sábado, janeiro 24, 2015

Mundo se despede de Abdul Aziz e saúda o novo Rei saudita - blog

Rei Abdullah - Foto: Domínio Público
A morte do Rei Abdullah Aziz surpreendeu o mundo e a mudança natural de liderança na Arábia Saudita é vista com preocupação. A Arábia Saudita é o maior aliado americano no oriente médio, depois de Israel. Nos últimos anos, o governo do falecido Rei Abdullah foi o topo da lista dos países que mais compraram armas de guerra.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 24 de Janeiro de 2015 - 14:20 GMT-3

A imagem do Rei Abdullah era suficiente para garantir a estabilidade entre diversos grupos árabes, e sua autoridade era vista com muito respeito. "O Guardião Das Duas Mesquitas Sagradas", Abdullah Bin Azziz era a maior autoridade espiritual islâmica. Um tipo de Papa islâmico em seu reino. Sua morte pode ser uma janela para grandes mudanças orientais e globais e com o novo reinado, muitas expectativas vêm à tona.

Para o novo Rei Salman Abdul Aziz, filho do Rei Abdullah, seu governo deverá ser uma continuidade das idéias e liderança de seu pai. O Rei governou no período de 2005 até dia 23 de Janeiro de 2015 e em 2013 foi considerado pela revista "Forbes" o oitavo homem mais poderoso do mundo e faleceu aos 90 anos de idade.

Em 2011 a Arábia Saudita vivenciou uma tensa batalha feminista pelo direito de dirigir. A direção nunca foi proibida para mulheres pela constituição do país, mas na doutrina islâmica, qualquer tipo de liderança assumida pelo sexo feminino é visto com desagrado. Com isto, muitas rebeldes foram parar na cadeia ao serem flagradas na direção de seus automóveis.

A ativista Mana Al-Sharif foi a primeira mulher a sair de casa com seu automóvel e gravar a experiência em vídeo e postar no youtube. A ousada aventura atraiu milhares de fans e despertou as autoridades. Dois deias depois a Al-Sharif anunciou que faria novamente, mas quando abriu a garagem a polícia já esperava do lado de fora. Ela ficou detida por dois meses e foi condenada a dez chibatadas. Mesmo assim outras mulheres saíram à ruas para pedir a sua libertação além da garantia legal do direito internacional da mulher se locomover como desejar.


A Arábia Saudita ainda aspira por mudanças e ao mesmo tempo a religião islâmica busca por fortalecimento e expansão no mundo, bem como a preservação de suas leis e tradições. Um grande desafio se faz hoje para o novo Rei Salman Aziz.

O presidente americano neste sábado saudou o novo presidente, que segundo fonte midiática, deverá viajar nesta terça para se encontrar com o novo Rei e prestar uma homenagem ao Rei falecido, bem como expressar seus sentimentos à sua família.

Tags: Arábia Saudita, Rei Abdullah bin Abdul Aziz, Obama, Saulo Valley, O Observador do Mundo, nota de falecimento, despedida, morte, 

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: