quarta-feira, dezembro 14, 2016

Dia do Ministério Público e Renan Calheiros lidera caçada aos juízes e promotores

No Dia do Ministério Público (14-12-2016)

Renan Calheiros lidera a legalização da temporada de caça aos juízes e procuradores do Ministério Público.


São os bandidos que fazem as leis que governam os trabalhadores. Mas nós somos maiores que eles, e fomos nós que os colocamos lá! Um senador que acumula 12 acusações por corrupção e lavagem de dinheiro, peculato entre outros crimes não pode ficar no topo do mundo gritando, dando ordens e liderando a comunidade política contra os juízes e procuradores.

O objetivo é criar o caos e ficar intacto em seu cargo, cometendo abusos e crimes contra a administração pública, redigindo leis que amparam crimes e dificultam punições.

Se a Lei de Abuso de Autoridade tem que entrar em vigor, ela tem que inserir a classe política, principalmente presidente da república, do Senado, da Câmara, Governadores e Prefeitos, além de líderes militares.

Ocupar um cargo público para fins particulares e usar seu cargo para fins alheios aos interesses do país é abuso sim e deve ser punido com rigor!

Um político não pode ameaçar nem intimidar um país inteiro e muitos menos toda a classe de juízes e procuradores do Ministério Público. Isto sim é abuso da própria posição e não é compatível com sua função!

Façamos algo que não nos envegonhemos por ter apenas assistido.

TAGS:

Crime organizado, Renan Calheiros, corrupção, abuso de poder, abuso de autoridade, abuso de cargo público, Senado, justiça, Lavajato, Saulo Valley, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: