domingo, outubro 11, 2015

Dilma vê "Estoque de Vento" como futuro grande gerador de energia sustentável

A presidente Dilma Roussef fez por merecer um prêmio Nobel, ao sugerir para a comunidade científica o desenvolvimento da tecnologia de "estocar vento". Para a autoridade, o vento pode gerar muitas oportunidades de emprego, recursos energéticos mais baratos e sem causar prejuízos à natureza - Você acredita? - LEIA MAIS:

Dilma Roussef abre a sessão da ONU em New York sugerindo "Estoque de Vento"
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 11 de Outubro - 09:59 GMT-3

A tecnologia eólica tem se mostrado eficiente em muitos países que acreditam no potencial limpo desta energia. Mas o custo desta estrutura ainda é muito alto, principalmente porque  exige uma grande área de terreno disponível para sua implantação. Estes terrenos quase sempre são localizados em áreas hipervalorizadas como orlas de praias.

 Com seu elevado nível de conhecimento científico, a presidente Dilma (que se lançou como chefe da pátria educadora) agora pretende ensinar para o mundo como continuar insistindo em preservar o planeta, estocando vento. E isto ela fez ao discursar para centenas de países membros das Nações Unidas:


Aos olhos de Dilma, o estoque de vento parece ser um recurso infinito, já que ele é gerado com intensidades diferentes de acordo com a hora do dia. Melhor ainda, a presidenta sugeriu a criação de linhas de retransmissão do vento para ser direcionado a lugares onde não venta.

Este recurso poderia ser mais útil ainda se pensássemos que além de acelerarmos as linhas de produção de energia eólica, poderíamos enviar vento para o espaço, onde há maior escassez. Este avanço permitiria a vida humana em outros planetas, por exemplo!


Só relembrando:

A explicação científica para o fenômeno que chamamos de vento é a seguinte:

"O VENTO é o AR em MOVIMENTO"

Então pelo que se sabe, garrafas contendo ar existem desde o período antigo da Bíblia Sagrada, que há cerca de 2000 anos narrava o uso desta tecnologia em fundições de ferro e aço, entre outros materiais manipulados pelos homens da época.

A criação de "Linhas de Transmissão de vento" sugerida por Dilma, lembra que o Governo vive criando formas diferentes de "enxugar gelo" com dinheiro público. Assim como as obras bilionárias do BRT, Copa do Mundo, Jogos Olímpicos, um monte de estradas abandonadas, que só foram concluídas depois de privatizadas, etc.



Dilma parece pretender aplicar mais uma, numa quantidade maior de pessoas. Desta vez ela visualiza as Nações Unidas! 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: