Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Aviso de Tempestade: Preços de alimentos disparam e Bolsa Família vai cobrir?

O governo Dilma tem empurrado o país para uma crise que vem se aprofundando dia após dia. As notícias não são animadoras e a previsão é de pesada turbulência com aumento progressivo do desemprego, diminuição da contratação de mão de obra, desvalorização clara da moeda corrente e crise energética - LEIA MAIS:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 07 de Fevereiro de 2015 - 00:00 GMT-3

"Lange-MigrantMother02" por Dorothea Lange, Farm Security Administration
Creative Commons - **Vide informações no roda-pé da postagem.
Quando assumiu o segundo mandato, Dilma Roussef prometeu continuar investindo em programas sociais de sua administração anterior. Mas a realidade antes era outra. Os cofres públicos estavam sendo esvaziados para proporcionar a espantosa distribuição de dinheiro para as famílias identificadas como "carentes". Hoje a situação complicada pelo excessivos gastos da gestão anterior, alerta quanto ao risco de muitas regiões do Brasil ficarem gravemente sem água, energia elétrica e recursos para comprar alimentos.

Então, se o governo não apresentar uma solução, estaremos a continuar a distribuir dinheiro dos cofres públicos para os mais pobres, enquanto conduz a população financeiramente estável para a pobreza.
Enquanto o governo continua investindo em casas populares, a crise imobiliária se faz presente e crescente. Inflação atingindo o setor já à beira de pôr na rua quem tem onde morar.

A moeda corrente vinha estável desde o governo Lula, mas hoje se percebe que as pessoas estão andando com os bolsos cheios de notas de cinquenta e de cem, enquanto as demais moedas desapareceram praticamente do mercado. O que significa? Que valores abaixo dos 50 reais já não importam muito e que as pessoas estão guardando em casa os trocadinhos para pequenos gastos posteriormente. Revela também que a insegurança popular no sistema financeiro está fazendo com que não utilizem mais o dinheiro em espécie, preferindo os cartões de débito e de crédito. Sem falar que com tanta crise a corrida pelo dinheiro é crescente e a violência alastrada assusta ao correntista que não quer se expôr transportando valores à partir da agência bancária.

Então o que estamos vivendo? É possível que estejamos voltando a experimentar a crise que o país atravessou na era Sarney, Collor e se amenizou na era da administração Fernando Henrique.

Então o que aconteceu que o Brasil superou a crise mundial e caiu neste fosso?
Na verdade a campanha publicitária do governo Lula simplesmente mascarou a estratégia petista que já era de esvaziar os cofres públicos com generosas ajudas aos mercados mais afetados pela avalanche comercial que abalou os mercados do mundo todo. Com isto, estes setores continuaram aquecidos mas não puderam devolver o investimento para o bolso do Brasil. Muito pelo contrário, a eterna carência destes setores acabou se transformando num tipo de dependência e até hoje carecem de injeção de recursos federais. Entre estes mercados, o comércio de veículos novos, eletro-eletrônicos e até a agricultura anda de pernas bem quebradas...

A outra pergunta seria: Como o Brasil vai resolver esta situação assustadora?
Esta dúvida sem resposta convincente por si só já é suficiente para desestabilizar o mercado de ações e a confiança dos investidores estrangeiros caminha para o lixo.

Pra piorar, Dilma vai passar o mandato inteiro à sombra do fantasma do impeachment e o rombo da casa dos 3 trilhões dos últimos 12 anos de PT no poder.

O Brasil precisa para de votar e se continuar a votar deve cortar pelo menos 80% o salário dos novos candidatos eleitos e dos atuais políticos no poder. Só assim a corrida pelo ouro acaba e esta turma vai arranjar um emprego, ou assumir de vez o crime organizado, de onde a maioria já faz parte.

**Foto:

"Lange-MigrantMother02" por Dorothea Lange, Farm Security Administration / Office of War Information / Office of Emergency Management / Resettlement Administration - Esta image está disponível na Divisão de Impressos e Fotografias da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos sob o número de identificação digital fsa.8b29516.Esta marcação não indica o status de direito autoral da obra aqui mostrada. Uma marcação normal de direitos autorais ainda é necessária. Veja Commons:Licenciamento para mais informações.العربية | čeština | Deutsch | English | español | فارسی | suomi | français | magyar | italiano | македонски | മലയാളം | Nederlands | polski | português | русский | slovenčina | slovenščina | Türkçe | 中文 | 中文(简体)‎ | 中文(繁體)‎ | +/−(cropped to removed negative frame, mild retouching to remove worst dust and scratches from scan);. Licenciado sob Domínio público, via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lange-MigrantMother02.jpg#mediaviewer/File:Lange-MigrantMother02.jpg

Tags: crise financeira, corrupção política, BRASIL, DILMA ROUSSEF, corrupção política, PT, Partido dos Trabalhadores, Saulo Valley, O Observador do Mundo, 

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Brasil: Reforma Presidencial, e o país das leis bandidas e impostos sobrepostos

O Brasil está fechado para reformas! Não as reformas pretendidas pelo governo Temer, nem as reformas políticas pretendidas pela oposição comunista-socialista. As reformas que envolvem todos os integrantes governistas e anti-governistas - Continue Lendo:



Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 18 de Maio de 2017 - 10:04

Para mudar o Brasil e retirá-lo do atoleiro estrutural que mergulhou (apesar de sua incalculável riqueza) só mesmo a justiça sendo cumprida com rigor. Mas o fato é que a cúpula do governo está muito doente. Um câncer de corrupção e enriquecimento ilícito contaminou praticamente todas as células desta estrutura, levando o país a se encontrar à beira da falência.

Pra começar nossas leis são escritas por políticos comprometidos, ou com o crime organizado ou com as quadrilhas que vampirizam o estado. Cada nova lei criada ou emendada oferece uma vantagem e dezenas de brechas interpretativas, que facilitam a vida de quem vive na marginalidade. Isto independe…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Quando as mídias oficiais são tendenciosas em quem confiar?

O Brasil tem um grande problema: Informações tendenciosas ou publicadas com intenção de causar uma reação nacional que influencie direto na política, beneficiando alguns..  - Continue lendo e comente!

 Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Maio de 2017 - 15:16 GMT-3

A crise política pode parecer o único grande problema no Brasil. Mas a verdade é que a ambição se tornou o maior pilar em todos os meios que exercem influência sobre qualquer classe de pessoas, pode ser no setor religioso, político, artístico e.. o meio cujo juramento de admissão de cada profissional reza completa imparcialidade: O Jornalismo.

Enquanto diversas organizações no mundo se organizam para combater o que chamam de "falsas notícias", as grandes mídias seguem assumindo publicamente suas opiniões, preferências, seus gostos e lados políticos. Editorial se tornou uma forma de expressar a opinião de toda uma organização e os crimes cometidos por "adversários políticos" são potencializados enquan…

Blue Whale 1 - O game da morte em nome da Baleia Azul

Blue Whale: O jogo da morte induz adolescentes ao suicídio via Redes Sociais e Skype já fez mais de 130 mortes entre Rússia e Europa, mas já tem adeptos no Brasil - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09/04/2017

Poderia ser uma lenda urbana.. Mas o game "Blue Whale" (Baleia Azul) se tornou viral na Europa e na Rússia (desde 2014) deixando pais e as autoridades locais em completo alerta. O game que usa basicamente as redes sociais também promove encontros e eventos fora da web, reunindo suicidas depressivos adolescentes em espantosa e crescente comunidade.

Nos últimos 3 dias as agências internacionais começaram a alertar ao mundo sobre este jogo de auto-flagelação que culmina no suicídio. Os administradores do grupo exercem grandes pressões para garantir que o grupo seja unido, confiável e fiel aos propósitos malignos a que se propõe sem questionamentos.

Uma adolescente disse ao Saulo Valley Notícias que tem a informação de que quando o …

Mudanças no jogo político-militar da Síria seguindo para o sétimo ano de conflito de interesses

A guerra da Síria não se trata mais de uma revolta popular, muito menos de uma tentativa de islamizar o país. À cada novo ano, as intenções e as regras do jogo mudam, à medida que exércitos descaraterizados se confundem com forças oficiais de potências estrangeiras - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 05/Maio/2017

Desde 2011 as forças rebeldes que lutam pela libertação da Síria das mãos sangrentas do clã Assad, mas o FSA (Free Syriam Army) já sofreu muito para continuar ativo. Forças estrangeiras de todos os lados se infiltram quando não em suas fileiras, em seus fronts. Estrangeiros travestidos de militantes extremistas que são poderosos grupos de operações especiais, que acabaram tomando carona no conflito entre populares e o governo, para transformar o solo sírio num verdadeiro tabuleiro do jogo político internacional.

É neste momento que as forças de oposição síria começa a literalmente desaparecer, restando um número cada vez menor de lutad…