terça-feira, agosto 18, 2015

Ucrânia: Invasores russos e separatistas querem acesso livre pelo país.

As manobras políticas da Rússia são ardilosas e difíceis de se escapar. Convincente, a superpotência consegue fazer a ONU inteira trabalhar em seu favor. Esta é mais uma dessas situações em que o errado se torna certo e o certo se torna errado.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 17 de Agosto de 2015 - 08:03 GMT-3

Em nossa último artigo sobre a criae ucraniana, apontamos a crescente expansão do território ucraniano dominado pelos conflitos causados pelos chamados "separatistas russos".

Saulo Valley Notícias acompanhava a crise ucraniana ainda antes da invasão da Criméia e nenhum detalhe deixou de ser publicado aqui. E quem acompanhou sabe que a mesma força que invadiu a Criméia, a Chechnya e a Sibéria, luta para assumir o controle do território da Ucrânia por completo.

A exposição do último mapa da crise, deixa claro que a Rússia está utilizando a Criméia como base de apoio militar para alimentar o conflito praticamente de dentro da Ucrânia.

Mapa mais recente da invasão russa na Ucrânia formação pelo Ministério da Defesa da Ucrânia em Agosto de 2015.

Agora está novidade que mostra que Putin está se divertindo com suas manobras que atropelam todas leis internacionais. Pedir passe especial para separatistas e terroristas circularem livremente pelo país?

Por meio de um vídeo postado na internet, a vice-porta-voz do governo ucraniano Oksana Syroyed disse em outras palavras que dar "condições especiais para invasores russos e separatistas é entregar o país a Putin, que quer o fim do estado ucraniano."


Que loucura é esta? Porque a ONU se mantém silenciosa? Porque deixa claro que o modelo de gerenciamento das regras globais já está ultrapassado e o dinheiro está sendo capaz de comprar este direito.

Está claro que ninguém quer pressionar Putin, nem intimá-lo, até porque ele utiliza as falhas nas leis internacionais para zombar de quem recorre às Nações Unidas em busca de socorro.

Só que por enquanto a Rússia quer retomar o território que antes pertencia à antiga União Soviética. Depois de voltar ao ponto de partida para a Segunda Guerra Mundial, você meu caro leitor, acha que Putin vai parar por aí?

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: