quinta-feira, dezembro 08, 2016

Brasil - Supremo Tribunal leniente, político, conivente, desacreditado.

Leniência tem sido a palavra mais proferida no cenário político, isto porque à cada novo dia seus membros estão cada vez mais na iminência de cair na malha fina das investigações federais sobre corrupção e lavagem de dinheiro público. Neste jogo sujo há arbitragem questionável do supremo, talvez o mais supremo de todos no caminho errado - Continue lendo.


By Leandro Ciuffo (Flickr) [CC BY 2.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 08 de Dezembro de 2016

O Brasil está à vivendo o maior caos de sua história política e econômica. Isto porque desde a transição do governo militar para o civil vemos o país mergulhado em um abismo de roubalheira e corrupção. Com base na constituição nada amigável para o país, os três poderes se estabeleceram para sugar todas as forças da nação enquanto que abaixo de suas estruturas de base, todos trabalham como escravos para alimentar vorazes quadrilhas de vampiros desumanos. Cruéis monstros com seus dentes eternamente instalados na veia jugular do país.

Enquanto a classe política nos retira todas as forças e nos sobrecarregam com maior taxação, teríamos neste momento que contar apenas com a seriedade da justiça e como último suspiro de esperança o Supremo Tribunal Federal. Mas infelizmente o que se vê é a prática abusiva do termo "leniência".

É a permissibilidade do sistema que tem abrigado todas as formas de corrupção, desvios e abusos contra a nação e suas bases econômicas. Leniência para abrigar ladrões, corruptos, bandidos, traficantes, assaltantes, milicianos e vasta linhagem de criminosos dispostos a matar friamente nossos pais, nossas mulheres, nossas crianças, nossos jovens, nossa nação, que é obrigada a ser massacrada nos hospitais, nas escolas, nas universidades, no mercado de trabalho, na vida.

O Supremo Tribunal que abre mão da constituição para praticar política. Cada juiz defendendo os interesses do grupo que o arregimentou. Grupos políticos representados por seus presidentes de república quando em exercício.

Sabe o deveria acontecer na verdade? Assim como os outros ministérios, quando um presidente deixasse o poder, os ministros do STF deveriam ser substituídos. Mas ao invés disto, eles mesmo votaram a permanência de 10 anos no cargo. Mas a constituição não foi escrita pelo povo. Ela é escrita por quem quer se preservar no posto, por quem quer tirar o máximo proveito da posição e praticar livremente toda forma de abuso que sua posição lhe permite. Caso seu poder encontre algum limite, basta escrever uma nova emenda para a mesma lei e pronto!

Injustiça!

Pura injustiça que os três poderes praticam contra o país! Não há como ser leniente com a situação das grandes metrópoles vampirizadas por cúpulas de políticos que ocupam do governo do estado às sub-prefeituras!

Massacre que deve ser combatido com ímpeto pelas únicas autoridades que nos restam representadas pelo Ministério Público Federal e a Polícia Federal.

Por último depois de toda vergonha e traição que o país sofreu com a "crise" entre STF e Senado, que culminou com a permanência de Renan Calheiros na presidência da casa, ouve-se que o STF não transmitirá mais julgamentos envolvendo políticos.

Depois da superexposição do caso Dilma Roussef?  Depois que Lula se tornou protegido pelo STF? Depois que Temer foi mantido no governo, mesmo tendo sido eleito com os votos de Dilma Roussef? Depois que Renan Calheiros foi mantido na presidência do Senado com 12 processos engavetados pelo STF sem julgamento?

Nada mais fica em segredo, até porque hoje o brasileiro está mais que interessado em saber como será seu futuro e de seus filhos, e vai pressionar todas as casas de todos os poderes para que haja a verdadeira justiça, nem que a justiça venha de outra casa que não seja as do governo. Tudo não passa de um antro de manipulação. Nossas leis são falsas e nossos governantes só tomam conta do dinheiro, não das pessoas!

Temos um dos mais escravizadores sistemas do planeta!

Porque a justiça não é leniente com o contribuinte que antes tinha um poder aquisitivo maior e hoje está falido, desempregado ou endividado? Não há leniência na hora de dar recursos para proprietários de imóveis tentar colocar seus impostos em dia. Não há leniência na hora de uma pessoa tentar negociar suas contas com o Imposto de Renda, ou seja lá qual for a dívida ativa. Mas para a classe política toda forma de ajuda, benefício e permissibilidade está em vigor!

O STF não está só desacreditado. Está desmascarado! Profissão "enxuga-gelo".

Impossível ficar em silêncio.

Tags: STF, corrupção ativa e passiva, corrupção política, leniência, Três Poderes, poder legislativo, poder executivo, Poder Judiciário, Saulo Valley, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: