segunda-feira, fevereiro 08, 2016

As últimas informações sobre a saúde do ex-piloto de F1 Michael Schumacker.

As últimas informações sobre a saúde do ex-piloto de F1 Michael Schumacker. 

Foto cortezia: exit 1979 Creative Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 08 de Fev de 2016 - 
#Curta nossa Página - Obrigado. 

Depois que o ex-presidente da Ferrari Lucca Montezemolo comentou na mídia sobre o estado de saúde de Schumacker "As notícias não são boas", um grande alvoroço internacional se criou, forçando a equipe médica do campeão a quebrar o silêncio de dois anos, para dar algum relatório sobre o atual estado de saúde de "Schumi". Claro que a imprensa só fez atender ao pedido desesperado da esposa do ex-piloto, que queria que o "deixassem em paz". 

A tensão dos fans recomeçou depois do seu aniversário. No dia 05 de Janeiro Schumacker completou 47 anos de vida e dois anos de completo silêncio. Com a crescente busca internacional por informações (Eu cheguei a pedir ao Rubens Barrichelo pra ajudar a conseguir algo sobre o grande ídolo das pistas), a família autorizou o relatório médico, com os esclarecimentos que foram publicados pelo site "expresso.co.uk".

O Acidente 

No dia 29 de Dezembro de 2013 Schumacker passeava de esqui num campo francês. Durante uma série de manobras percebeu que uma menina precisava de ajuda. Por ser solidário, "Schumi" se desviou de sua rota para ir até o local que a menina havia caído, mas o caminho escolhido pelo piloto herói da F1, era irregular, pedregoso e proibido. Ele acabou caindo de uma altura de cerca de 3 metros batendo com a cabeça na quina de uma rocha pontiaguda. Michael perdeu muito sangue e teve vários traumatismos. Pra que evitasse sua morte cerebral os médicos decidiram o colocar em coma induzido. Depois de muita especulação sobre seu estado de saúde, Corinna, esposa do campeão pediu que as especulações parassem, e deixassem o marido se recuperar.

Como é a vida de Schumacker hoje? Segundo a fonte já citada, o Rei da F1 já gastou metade de sua fortuna construída nas pistas, para possibilitar sua recuperação. De acordo com a fonte ainda, a família chegou a vender o jato particular e a casa de veraneio que possuía na Noruega. O site também disse que o piloto está consumindo algo em torno de 8 milhões de libras por ano, em seu processo de recuperação. Pra alívio da família, eles ainda contam com ajuda financeira da Ferrari, que segundo eles mesmos dizem, jamais os deixou sozinhos com o problema. 

Schumacker hoje vive em casa, em seu próprio quarto-leito e utiliza equipamentos caríssimos que o mantém respirando e monitoram todos os seus sinais vitais em detalhes. 

"A equipe é composta por 15 peritos médicos que prestam cuidados para a lenda de corrida, que supostamente permanece imóvel e incapaz de falar. O custo dos cuidados do campeão mundial sete vezes, é dito ter subido até mais de £ 150.000 por semana e até agora, a sua recuperação gastou um total de cerca de 20 milhões de libras. Os cuidados diários de Schumacher envolvem monitoração de seus sinais vitais, a prevenção de infecções e higiene. Como Schumacher passa por um longo processo de recuperação, sua família, especialmente sua esposa Corinna, mantém a esperança de que ele vai se recuperar." 

Há um clima otimista tanto na visão da família, como na equipe médica que cuida do memorável piloto que ao lado de Ayrton Senna fizeram as corridas mais inesquecíveis da Fórmula 1.

Tags: Michael Schumacher, atualizações, Saulo Valley  Notícias, O Observador do Mundo, Fórmula 1, acidente, estado de saúde, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: