quarta-feira, novembro 23, 2016

Furacão Otto deixa mortos, muito estrago, deslizamento de terra e ainda não terminou passagem

Na tarde de ontem a tempestade tropical Otto quase estacionou em sua passagem pelo Panamá deixando pelo menos 3 mortos e entre 6 e 12 casas ficaram completamente destruídas. Outros países da América Central como a Costa Rica, Nicarágua e Colômbia estão em estado de alerta e moradores já se deslocam pra evitar o pior - Continue lendo

Monitoramento do Otto - Já classificado como Furacão pela agência http://www.nhc.noaa.gov/

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2016

A passagem de Otto pelo Panamá deixou um saldo lamentável de estragos e três mortes confirmadas pela Defesa Civil mas ainda não se tem um relatório completo. Deslizamentos de terra foram registrados na história como sendo a primeira vez ocorrem durante a passagem do furacão Otto.



Otto começou a se mover em categoria 1 de tempestade mas ganhou força nesta quarta-feira com origem no Mar do Caribe passando pelo Panamá nesta madrugada de terça para quarta e até sexta-feira acredita-se que terá passado pela Costa Rica e Nicarágua seguindo até o Oceano Pacífico no sábado. Otto já alcançou nas últimas horas ventos de 370 Km/h. Mas a velocidade que se move é muito baixa: De 2 a 4 Km/h.



Se arrastando em poder de destruição crescente, acreditam os meteorologistas que deverá atingir a costa da Nicarágua com ventos na casa dos 475 Km/h

Alerta Roxo foi acionado no Canal do Panamá depois que as autoridades receberam a informação de que já haviam 7 mortes em consequência da tempestade.

Alertas vermelhos já foram ativados na Costa Rica e as pessoas estão sendo retiradas de áreas consideradas de risco.

Tags: "tempestade Monstro", furacão, Furacão Otto, América Central, Panamá, Costa Rica, Colombia, San Andreas, Storm, deslizamento de terra, Saulo Valley, O Observador do Mundo,

Artigo em Destaque

Julian Assange periga ser extraditado para os EUA

O fantasma da extradição de Julian Assange volta a assombrar e podemos dizer que processar e condenar o fundador da Ong Wikileaks pelo cr...

Leia também: