sexta-feira, fevereiro 27, 2015

Tremor 7.0 atinge a região próxima da Indonésia



Forte tremor acaba de acontecer no mar Flores, a 132 Km da cidade de Nebe, na Indonésia. A profundidade registrada pelos sensoras do USG é de 547 Km.
Magnitude7.0
Date-Time
  • 27 Feb 2015 13:45:05 UTC
  • 27 Feb 2015 21:45:05 near epicenter
  • 27 Feb 2015 10:45:05 standard time in your timezone
Location7.277S 122.534E
Depth547 km
Distances
  • 132 km (82 mi) N of Nebe, Indonesia
  • 152 km (94 mi) NNE of Maumere, Indonesia
  • 198 km (123 mi) NNE of Ende, Indonesia
  • 200 km (124 mi) S of Baubau, Indonesia
  • 363 km (225 mi) WNW of Dili, East Timor
Location UncertaintyHorizontal: 8.7 km; Vertical 4.8 km
ParametersNph = 208; Dmin = 154.0 km; Rmss = 1.00 seconds; Gp = 12°
Version =
Event IDus c000ttkd ***This event has been revised.

sexta-feira, fevereiro 20, 2015

CEDAE: Esgoto exposto e mal cheiro desde fevereiro na Freguesia

Utilidade Pública: Os moradores da Rua Agostinho Gama estão sofrendo com vazamento de esgoto na rua desde Fevereiro 2015.  Um cheiro insuportável e fezes espalhadas pelo asfalto num lugar onde muitas crianças brincavam, animais de rua vivem, motos e carros ficam estacionados, comércio de alimentos, e passagem única para centenas de famílias chegarem até suas casas.


Atualizado em 06/05/2015 as 15:30 GMT-3


Um verdadeiro descaso se dá neste momento difícil para a comunidade. O vazamento fica localizado na porta de uma lanchonete ( no número 42 ). Os prejuízos já são elevados e a saúde dos moradores já corre perigo devido ao forte calor destes dias.  Moradores já disseram que ligaram para a CEDAE um monte de vezes e apesar do prazo de 24 horas dado pelos atendentes, três semanas já se passaram e nada foi feito.


Solicitamos mais uma vez que a CEDA compareça ao local para solucionar o problema, porque afinal esgoto à céu aberto, lixo e mal cheiro é insuportável. Principalmente em bairros já urbanizados e na porta de comércios. Como fica a situação autoridades competentes?

Completo desinteresse ou incompetência?

No fim de Janeiro último denunciamos que um cano de águas tratadas havia se rompido no meio da Rua Agostinho Gama, no bairro Freguesia. A população já havia ligado insistentemente para solicitar o reparo, mas a CEDAE dizia que em 24 horas uma equipe seria enviada. 5 dias depois, a rua parecia uma cachoeira e nada havia sido feito. Saulo Valley Notícias entrou em ação e iniciou uma campanha de publicidade sobre o problema e em 2 dias o vazamento foi concertado. Dois dias após o conserto, o esgoto da rua estourou em dois lugares. 1 há poucos metros de onde havia o vazamento de água e outro no final da rua, que é sem saída. Desde o dia  01 de Fevereiro que este esgoto está vazando!



quinta-feira, fevereiro 19, 2015

Tutorial: Aprenda a desinstalar Antivirus Baidú e seus aplicativos de Spam e de invasão de privacidade

URGENTE: Quando o antivírus foi criado, a intenção era evitar que vírus ficassem soltos pela internet infernizando a vida de todos, mas recentemente uma empresa chinesa criou um vírus e apelidou de "Antivírus" para tirar a paz e a privacidade de seus usuários - Saiba Mais:

Snapshot by zrqx008 via flickr Creative Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 19 de Fevereiro de 2015 - 08:25 GMT-3 
Atualização: 09:46

O Baidú é um programa inútil que sobrevive de publicidade agressiva. Seus desenvolvedores utilizam de todo tipo de artifício para ganhar dinheiro sem levar em conta as regras que controlam a internet, principalmente a privacidade do usuários.

Começa pelo fato de que muitas pessoas acabam se surpreendendo ao descobrir que o Baidú Antivírus está instalado sem seu equipamento, sem nem mesmo ter percebido o momento que solicitou a instalação. O Baidú se utiliza muito dos serviços de distribuição de softwares pela internet e após o download é normal que você queira instalar o programa ou drive de seu interesse. Ao fazer isto sem ler os textos de cada janela que surge, você autoriza sua instalação e em seguida a instalação de todos os 5, 6 até 9 programas hackers e spammers que ele trás consigo.

Acessando ao Wikipedia é fácil entender com a empresa Baidú vem se destacando entre as milhares de concorrentes. Sua concorrência é desleal e seus resultados são fabricados à partir de truques sujos de invasão de privacidade e sabotagem de navegadores de internet, aplicativos e antivírus nativos nas máquinas onde se instala.

Logo de início seu navegador é infectado por cookies maliciosos que espalham abas de propaganda para cada aba que você abre e ele ainda substitui a tela inicial pela tela que exibe dezenas de ícones e atalhos para os próprios clientes da empresa, sem que você tenha chance de escolher por exemplo, a tela inicial do "Google" ou do "MSN News", ou outro qualquer!

Outros programas que parecem inúteis ainda modificam um monte de costumes seus ao utilizar a internet, porque bloqueiam coisas que você está acostumado a fazer e impõe aplicativos substitutos.

snapshot  Nelson Tai - Via Flickr CCommons
O pior vem agora: O "Teamviewer" é um programa hacker muito muito perigoso e serve para dar acesso a qualquer invasor, ao seu computador. Ele não só entra como utiliza esta ferramenta para controlar seu mouse, seu teclado e visualizar a tela de seu computador enquanto você ou ele o utiliza. Tudo isto à distância!!!! O que isto tem a ver? Este é um dos programas que acompanham o Baidú!
O pior é que há outros programas com as mesmas funções que estes, mas nós não conhecemos pelo nome, então se você não viu o "Teamviewer" instalado em sua máquina, é porque existe outro com as mesmas funções.

Pra provar que a agressividade do Baidú é absurda, você sem sabe quando instalou este pacote de programas perigosos, agora tenta desinstalar? Ele não permite e se você conseguir, ao entrar na internet seu navegador refaz a instalação!!! Aliás cada vez que você tenta desinstalar, o programa diz que você precisa utilizar a internet, mas quando você entra na internet ele abre um monte de janelas de propaganda e no site oficial do Baidú você nunca encontrará a opção "desinstalar"! Sem falar que o Baidú detecta o seu antivírus e inutiliza, fazendo ignorar tudo o que é gerado pelos programas e aplicativos via Baidu Antivírus. Normalmente ele pede para "desinstalar o seu antivírus avisando que está havendo conflito."


Como desinstalar o Baidu, formatando?
Não precisa. Primeiro você precisa desligar virtualmente sua internet. Desabilitar sua Conexão de internet. Depois você precisa abrir o "Gerenciador de programas" e procurar pelo "Baidú Antivírus". Vá na janela de menú no canto direito da lista de programas e peça para exibir os programas por "Data de instalação". Ao selecionar o Baidú, anote o nome de todos os programas instalados na mesma data. Verá um monte de coisas que você nem sabe para que serve! Então comece a desinstalar manualmente um por um, dos programas instalados no mesmo dia que o Baidú.

Após concluir este processo abra o "Windows explorer" e vá até a pasta "Windows".
Em seguida procure a pasta "cookies" e com a lista de nomes que você anotou, apague a todos os cookies que têm o nome dos programas embutido neles. Quando você tentar excluí-la vai abrir uma janela dizendo que "este cookie é importante para o funcionamento de vários programas, deseja excluí-lo?"

Confirme que sim.

Então você terminou sua exaustiva tarefa? Infelizmente não.  Abra o sistema de busca do "Windows explorer" e digite um dos nomes dos programas em sua lista copiada dos que estavam entre os programas instalados. Ao encontrar suas pastas, delete-as com tudo o que há dentro. Faça isto até se esgotar a lista de programas invasores.

Abra seu navegador de internet e entre em "Histórico" de navegação. Apague tudo "desde o início", inclusive "Cookies", senhas, dados de aplicativos etc. Apague qualquer informação armazenada no navegador, para que os registros dos programas do Baidú não reinstalem todas aquelas porcarias novamente. Se preferir, desinstale seu navegador de internet. Abra um navegador neutro (do tipo menos ou quase nunca usado por você) e que não tenha sinais do Baidú instalado. Se não houver, entre na internet e baixe um navegador qualquer, só para você baixar uma nova versão do navegador que você normalmente utiliza. Saiba que o "Firefox" e o "Ópera" possuem a mesma plataforma e são altamente frágeis. Qualquer hacker consegue invadir seu computador através dos aplicativos que são instalados nestes navegadores.

O "Internet Explorer" e o "Google Chrome" são atualmente os mais seguros.  Nas configurações do seu navegador veja também se o programa de pesquisa é o de sua preferência.

Importante: Vá em "Configurações de Internet" e apague qualquer endereço que esteja programado para abrir como "Página Inicial" do seu navegador de internet. Utilize o site de sua preferência ou deixe em branco, mas certifique-se que a página inicial não seja um "baidú" da vida ou algo escrito em chinês, ou com a palavra "hot" e coisas deste tipo.

Depois disto recomece a sua vida, navegando e refazendo seu histórico de navegação com o dia-a-dia.

Se gostou da ajuda, #curta, #compartilhe e #comente! O Observador do Mundo agradece sua visita!

Tags: Hackerismo, Ataque Hacker, invasão digital, antivírus, spam, TECNOLOGIA, internet, vírus, privacide, Saulo Valley, O Observador do Mundo, tutorial

quarta-feira, fevereiro 18, 2015

Carnaval na Freguesia marcado pela violência das brigas, assaltos e furtos

A população de Jacarepaguá bem que tentou se divertir, fazendo jus ao direito de colocar seus blocos nas ruas, mas a criminalidade não pode deixar eventos públicos passar em branco LEIA MAIS:

Av. Três Rios - Preparação para as festas do Carnaval da Freguesia - Foto: Saulo Valley 14-02/2015
Desde o Domingo do dia 08 de Fevereiro os blocos cariocas saíram às ruas para festejar o carnaval. Milhares de pessoas vestiram suas fantasias e caíram na folia. Mas a segurança não foi suficiente para cobrir todas as festas distribuídas ao longo da cidade. Infelizmente o acúmulo de pessoas num só lugar tem atraído uma grande gama de bandidos que lucram facilmente com golpes, roubos e assaltos dessas pessoas.

Enquanto a polícia vigia o entorno, no meio do bolo a malandragem fica solta. Se passam por foliões e com extrema frieza saqueiam pessoas de qualquer idade, tamanho ou sexo.

Enquanto a polícia diz que o contingente foi dobrado, a segurança redobrada e "o nível de violência foi baixo neste carnaval"...  Na prática, os assaltos à bancos foram reduzidos enquanto que a ideia de colocar os blocos só foi perfeita na teoria.

Milhares de pessoas equipadas com celulares, carteiras, relógios e cartões  de banco tentaram se divertir com o mínimo de riscos, mas mesmo assim a polícia não poderia vigiar cada canto das ruas do Rio. Isto fez da cidade um verdadeiro curral de presas fáceis para os bandidos que mergulharam no meio da multidão e roubaram muito e a muitos.

Na Freguesia foliões disseram que marginais de comunidades vizinhas teriam descido para a Estrada Três Rios e tornado a festa em completo desespero. Assaltos e roubos de celulares, dinheiro e relógios ocorreram também na Geremário Dantas desde o Largo da Freguesia seguindo sentido Linha Amarela.


Com tantos pontos salientes lotados de turistas pela cidade, a Polícia Militar não poderia dar conta. Isto porque o acesso à Marquês de Sapucaí não é para qualquer um.

Ingressos caros deixam populares sem lugar e estes saem pela cidade em busca de diversão. Só que não foi tão divertido para muitos..  Agora cabe à Secretaria de Segurança Pública repensar a segurança dos blocos de rua e já pensar em como será quando as festas juninas voltarem para o lugar de onde saíram...

A marginalidade crescente vem sendo ampliada em função do recrutamento intenso de jovens, adolescentes e crianças para o crime organizado, enquanto isto as escolas públicas e estaduais, continuam na crise da remuneração baixa e da falta de recurso no trabalho. A categoria segue protestando e se submetendo a situações perigosas, enquanto assiste a evasão escolar como uma forte tendência. Com isto o crime organizado tem sido o rumo preferido da molecada dos bairros carentes e pra piorar, não há qualquer punição para seus crimes inclusive de assalto seguido de assassinato. Bandidos com muito poder e a polícia com muitas contas para pagar. Acorda Brasil!!

Tags:

caso de polícia, assaltos, bandidos, crime organizado, tráfico de drogas, roubo, polícia militar, Saulo Valley, O Observador do Mundo, Freguesia, Três Rios, Geremário Dantas, carnaval, Bloco, #JPA

Smartphone lotado, aplicativos não funcionam e fotos deletadas não esvaziam espaço interno?

Uma grande crise de espaço vive hoje a maioria dos proprietários de Smartfones.  Tudo porque cada aparelho oferece hoje possibilidades cada vez maiores de fotografia e vídeo, além de aplicativos cada vez mais úteis e de uso frequente. Mas quando o "espaço interno" acaba? LEIA MAIS:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 18 de Fevereiro de 2015 - 10:22 GMT-3

Cada vez mais caros e expansivos os Smartfones estão oferecendo capacidades surpreendentes no quesito cartão de memória. Alguns aparelhos chegam a oferecer quase 200 gigas de suporte, caso você consiga comprar um cartão de memória com esta magnitude! Este é o exemplo do Iphone 6 Plus.

Mas a realidade é que seu aparelho telefônico quase nunca se utiliza destes espaços expansivos e é muito comum que super aparelhos ofereçam menos de 2 gigas de "Espaço interno".  E é ali que todas as informações de seus aplicativos são acumuladas e organizadas. É onde se organiza a raiz de pastas e cookies, entre outras coisas essenciais para o funcionamento do conjunto em si.

Aplicativos

Os aplicativos nativos dos Smartfones instalados com tecnologia Android são derivados de duas fontes essenciais para seu funcionamento e manutenção: Os aplicativos do fabricante do aparelho e os aplicativos do fabricante do sistema operacional, no caso do Android o Google.

Pra começar 2 gigas parece ser muito espaço interno, ainda mais se há possibilidade de expansão para 4, 8, 16, 32, 64, 128, 164 gigas e por aí vai...  Mas quando seu aparelho fica completamente sem espaço e seus aplicativos já não respondem, é preciso esvaziar. Então você pode entrar nas "Configurações do sistema" e depois na opção"Armazenamento" para ver o que é que está no limite.

No Android, ignorando a tarja "Armazenamento do Usuário" veja a opção "Espaço disponível" Se o valor apresentado ali é menor que 200 megas, você está com sérios problemas. Então você precisa começar pela seguinte ação:


1) Veja se seu cartão de expansão está inserido no aparelho e se tem espaço disponível.  Em seguida escolha a opção "Mover mídia" e envie todos os arquivos de fotos, vídeos e músicas para a memória do cartão de expansão. Com isto seu espaço vazio aumentou? Mesmo assim, não será o suficiente, porque na primeira atualização do seus aplicativos, já era!

2) Na mesma página de configuração de "Espaço disponível" tecle na opção "Aplicativos" (dados de aplicativos) e aguarde o carregamento completo da lista de programas instalados em seu aparelho. Neste momento você precisa aguardar o sistema organizar estes programas pela ordem de espaço que ocupam.
Uma vez carregada a lista verifique os primeiros. Veja se os 10 primeiros são de extrema importância para você e seu aparelho e os que não puderem ser desinstalados, (clicando no ícone deles individualmente, escolha a opção "Mover para Cartão SD". Mas nem todos serão permitidos, porque estes não possuem suporte para este tipo de atividade. Se você já moveu todos os programas indispensáveis e possíveis para o seu cartão SD, agora verifique novamente seu status de "memória interna".

Falta de espaço frequente

Agora suponhamos que você já realizou todas estas missões e mesmo assim, seu Smartphone vive travando por falta de espaço, então você precisa iniciar um procedimento mais "cirúrgico" no sistema!

3) Utilizando um PC ou Notebook, conecte seu Smartphone via USB. Utilize o "Explorer de Pastas" para chegar até o seu aparelho conectado. Logo você verá que seu aparelho aparece no sistema e que surgem duas pastas:
   1 é a pasta do sistema do telefone e outra é a pasta do cartão SD. Esqueça o cartão SD agora. Faça expandir a árvore de pastas do telefone e vá até as pastas "DCIM", "Media!, "Movies", "Music", "Pictures", "Download", "WhatsApp" e transfira para uma nova pasta no computador todos os arquivos de mídia que encontrar no interior delas.

Quando terminar a transferência, desconecte o telefone e abra novamente as configurações do aparelho e veja quanto "Espaço Disponível" você tem agora e veja quanto tempo vai demorar para você voltar a se preocupar com espaço no Android!

DICAS

Caso volte a acontecer daqui a um tempo, repita o processo e pronto!! Lembrando que os aplicativos "WhatsApp" e "Facebook" são os principais responsáveis pelo esgotamento do espaço interno em seu telefone. Guarde apenas os arquivos indispensáveis. Faça sempre backup de seus arquivos e apague logo o que não te interessar, inclusive os arquivos de áudio que seus amigos te enviam quando falam no chat do WhatsApp!

Cuidado quando instalar jogos e aplicativos. Preste atenção que muitos anunciam que ocupam pouco espaço (entre 8 e 45 megas) mas depois de instalados alguns podem ultrapassar os 2 gigas, inclusive os fantásticos games da EA (Eletrônic Arts).

Se seu aparelho não possui, instale um aplicativo "Gerenciador de Arquivos". Indico o "ES File Explorer" que você pode baixar de graça na loja virtual do Google Play. Utilize para deletar arquivos desnecessários, pra ganhar tempo.

Se gostou, #curta, #compartilhe e #comente! O Observador do Mundo agradece!

Tags: Espaço Disponível, smartfone, cellphone, falta de espaço, espaço interno, tecnologia, cartão SD, memória,  móbile, telefonia celular, 


terça-feira, fevereiro 17, 2015

Rodoviária Novo Rio: O que mudou e o que não mudou na segurança

Rodoviária Novo Rio continua perigosa e os acessos à rodoviária continuam confusos, porque quem chega na cidade ( mesmo quem está acostumado) não consegue encontrar os pontos de ônibus.

By André Sampaio (Own work) [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], via Wikimedia Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 17 de Fevereiro de 2015 - 18:09 GMT-3
Atualização:  18/02/2015 09:25
Atualização:  14/05/2015 18:36

Pra piorar, os funcionários do controle do tráfego não sabem absolutamente nada a respeito das linhas que atendem à região. A solução imediata ainda é a utilização dos táxis, até porquê funcionários da prefeitura no local já confirmaram que a insegurança anda solta na região e apesar do aumento do policiamento os assaltos não estão sendo completamente evitados.  Percorremos a região e percebemos vários elementos suspeitos procurando uma oportunidade para atacar viajantes.

"Malandro quando desce, é pra roubar!" disse o funcionário do controle do tráfego ao Saulo Valley Notícias.

O policiamento foi reforçado em todos pontos que "O observador do Mundo" destacou no blog " saulovalley.blogspot.com ". Mas a região ainda sofre muitas modificações e as principais vias de acesso estão cercadas por prédios abandonados ou em ruínas, o que transforma o lugar num cenário de filme de terror.

Quem precisa ir para Jacarepaguá ainda precisa caminhar com suas malas mais de 700 metros até a  passarela da antiga Estação Férrea da Leopoldina. O trecho é muito longo, o policiamento da rodoviária não atinge esta parte da Avenida Francisco Bicalho e o pessoal do trânsito apontou como região mais perigosa para pedestres.

Todo cuidado ainda é muito pouco.

Atualização:  18/02/2015 09:25

Cerca de 2 horas após ter escrito este artigo voltamos à Rodoviária Novo Rio para acompanhar uma pessoa que tinha que viajar. Como a maioria das agências bancárias estavam fechadas, deixamos para retirar dinheiro nos caixas eletrônicos de lá. Como já era de se esperar, no momento que íamos inserir o cartão de saque na máquina, surgiu um rapaz falando em voz alta que era uma emergência e que eu não deveria inserir o cartão. Aguardando a próxima atitude dele todos ao redor ficaram paralisados e atentos.
O cara entrou na frente da gente e começou a utilizar o caixa para supostamente fazer um saque. Nenhum dos seguranças da rodoviária se aproximou e pareciam nem olhar embora os caixas eletrônicos fiquem a cerca de 5 metros de um deles. Assumi o controle da situação sabendo que o estranho tinha intenção  clara de provocar uma confusão. Me dirigi ao caixa eletrônico do lado e ele não ficou satisfeito e começou a sacudir o meu ombro no momento que eu fazia o saque. Ninguém interferiu. Os guardas permaneceram em suas posições e não observaram o que estava acontecendo. Estive a ponto de reagir, mas sabia que ele estava tentando me levar para um nível de estresse que produzisse o resultado que ele esperava. Continuei a operação até acabar e o cara saiu pedindo desculpas. Saquei o dinheiro. Coloquei no bolso e observei o elemento indo embora. Sem que eu tivesse dado uma palavra sequer..

Se num local lotado daquele, os caixas eletrônicos não são protegidos por seguranças, agora pensem se fosse um idoso naquele momento? Teria até largado o cartão na máquina devido ao susto que ele tentou me aplicar. Com certeza não estava sozinho. Cadê a maldita segurança, senhor Beltrame?

Atualização:  14/05/2015 18:36
Ainda sem fiscalização os táxis piratas atuam na região da rodoviária, abordando viajantes recém-chegados com seus veículos sem taxímetros e tabelas falsificadas que não mostram a quilometragem, apenas o preço que a corrida para cada bairro custa. Exemplo:
Freguesia: 141,50Madureira: 222,50Centro: 80,00 (e assim vai)

sábado, fevereiro 07, 2015

Aviso de Tempestade: Preços de alimentos disparam e Bolsa Família vai cobrir?

O governo Dilma tem empurrado o país para uma crise que vem se aprofundando dia após dia. As notícias não são animadoras e a previsão é de pesada turbulência com aumento progressivo do desemprego, diminuição da contratação de mão de obra, desvalorização clara da moeda corrente e crise energética - LEIA MAIS:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 07 de Fevereiro de 2015 - 00:00 GMT-3

"Lange-MigrantMother02" por Dorothea Lange, Farm Security Administration
Creative Commons - **Vide informações no roda-pé da postagem.
Quando assumiu o segundo mandato, Dilma Roussef prometeu continuar investindo em programas sociais de sua administração anterior. Mas a realidade antes era outra. Os cofres públicos estavam sendo esvaziados para proporcionar a espantosa distribuição de dinheiro para as famílias identificadas como "carentes". Hoje a situação complicada pelo excessivos gastos da gestão anterior, alerta quanto ao risco de muitas regiões do Brasil ficarem gravemente sem água, energia elétrica e recursos para comprar alimentos.

Então, se o governo não apresentar uma solução, estaremos a continuar a distribuir dinheiro dos cofres públicos para os mais pobres, enquanto conduz a população financeiramente estável para a pobreza.
Enquanto o governo continua investindo em casas populares, a crise imobiliária se faz presente e crescente. Inflação atingindo o setor já à beira de pôr na rua quem tem onde morar.

A moeda corrente vinha estável desde o governo Lula, mas hoje se percebe que as pessoas estão andando com os bolsos cheios de notas de cinquenta e de cem, enquanto as demais moedas desapareceram praticamente do mercado. O que significa? Que valores abaixo dos 50 reais já não importam muito e que as pessoas estão guardando em casa os trocadinhos para pequenos gastos posteriormente. Revela também que a insegurança popular no sistema financeiro está fazendo com que não utilizem mais o dinheiro em espécie, preferindo os cartões de débito e de crédito. Sem falar que com tanta crise a corrida pelo dinheiro é crescente e a violência alastrada assusta ao correntista que não quer se expôr transportando valores à partir da agência bancária.

Então o que estamos vivendo? É possível que estejamos voltando a experimentar a crise que o país atravessou na era Sarney, Collor e se amenizou na era da administração Fernando Henrique.

Então o que aconteceu que o Brasil superou a crise mundial e caiu neste fosso?
Na verdade a campanha publicitária do governo Lula simplesmente mascarou a estratégia petista que já era de esvaziar os cofres públicos com generosas ajudas aos mercados mais afetados pela avalanche comercial que abalou os mercados do mundo todo. Com isto, estes setores continuaram aquecidos mas não puderam devolver o investimento para o bolso do Brasil. Muito pelo contrário, a eterna carência destes setores acabou se transformando num tipo de dependência e até hoje carecem de injeção de recursos federais. Entre estes mercados, o comércio de veículos novos, eletro-eletrônicos e até a agricultura anda de pernas bem quebradas...

A outra pergunta seria: Como o Brasil vai resolver esta situação assustadora?
Esta dúvida sem resposta convincente por si só já é suficiente para desestabilizar o mercado de ações e a confiança dos investidores estrangeiros caminha para o lixo.

Pra piorar, Dilma vai passar o mandato inteiro à sombra do fantasma do impeachment e o rombo da casa dos 3 trilhões dos últimos 12 anos de PT no poder.

O Brasil precisa para de votar e se continuar a votar deve cortar pelo menos 80% o salário dos novos candidatos eleitos e dos atuais políticos no poder. Só assim a corrida pelo ouro acaba e esta turma vai arranjar um emprego, ou assumir de vez o crime organizado, de onde a maioria já faz parte.

**Foto:

"Lange-MigrantMother02" por Dorothea Lange, Farm Security Administration / Office of War Information / Office of Emergency Management / Resettlement Administration - Esta image está disponível na Divisão de Impressos e Fotografias da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos sob o número de identificação digital fsa.8b29516.Esta marcação não indica o status de direito autoral da obra aqui mostrada. Uma marcação normal de direitos autorais ainda é necessária. Veja Commons:Licenciamento para mais informações.العربية | čeština | Deutsch | English | español | فارسی | suomi | français | magyar | italiano | македонски | മലയാളം | Nederlands | polski | português | русский | slovenčina | slovenščina | Türkçe | 中文 | 中文(简体)‎ | 中文(繁體)‎ | +/−(cropped to removed negative frame, mild retouching to remove worst dust and scratches from scan);. Licenciado sob Domínio público, via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lange-MigrantMother02.jpg#mediaviewer/File:Lange-MigrantMother02.jpg

Tags: crise financeira, corrupção política, BRASIL, DILMA ROUSSEF, corrupção política, PT, Partido dos Trabalhadores, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

quarta-feira, fevereiro 04, 2015

Tendência: Faxina no seu Facebook - Porque fazer?

Antigamente as pessoas "ficavam de mal" (sem se falar por um tempo ou permanentemente) quando se desentendiam. Com a chegada da internet e a explosão das redes sociais, a chamada "faxina do Facebook" se tornou uma grande tendência - LEIA MAIS:

Faxina no Facebook - Foto de produtos : PressReleaseFinder Logo do Facebook: Domínio Público.
Montagem: Saulo Valley
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 04 de Fevereiro de 2015 - 21:17 GMT-3

A explosão da telefonia móvel nos últimos anos tornou possível transformar amizades virtuais e distantes em pessoas reais e até fisicamente presentes. Com a tecnologia pessoas até de continentes distantes se tornaram amigas e em muitos casos as amizades se tornaram aprofundadas e íntimas. De simples amigos a namorados ou amantes. Tudo é possível nesta nova e poderosa versão de rede chamada "Social". Mas o que tem de interessante e prático na expansão das relações também tem de complicado. De intimidades invadidas e publicadas, a corações feridos e até tornados em casos de polícia. A relação humana evoluiu e muito.

Se no passado um segredo compartilhado significava uma pessoa contar para todos os seus conhecidos o segredo de alguém... Com as Redes Sociais, os segredos são publicados na escala dos 4 dígitos para cima. Sim, as possibilidades de escândalo podem chegar à casa dos milhares de milhares!

E com todas estas possibilidades, há de se convir que se faz necessário reorganizar seu grupo de relacionamento, afastando as ameaças iminentes e tornando o seu espaço virtual um ambiente agradável para quem administra e para quem visita.  Por isto tudo e muito mais nasceu a necessidade das periódicas faxinas.

É um tal de desfazer amizades, bloquear desconhecidos, filtrar mensagens privadas, rejeitar pedidos de amizade, e publicar: "Fazendo Faxina no Meu Face, e se você ainda faz parte do meu grupo de amigos é porque ainda tenho alguma consideração por nossa amizade" ou "Excluindo pessoas que não falam comigo, não curtem o que escrevo, não compartilham e só representam números!"

Vemos que este processo é reflexo do amadurecimento dos usuários das Redes Sociais. São as pessoas caindo na realidade e buscando dar qualidade ao seu grupo de relacionamento. São pessoas se desiludindo com a manutenção de amizade por puro status ligados aos volume de contatos, e buscando simplificar sua vida social, mantendo pessoas que realmente convivem, conhecem, admiram-se mutuamente e confiam.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: