Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 19, 2014

Translate this Page

Dilma outra vez é verde, amarelo e vermelho no poder.

   As notícias das pesquisas assustam pois o povo diz que não vota em Dilma, enquanto as estatísticas anunciam favoritismo. O Brasil também não quer Aécio. O Brasil quer mudanças profundas, mas por onde vem a mudança, se o caminho é traçado pelos mesmos partidos mafiosos que já estão no poder, aliados à todo o esquema de corrupção implantado em Brasília?

   A candidata da presidência da República tem a vantagem de ter a máquina administrativa a seu favor. Utiliza-se da mesma estrutura de mídia a que se habituou enquanto presidente em exercício de seu mandato. Enquanto isto seus oponentes sofrem por um pouco de recursos para apresentar suas propostas de governo. Mesmo sem provas contundentes, o Brasil já sabe que Dilma está jogando sujo nestas eleições. Talvez porque ela tenha Fidel Castro e Hugo Chávez como maiores referenciais. Eles sempre se utilizaram das mesmas estratégias para permanecer no poder por décadas, e tanto Lula quanto Dilma perseguem o mesmo resultado usando as mesmas …

Rodoviária Novo Rio - Assaltos, insegurança, medo, abandono e caos nas vias de acesso

   A Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro é muito bem policiada, graças a Deus. Mas as vias que levam até ela sofreram mudanças radicais com as últimas obras na região. Um completo abandono absurdo fora do prédio. Veja os pontos mais perigosos:


Atualização: 14/05/2015 - 19:30 GMT-3
   Pra começar a segurança é zero, fora do âmbito da Rodoviária e quem vai viajar de ônibus precisa assumir os riscos. Assaltantes emboscados esperam 24 horas por suas presas que passam com suas bolsas e malas e são abordadas sucessivamente sem que sejam incomodados. A engenharia de trânsito é péssima e a maioria dos pontos de ônibus foram colocados a quase 1 quilômetro de distância da rodoviária e quem depende destas conduções para retornar pra casa, é obrigado a percorrer esta distância arrastando malas, caixas e bolsas, enquanto que os ladrões vão correndo atrás de suas vítimas como leões atacando uma manada de zebras.

   A alternativa forçada pela situação só privilegia os taxistas que fazem …