segunda-feira, outubro 12, 2015

Brasil boicota artistas que apoiam Dilma Roussef e recebem incentivos milionários

A notícia de artistas que apoiam Dilma Roussef publicamente estão tendo shows cancelados por falta de público, já está se tornando um acontecimento, que demonstra o grau de rejeição maior que o divulgado pela mídia, ao atual governo - LEIA MAIS

Brasília - DF, 14/02/2011. Presidenta Dilma Rousseff
recebe quadro (Presidenta Dilma) do senhor
Romero Britto (artista plastico) no Palácio do Planalto.
Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR - Creative Commons
Mesmo artistas de alto nível de público, como Cláudia Leite, Paula Fernande e Jô Soares, segundo internautas,  estão sendo boicotados por prestar apoio público à Dilma Roussef e seu governo. Em troca os artistas citadas entre outros e outras teriam recebido gratificações milionárias, retiradas dos cofres públicos.

O Show de Claudia Leite há 3 dias foi cancelado. Eram esperados 15 mil fans da cantora baiana, que é jurada do "The Voices", mas só alcançou a marca de 170 ingressos vendidos.

De acordo com o site "RD1", Paula Fernandes teria postado numa rede social, que seus shows estavam sendo cancelados desde a Bahia ao Nordeste, "por falta de segurança". A fonte afirmou que dos 3 mil ingressos disponíveis, só foram vendidos 120 unidades, A casa de shows localizada em Vitória da Conquista, teria cedido uma entrevista para o site, alegando que "nunca havia acontecido algo parecido".

O artista plástico Romero Britto (que pintou o quadro acima) movimentou mais de 230 milhões só no ano de 2013, depois de entrar para o time de parceiros da presidente em 2011.

O governo Dilma que desde que assumiu o poder adotou a estratégia de comprar pessoas com valores na casa dos milhões, teria utilizado meios como a "Lei Rouanet" para liberar altas somas aos artistas que apoiam a manutenção da gestora no poder.

O lendário Jô Soares pode estar com seus programa com audiência indo à pique. Segundo fontes ligadas à fofocas, a direção da Globo deverá reduzir seu programa ao meio, para dar lugar à uma nova programação. Isto depois de ter sido o jornalista escolhido pela Dilma Roussef para uma entrevista histórica. O site "Clicrbs"que citou a fonte "Agora S. Paulo" que disse que Jô Soares chegou a ter segurança reforçada após receber ameaça de morte por meio de pichação em sua casa, logo após a entrevista com a presidente.

Polêmica recente envolvendo os cofres públicos, foi a liberação de 4 milhões para a turnê do cantor Luan Santana. O Site "Fatimanews" lista os artistas de ponta que mais  faturaram com a Lei Rouanet desde que Lula e Dilma assumiram o poder. Só para adaptar o filme "Se eu Fosse Você" atuado por Tony Ramos e Glória Pires, o incentivo chegou a impressionantes 15 milhões!

Artigo em Destaque

Julian Assange periga ser extraditado para os EUA

O fantasma da extradição de Julian Assange volta a assombrar e podemos dizer que processar e condenar o fundador da Ong Wikileaks pelo cr...

Leia também: