes remanescentes de Aleppo foi incendiada por milícias estrangeiras ligadas ao governo Bashar Al-Assad.. Pelo menos 3 pessoas morreram aguardando resgate no lado de dentro dos portões de Aleppo - Leia Mais

Neste Domingo ônibus foram incendiados depois dos ataques das milícias pró-regime - Foto AP

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 19 de Dezembro de 2016

Não há como salvar a população síria do genocídio sem a ajuda das Nações Unidas e a Rússia está pronta para bloquear todas as ações da ONU com um simples "Não".

Atendendo ao pedido da população síria que está retida no cerco militar das forças sírias, a ONU decidiu enviar observadores para acompanhar os comboios de ônibus e ambulâncias que transportam feridos, civis e lutadores desertores das fileiras rebeldes.  Enquanto o mundo chora por suas vidas há uma corrente poderosa muito interessada em suas mortes.

Tudo porque o ditador Bashar Al-Assad jurou pagar com a morte a todos os que se negam a seguir suas regras, num regime violento e injusto, aonde as pessoas vivem sem direitos, apenas com obrigações e o governo não está aberto a ouvir qualquer objeção. Por esta razão não existe partidos opositores, apenas 1 partido que trabalha pelo governo. Aliás o Partido Ba'ath é o mesmo da ditadura Sadam Russein. Radical derramador de sangue e explorador do povo.



Enquanto isto mais de 60 mil pessoas detidas em apenas 1 das 8 regiões rebeldes hoje controladas pelo regime de Assad apoiadas pela Rússia e Iran.  Apesar das sanções impostas pela União Européia e a ONU a Síria continua se mantendo em crescente avanço no sentido de assassinar a oposição ao seu governo com a ajuda de diversos países que oferecem suporte e diversas negociações informais, até mesmo ilegais.

Enquanto isto o inverno rigoroso recomeça na Síria e muitos que deixaram Aleppo ficarão ao relento, uma vez que estão sendo impedidos de continuar a jornada até Iddlib que fica a cerca de 8 quilômetros da cidade de partida. Neste domingo a temperatura em Aleppo já estava 5 graus abaixo de zero.

Quase isolados os rebeldes só contam com ajuda da Turquia enquanto EUA se concentra no PKK (Partido dos Trabalhadores Curdos) que atualmente controla grande parte do leste e oeste do país. Assad domina o Centro e o norte do país enquanto se expande pelas regiões controladas por forças menores como o ISIS e o FSA.



Propaganda falsa

Uma série de propagandas com imagens falsas mostrando a população em liberdade, parentes se reencontrando fora do cerco militar de Assad tem se espalhado pela internet. Na verdade estas propagandas são falsas. São atores que recebem ordens do regime para encenar para as montagens.
Assim as informaçoes se confundem e as pessoas pensam que está tudo fluindo como combinado, mas não acredite, não há nada acontecendo do jeito que o governo Assad mostra.

Tags Síria, Assad, Regime, FSA, Rebeldes, Oposição, Aleppo, Iddlib, cerco militar, Saulo Valley, O Observador do Mundo, guerra, massacre de  civis, ONU, Russia, IRAN, EUA,


sábado, dezembro 17, 2016

Síria - Comboio de Aleppo pede acompanhamento da ONU durante deslocamento

As milícias iranianas chegaram para criar um novo fator complicador e tornar a vida dos rebeldes ainda mais difíceis. O comboio de 20 ônibus que saiu de Aleppo nunca chegou à metade do caminho que se pretendia - Continue Lendo:

Comboio de Alepo se desloca para Iddlib - Snapshot: TV Aljazeera
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 17 de Dezembro de 2016

Na estrada para Iddlib milícias iranianas interromperam a viagem com uso de armas de fogo. No primeiro momento o ataque inicial matou 4 pessoas e feriu outras 3.

A fim de dificultar a vida dos populares marcados para a morte por se opor à ditadura de Bashar Alassad, as milícias iranianas chegaram forte depois que as forças curdas ganharam terreno e ampliaram assustadoramente seus domínios com a ajuda financeira e técnica dos Estados Unidos e seus aliados.

O ponto é que a Síria tinha um conflito interno e a grandeza da tragédia armada acabou atraindo a atenção de diversas potências que decidiram tornar o conflito num jogo político e de influências.

Com a entrada da Rússia que visa não perder sua influência no ultimo país a ter forte ligação no Oriente Médio, os EUA também foram atraídos para disputar esta força que estará neutralizada com a saída de Alassad do cargo.

Por outro lado a crise gerou outro vácuo:
O vácuo religioso.

A Arábia Saudita entrou no conflito porque defende que com a saída de Bashar Alassad a religião oficial deveria deixar de ser Alawitta para se tornar Islamismo moderado não-radical.

Na verdade a presença do Iran desde o início da crise foi o que atraiu a Arábia Saudita para o conflito. Isto porque o Iran se esforça para que o regime de governo na Síria seja islâmico tradicional, com a Sharia como regime de governo e fé.

A Turquia tem interesse em aumentar o sua influência na Síria e se ela estivesse forte nas terras milenares lideradas pelos Assad, teria já se tornado um país laico, quando cada um professa livremente a religião que acredita.

Pelo simples fato de uma religião predominar no país, sua influência mudará incrivelmente, também as alianças e bilateralidades.

Grupos menores lutam por outras causas:

Os Curdos são um "povo" dissipado e disperso depois da segunda guerra mundial. Suas terras foram invadidas e tomadas por todos os países que margeiam a região Norte e Nordeste da Síria.

Depois da dispersão, depois de terem sofrido profunda limpeza étnica, restaram apenas três redutos desta comunidade no mundo: Turquia, Síria e Iraque.
Todos estes lugares são chamados de "Curdistão" diferenciando se iraquiano, sírio ou turco.

O PKK (Partido dos Trabalhadores Kurdos) é hoje uma milícia que luta por recuperar suas terras antes roubadas. Sua participação na crise síria está focada numa sub-revolução inserida no contexto. Porque o PKK quer recuperar suas terras hoje controladas também pela Síria. Porque o povo curdo quer voltar a viver reunido como país, voltar a expôr sua cultura e falar seu idioma de original.

Hoje o PKK é o segundo grupo que controla a maior parte da Síria perdendo apenas para a Síria de Alassad. Os menores domínios estão nas mãos do FSA e o ISIS.

Algumas mentes politicas acham que a Síria deve ser dividida depois da saída de Assad.
A Rússia e a China usam todos os seus poderes políticos na ONU e no mundo para blindar Alassad, mesmo diante de comprovada mortandade de mais de 400 mil pessoas na crise.

O cessar fogo na Síria depende de atender os interesses dos até então envolvidos no conflito, e agradar a todos ao mesmo tempo não será uma tarefa fácil.

Na pior das hipóteses tudo fica como está e Alassad decide a crise do seu jeito:

Aniquilando todos o seus opositores internos e seus familiares e voltando a se fechar e fechar as fronteiras de seu país para o mundo.

Mas quando menos se espera, outro grupo surge e inicia sua participação na crise para aproveitar a oportunidade e tirar algum proveito na região.

As população local é o único assunto que não interessa pra nenhum dos países que disputam na Síria. As pessoas são o que menos interessa. Por outro lado há grupos e organizações que lucram com venda e transporte irregular de alimentos, remédios, roupas, armas e munição para a oposição. Assim como as milícias que são todas contratadas para agir como fator complicador na vida dos rebeldes.

Por falar em pessoas, maioria responsável pelo comboio que deixou Aleppo há mais de 24 horas, decidiu não continuar a viagem até que observadores das Nações Unidas os acompanhe até seu destino - Disse nosso contato ainda em Aleppo há duas horas.

Assad em sua entrevista nesta sexta disse que apenas o Iran poderia decidir as próximas ações do regime sírio mas líderes das forças rebeldes têm razões para acreditar que Iddlib, a cidade mais próxima de Aleppo deverá ser sitiada nesta semana.

Aliás Iddlib é o destino do comboio de 20 ônibus que saiu de Aleppo transportando 200 feridos, desertores das forças rebeldes e civis, deixando atrás de sí praticamente 60 mil pessoas escondidas nos escrombos constantemente bombardeados pelo Regime Assad.

Tags:

Síria, Aleppo, Iddlib, Genocídio, comboio, Iran, PKK, Curdistão, Turquia, Rússia, EUA, Assad, religião, guerra, Saulo Valley, 

sexta-feira, dezembro 16, 2016

Síria: Emboscada iraniana captura 950 civis do comboio de Aleppo

Ativista síria confirmou nesta manhã de sexta que 950 pessoas que estavam no comboio de civis retirados da região sitiada de Aleppo, foram presas por milícia iraniana que aguardava fora da cidade em uma emboscada - Continue Lendo

Cercadas por canhões apontados para dentro, as cidades rebeldes são bombardeadas incansavelmente há quase seis anos sem que a ONU intervenha.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro 16 de Dezembro de 2016

Nosso contato em Aleppo afirmou ainda que dos mais de 60 mil habitantes que estavam escondidos nos escombros da cidade antiga de Aleppo, apenas cerca de 3 mil foram "liberados" para ocupar os 20 ônibus num comboio que supostamente os levaria para longe dos bombardeios do regime sírios, mais precisamente na região rebelde de Iddlib.

Em uma entrevista ontem, o presidente sírio parabenizou os populares que foram retirados de Aleppo mas..

Como prevemos no artigo anterior o acordo de trégua era falso e pela segunda vez os refugiados foram atacados com armas de fogo. Na primeira vez antes de acessarem os ônibus estacionados fora de Aleppo.

Na segunda vez já longe de Aleppo o comboio foi atacado por forças iranianas à serviço de Alassad deixando 4 passageiros mortos e outros três feridos.

Possivelmente o Regime tentará matar os que restaram em Aleppo e em seguida fechará a cidade de Idlib e repetirá a mesma tragédia.

Lembrando que em 1982 Hafez Assad, o pai de Bashar AlAssad matou (em 15 dias) todos os 45 mil habitantes remanescentes da tentativa de libertação do pesado regime do clã Assad. Os rebeldes viviam em Homs e Hamá.

Após sua morte Bashar Alassad assumiu o governo da Síria e com crueldade infinitamente maior que seu pai. Desde o início da revolta em Março de 2011, Assad já matou mais de 400.000 pessoas e se prepara para (com a ajuda da Rússia e Iran) superar seu pai mais uma vez exterminando toda oposição, isolando-os em cidades e destruindo-os com pesado poder de fogo e ajuda das milícias estrangeiras contratadas como Hezbollah e milícias iranianas.


quinta-feira, dezembro 15, 2016

Síria - Começou a retirada de feridos em Aleppo

Finalmente a retirada de civis está em andamento. Em primeiro lugar os feridos ha 1 hora estão sendo colocados nos primeiros ônibus - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2016

A informação foi confirmada pela Cruz Vermelha, o Crescente Vermelho e o FSA (Exército Rebelde) presentes no local.

A maior preocupação é que toda concessão do regime de Assad é um cavalo de tróia. Depois de Aleppo os milhares de civis serão levados para Idlib, outra região rebelde.
Na prática as pessoas poderão não estar tão livres como promete Assad. 



Como já aconteceu antes, depois de identificados todos os civis serão separados. Mulheres e crianças serão libertados, desde que não tenham traços de quem utilizou armas de fogo contra o regime. Homens, mulheres e crianças acima dos 10 anos que militaram contra Assad possivelmente serão desviados para prisões e centros de inteligência. 

Eles desejam obter informações estratégicas sobre os líderes rebeldes e suas posições. Para isto o regime utiliza violentas técnicas de torturas.

Também poderão enfileirar os desertores rebeldes para fuzilamento, já que o regime pratica a pena de morte para toda insubordinação ao regime Assad.

Assim como os feridos por armas de fogo. Serão monitorados nos hospitais. Os que eram atiradores poderão ser assassinados com injeções letais. Isto PODE parecer assustador mas o regime de Assad pratica desde 1946.

Atualização:

Exército Livre divulga imagem do primeiro ônibus de feridos deixando a região ocupada de Aleppo. O total informado de feridos é de 200, que são distribuídos nos ônibus que vão à frente:

Primeiro ônibus com feridos deixando a região ocupada de Aleppo - Cortesia FSA Free Syrian Army.

Vamos orar, porque o pior ainda não passou.

Madrugada violenta na Cidade de Deus e na Cidade Alta RJ

Relato de moradores sobre intensas trocas de tiros desde a meia-noite tirou o sono da população em duas grandes comunidades do Rio.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2016

Moradores informaram que um grupo armado chegou na Cidade Alta com objetivo de retomar o controle da região e que houve uma intensa batalha armada entre as forças criminosas.

"Muitos tiros, rajadas, o mundo se acabando na Cidade de Deus" - Disse morador em desespero à página "Jacarepaguá online"

O mesmo aconteceu na Cidade de Deus, com relato de 30 minutos de confronto.
O maior medo está nas balas perdidas. Numa hora destas as pessoas perdem um parente querido e inocente em fração de segundos.

Atualização

Em resposta ao confronto da madrugada o BOPE iniciou desde o amanhecer uma operação na Cidade Alta - Disse a PME_RJ no Twitter.

quarta-feira, dezembro 14, 2016

Dia do Ministério Público e Renan Calheiros lidera caçada aos juízes e promotores

No Dia do Ministério Público (14-12-2016)

Renan Calheiros lidera a legalização da temporada de caça aos juízes e procuradores do Ministério Público.


São os bandidos que fazem as leis que governam os trabalhadores. Mas nós somos maiores que eles, e fomos nós que os colocamos lá! Um senador que acumula 12 acusações por corrupção e lavagem de dinheiro, peculato entre outros crimes não pode ficar no topo do mundo gritando, dando ordens e liderando a comunidade política contra os juízes e procuradores.

O objetivo é criar o caos e ficar intacto em seu cargo, cometendo abusos e crimes contra a administração pública, redigindo leis que amparam crimes e dificultam punições.

Se a Lei de Abuso de Autoridade tem que entrar em vigor, ela tem que inserir a classe política, principalmente presidente da república, do Senado, da Câmara, Governadores e Prefeitos, além de líderes militares.

Ocupar um cargo público para fins particulares e usar seu cargo para fins alheios aos interesses do país é abuso sim e deve ser punido com rigor!

Um político não pode ameaçar nem intimidar um país inteiro e muitos menos toda a classe de juízes e procuradores do Ministério Público. Isto sim é abuso da própria posição e não é compatível com sua função!

Façamos algo que não nos envegonhemos por ter apenas assistido.

TAGS:

Crime organizado, Renan Calheiros, corrupção, abuso de poder, abuso de autoridade, abuso de cargo público, Senado, justiça, Lavajato, Saulo Valley, 

FBI pagará US$100.000,00 pela prisão de Robert Francis Van Wisse

Uma verdadeira bolada, o FBI oferece hoje pela captura do fugitivo Robert Francis Van Wise, ex professor de inglês no México.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 14 de Dezembro de 2016

O criminoso foi incluído hoje na lista dos dez mais procurados pelo FBI - Continue Lendo:


Wise hoje é o número 511 a ser incluído na lista dos 10 mais procurados e seu mandado de prisão foi expedido pelo assassinato de uma jovem de 22 anos em Setembro de 1983 em Austin no Texas. Foragido há 30 anos, as autoridades alertaram hoje que ele anda armado e é considerado perigoso.

Laurie Stout foi assassinada por estrangulamento dentro do campus e deixou na época uma filha de colo. Para as autoridades americanas a captura de Robert Wise é uma questão de honra.



BREAKING : Assad recomeçou bombardeio em Aleppo sem liberar civis

Síria / Aleppo ativistas alertam que recomeçou o bombardeio na região ainda populada de Aleppo. Eles denunciam a quebra do acordo de cessar fogo de três dias e que na verdade, ninguém conseguiu sair da região cercada pelas forças do regime - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 14 de Dezembro de 2016

O plano de evacuação de Aleppo foi cancelado.  Enquanto os civis aguardavam os ônibus para sua retirada, os bombardeios recomeçaram e todos correram para buscar abrigo nos prédios que já estão sendo atacados pelo regime de Assad agora apoiado intensamente pelo Iran.

Neste momento recebemos a informação por uma voluntária que está agora na região ocupada de Alepo. Que há 5 horas uma chuva de explosivos tem recaído sobre a região, em mais um bombardeio do regime sírio apoiado pelo Iran contra a cidade de Aleppo.

Moradores estão enviando mensagens de últimos pedidos de socorro, despedem-se via internet enquanto aguardam ser atingidos pelos bombardeios ou serem arrastados de suas casas pelos mercenários do Hezbollah.

A jovem da foto diz que ninguém conseguiu deixar a cidade porque as forças de Assad isolaram as saídas e elas nunca tiveram acesso aos ônibus que aguardam fora do cerco.

Atualização 16:55

Em faça da quebra do acordo de cessar rebeldes voltaram a empunhar suas armas em autodefesa. População se esconde entre ruínas.

Tags:

#syria #aleppo #lastgoodbye #goodbye #lastwords #nofleed #starving #accupation #militarysiege #siege #massacre #help
Alassad, Aleppo, bombardeio, ditador, massacre, SÍRIA, Syria, Saulo Valley, O Observador do Mundo, cessar-fogo,

By saulovalley.blogspot.com

SÍRIA - Ativistas denunciam que civis estão sendo assassinados em Aleppo

TRISTEZA pela população suicida da Síria que desafia a morte ficando nas casas que são bombardeadas como protesto, para derrubar o violento e sanguinario ditador Bashar Alassad mas ninguém se importa.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 14 de Dezembro de 2016




Cada vez mais forte e cruel, Assad tem ajuda da Rússia, Iran e China e o Brasil apoiou Assad no governo petista.

ALEPPO sitiada agora por forças do governo está tendo suas casas varridas por milícias que matam, estupram, mutilam, executam seus ocupantes.


Última vala comum continha 80 corpos de militantes rebeldes e civis idosos, mulheres e crianças. Informação de ativistas sírios é que toda e qualquer comunicação com a região sitiada foi interrompida pelo regime e os ativistas denunciam que "A Rússia está mentindo quando diz que as famílias estão sendo liberadas para deixar a zona ocupada.

Um vergonha ver a ONU apenas assinar um papel condenando as atrocidades do regime. Nada mais tem sido feito mesmo depois de mais de 400 mil opositores civis e lutadores mortos desde 2011.

Uma tragédia toda a classe política no mundo, afinal muitos destes estão ganhando muito dinheiro com esta desgraça.

Tags:

Syria, Síria, Aleppo, massacre, crime político, crime de guerra, genocídio, guerra civil, refugiados, rebeldes, opositores, civis, genocídio, vala comum, execussão, castigo coletivo, ONU, Saulo Valley,

#Aleppo #Syria #syrianrevolution
#massacre #genocídio #civilwar #guerracivil #conflito #crise #Assad #Rebelde #oposição #política #eastern_Aleppo

segunda-feira, dezembro 12, 2016

Índia - NASA alerta para risco de deslizamento de terra na passagem de Vardah ciclone

Em sua passagem pela baía de Bengala no
Norte da Índia desde o dia 09, o Ciclone Vardah vem trazendo medo e alerta de deslizamento de terra no dia de hoje (12).

 Às 10h da manhã do dia 09 a tempestade se formou com ventos de 53 km/h Disse a NASA.  A força dos ventos já tem evoluido para 150km/h.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 12 de Dezembro de 2016.

Na região de thottambabu no noroeste da baía o volume das chuvas já chega a 85mm.

-- #CycloneVardah makes landfall near Chennai. Power-cuts across city  http://m.phys.org/news/2016-12-nasa-tropical-cyclone-vardah-off-center.html


Tags:  ciclone, Vardah, Índia, tempestade, deslizamento de terra, avalanche, clima, Saulo Valley, O Observador do Mundo, NASA, fortes chuvas, 

domingo, dezembro 11, 2016

ONU - Conselho de Segurança condena ataques deste domingo no Cairo

"O terrorismo é criminoso e injustificável independente da motivação, onde quer que seja e quando seja cometido" disse o Comunicado de Imprensa produzido ao final da reunião do Conselho - Continue Lendo:



Por Saulo Valley - O Observador do Mundo, Rio de Janeiro, 11/12/2016

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou veemente o ataque terrorista na Igreja Copta do Cairo que matou 25 e feriu 49 pessoas. O grupo radical islâmico PKK (Partido dos Trabalhadores ) do Curdistão Turco assumiu a responsabilidade pelo ataque.


O PKK havia sido citado pelas forças rebeldes como estando no controle de toda região amarela que aparece no mapa. Os rebeldes comemoraram neste sábado o acordo de cooperação entre FSA e forças turcas para retomar as regiões da Síria controladas pelo PKK.

O FSA (Exército rebelde da Síria) perdeu grande parte dos territórios sob seu controle (restando apenas a área rosada), por outro lado as forças do PKK apoiadas pelos Estados Unidos progrediram tanto quando as forças do ditador sírio Bastar Al-Assad (região verde no centro) apoiadas pela Rússia.

O Conselho de Segurança também condenou o ataque terrorista que aconteceu na sexta na região turística de Gizé, no Efito, deixando 6 policiais mortos e vários civis feridos.

"Terrorism is criminal & unjustifiable, regardless of motivation- @UN "

Tags: EGITO, UN, Conselho de Segurança, Nações Unidas, CAIRO, terrorismo, Saulo Valley, O Observador do Mundo,  

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: