sexta-feira, dezembro 02, 2016

O Parlamentarismo já está em vigor no Brasil?

O que acontece hoje no Brasil? A Câmara e o Senado trabalham como se o regime de governo fosse parlamentarismo ditando regras e publicando leis com total independência da opinião nacional, como se não tivessem mais à quem responder - Continue Lendo:

By José Cruz/ABr (Agência Brasil) [CC BY 3.0 br (http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/deed.en)],
via Wikimedia Commons

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 02 de Dezembro de 2016

Liderado por Michel Temer, Renan Calheiros, e Rodrigo Maia, o Brasil agora tem novos donos.
Aqueles que derrubaram os donos anteriores. Donos estes que nunca gastaram 1 real para comprar este direito, muito ao contrário esvaziam os cofres públicos e vampirizam nossas empresas. 

Os últimos acontecimentos em Brasília deixaram bem claros que o governo Temer é apenas uma cópia do governo Dilma com algumas modificações. À medida que as pressões populares aumentam pequenos clips que prendem seu disfarce começam a se perder. Logo a máscara de bom moço cairá.

A própria Lava-jato já provou que é impossível haver corrupção na base do governo sem a conivência ou liderança da Presidência da República.

É por isto que a Lava-Jato já investiga do presidente em exercício aos últimos 4 ou 5 ex-presidentes e seus respectivos governos.

Impossível separar o presidente da república do restante do seu governo. Sabe-se bem que Temer só se tornou presidente com a ajuda de Renan e Aécio. Sem falar que por trás de todas as articulações sempre aparece o Fernando Henrique em citações ou mesmo cedendo entrevista sobre o assunto. Como se fosse um tipo de conselheiro político que entra governo, sai governo e ele está sempre de fundo.

O Brasil há de se lembrar que em meio à crise sobre o impeachment de Dilma Roussef o trio Temer, Renan e Aécio esteve relacionado ao assunto ligado à proposta de mudar o regine de governo para Parlamentarismo.

No Parlamentarismo quem é que manda?

Uma cúpula e no caso do Brasil seria a mesma quadrilha que está no poder, só que neste sistema eles seriam soberanos!

Segundo o wikipédia

"Sistema parlamentarista, sistema parlamentar ou simplesmente parlamentarismo é um sistema de governo democrático, onde o poder executivo baseia a sua legitimidadedemocrática a partir do poder legislativo (representado pelo parlamento nacional); os ramos executivos e legislativos são, portanto, interligados nesta forma de governo. Em um sistema parlamentarista, o chefe de Estado é normalmente uma pessoa diferente do chefe de governo, em contraste ao sistema presidencial, onde o chefe de Estado muitas vezes é também o chefe de governo e o poder executivo não deriva a sua legitimidade democrática da legislatura."

Ou seja, este sistema de governo minimiza o judiciário e retira a independência dos três poderes interligando o legislativo e o executivo, tornando o judiciário secundário e submisso.

Com isto nenhum político nunca mais seria questionado pela justiça! Foi com esta intenção que Temer, Aécio e Renan se uniram pra derrubar Dilma. Todo este esforço era pra implantar um novo sistema em 2018. Você sabia que esta mudança já tramita no STF?

SIM e o pedido partiu do Congresso Nacional que pediu autorização para mudar o regime de governo SEM PLEBISCITO!

Sem consultar ao povo!

Em outras palavras, é exatamente como se o sistema de governo já tivesse mudado, que a Câmara dos Deputados está atuando. Isolado, independente e para interesses próprios ou de sua coletividade.

Tags: STF, parlamentarismo, cartel, Câmara dos Deputados, Congresso Nacional, corrupção política, plebiscito, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

Artigo em Destaque

Julian Assange periga ser extraditado para os EUA

O fantasma da extradição de Julian Assange volta a assombrar e podemos dizer que processar e condenar o fundador da Ong Wikileaks pelo cr...

Leia também: