quinta-feira, abril 02, 2015

Preparação para ato público agita petistas contra Forças Armadas e não faltam críticas e elogios ao governo

Durante os encontros entre membros dos chamados "movimentos sociais", dia após dia, militantes são incentivados para a guerra. Ameaças de confronto entre MST e Forças Armadas. A disseminação de ódio contra qualquer pessoa financeiramente estável, bem como empresas e políticos de oposição ao governo... Isto é uma realidade hoje:

"Não haverá golpe sem resistência; nossos movimentos não formaram covardes” declarou o coordenador nacional do MST Gilmar Mauro, ao afirmar que está pronto para defender posição do PT no poder há 12 anos. A declaração aconteceu durante uma plenária que aconteceu em São Paulo no dia 1º de Abril. De acordo com o próprio MST, o encontro seria uma preparação para as manifestações planejadas para o dia 07 de Abril contra a oposição nacional ao governo Dilma e por reformas políticas e pelos benefícios dos trabalhadores reduzidos com a última modificação anunciada pela nova gestão no poder.

Apesar da prontidão anunciada pelo Movimento dos Trabalhadores em defender o Governo, são eles mesmos que somam forças nas críticas ao governo de Dilma Roussef. E note que quando Gilmar Mauro fala de socialismo (como sistema de governo), já fala como sendo uma futura realidade pré-definida:


Enquanto isto as maiores realizações do Governo Dilma são mesmo aquelas doações que anda fazendo em nome do Brasil para os países vizinhos. Diga-se de passagem todos socialistas-comunistas e que compartilham interesses comuns ao comunismo. Note que o Governo anda doando gentilmente valiosas estruturas depois que estas se tornam sucateadas. Este é o exemplo da thermoelétrica Rio Madeira





Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: