segunda-feira, junho 30, 2014

Brasil troca dribles pelos números para vencer a Copa?

Copa: Brasil conta com o azar e com a sorte, troca técnica por números pra vencer
A Seleção Brasileira de Futebol tem desagradado muito neste campeonato, que conta com tudo a seu favor para vencer. Mesmo assim, a falta de uma motivação estratégica tem levado a equipe a ficar sem posicionamento.  A tradicional formação 4:4:2 abandonada e a formação assumida não consegue ser posta em prática.

Foto por: Danilo Borges/Portal da Copa - Governo do Brasil: Portal da Copa - Creative Commons
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 30 de Janeiro de 2014 - 09:30 GMT-3

Uma sequência de jogos de péssima qualidade técnica. O Brasil ainda não conseguiu apresentar sua defesa, nem seu meio de campo. À frente da equipe o Neymar parece ser o único escalado para fazer gols enquanto Hulk e Fred tentam desenvolver algum futebol que se destaque na Copa.
Tanta falta de jogabilidade, tantos passes errados, chutes para fora do jogo faz lembrar a decisão Brasil x França em 98. Porque durante a partida os torcedores brasileiros não entenderam porque o time jogou tão bem durante todo o campeonato e na final parecia ter desistido, ou ter sido proibido de jogar bem.
Sem marcação, os adversários sempre encontram espaço na área do gol brasileiro. Um problema que persiste em todos os jogos onde a perdida Seleção Brasileira se apresenta. Erros infantis que parecem sem explicação plausível. A não ser que o futebol brasileiro tinha sido deixado em segundo plano e a equipe técnica esteja focada nos números para garantir a vitória, ou seja: somando pontos na tabela. Cálculos e mais cálculos que fazem o futebol-arte, raça e coração ficar em segundo plano.
No primeiro plano mesmo Está o Neymar sozinho, para surgir como esperança brasileira dos amantes do nosso futebol-raça. Neymar também é isolado o alvo preferido dos adversários, justamente por ser o único atacante da equipe e pela estrondosa exposição de mídia. Esta estratégia desgasta demais o jovem atleta, que poderia ter dividido a responsabilidade com outro ou outros dois atacantes.
Enquanto o Brasil se apresenta mal nos jogos a torcida brasileira agora não acredita muito na vitória deste campeonato, por outro meio a não ser a sorte. Por falar em sorte, os números mostram que no último jogo, o Brasil teve a sorte de gol-contra adversário para garantir vantagem, sem o qual dificilmente teria vencido. Sem convencer, o time vai perdendo a vontade do brasileiro de sofrer torcendo. Agora a torcida é mesmo para que a seleção faça ressurgir o futebol-raça tão peculiar, ou que se o Brasil chegar na grande final, um jogador adversário nos presenteie com um belo gol-contra de vantagem.

Fifa Fan Fest - Torcedores chilenos se preparam para deixar orla após a derrota para a
Seleção Canarinho - Foto Saulo Valley
Fifa Fan Fest

Estivemos na "Fifa Fan Fest" neste sábado e além de torcedores aborrecidos com péssima resposta da seleção, tinham que administrar a gritante atuação dos bandidos. Eles sim; correram, suaram, driblaram e apareceram muito mais que nossos atletas. Na primeira meia-hora que chegamos na praia, pelo menos 7 casos de roubo. 5,6 policiais vigiando 2 ladrões apreendidos, enquanto que perto deles turistas se arriscavam em perseguições aos seus saqueadores, no meio da multidão. O acúmulo de policiais nos arredores do Fifa Fan Fest não impede a atuação dos ladrões, muito menos 300 metros distante dali.  Fora esta realidade, os torcedores chilenos ouviram muitas mensagens de despedida, afinal mesmo jogando mal o Brasil venceu, apesar de não convencer.   Muitos sabem que Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Kaká teriam ajudado muito ao país sede da Copa 2014 a apresentar um futebol mais qualitativo.

sexta-feira, junho 27, 2014

Ucrânia: Tanques russos atacam postos militares ucranianos na última noite

Vladimir Putin esbanjando sobriedade e pacifismo na mídia, na prática autoriza ações militares de ataques contra postos ucranianos enquanto clama por "cessar fogo" aos quatro ventos.

Resistência da Informação - Ucrânia (permissão CC)
Citando o grupo "Resistência da Informação" como fonte que disse que 4 soldados foram mortos e outros 5 ficaram feridos quando uma ofensiva russa apoiada por separatistas e milícia russa durante a última noite. Pelo menos 8 tanques russos foram confirmados como envolvidos na operação que também inutilizou 4 APCs e 1 almofariz, segundo a fonte.

Enquanto as forças da ATO ganhavam o controle do monte Karachum, uma unidade militar ucraniana em Artemivsk sofreu ataque invasor. De acordo com a fonte ainda, havia 1 taque russo envolvido na operação e as perdas ainda não foram contabilizadas mas acredita-se que haja feridos ou mortos.

A "Resistência da Informação" não foi capaz de avaliar o número de baixas no lado pró-russia.

A Rússia busca a retomada de todos os países de língua russa que antes pertenciam à União Soviética, segundo Vladimir Putin mesmo anunciou. VAle também lembrar que o ataque desta noite acontece bem no fim do cessar-fogo de 1 semana determinado pelo atual presidente ucraniano Petro Poroshenko.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 27 de Junho de 2013

sexta-feira, junho 13, 2014

Brasil abre a copa com "Gol de Cagada"

A Copa do Mundo 2014 já começou, e como não deveria deixar de ser fez quatro gols em uma disputa em que a Croácia tentou criar manobras estratégicas para dominar o jogo, mas após 15 minutos de partida já não tinha mais o que mostrar... CONTINUE LENDO:

By Agência Brasil [CC-BY-3.0-br (http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/deed.en)], via Wikimedia Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 13 de Junho de 2016 - 09:32 GMT-3

Pancadaria foi a técnica mais frequente no futebol croata, espalhando quedas e gritos. Parecia um jogo "Brasil x Argentina". Mesmo assim a nervosa disputa levou a Seleção Brasileira a vencer a disputa.

O primeiro gol do Brasil aconteceu num susto, aliás o primeiro gol-contra da história da Seleção Canarinho. E justamente este acidente de percurso e posicionamento, inaugurou a rede no jogo que também abria o campeonato de futebol mais esperado desde a última Copa do Mundo. Marcelo acabou sendo batizado com a bola que aos 10 minutos do primeiro tempo tocou seu pé e... GOL! Gol da Croácia!!!???

Muita cagada!! Porque se não fosse a ajuda do destino, vestido de camisa vermelha e branca naquele primeiro momento, seria um lindo 3x0 para a Seleção de Neymar!
Mas o destino descobriu que estava jogando no lado do time errado e trocou de uniforme, passando a compor a vanguarda do futebol brasileiro, deixando os croatas desarticulados com tanto domínio estratégico e a enorme capacidade dos jogadores para administrar o imprevisto. Parte do princípio que nem mesmo Marcelo deixou a bola baixar depois de ter sido a vítima do gol-contra! Determinado a virar o jogo e vingar a trapaça da sorte, o jogador partiu pra cima e combinou sua determinação e experiência às mesmas qualidades desenvolvidas por seus companheiros de equipe.

Brasil x Croácia - Copa do Mundo 20114 Foto cortesia: Ninja Midia
Desta vez, foram três gols contra a Croácia que mostrou um futebol fraco de técnica e forte em velocidade e pancadaria. Sorte do Brasil que soube administrar os imprevistos, as faltas, os penalts e a emoção sufocante de ter visto e ouvido a torcida verde e amarelo cantando o hino nacional inteiro, mesmo depois que o playback parou.

Tudo perfeito. Brasil 3 e Croácia (de cagada) 1.

Glossário:

Cagada - Na gíria brasileira quer dizer (acidente, sorte ou ironia do destino)


quarta-feira, junho 11, 2014

Game: Battlefield se reinventa com Hardline - Guerrilha Urbana

A guerra está declarada em todas as esferas da sociedade e se depender do mundo dos games não há e não haverá um dia de paz sequer! Cansados de explorar os diversos cenários de batalha que vêm se modificando desde a I Guerra Mundial, a nova versão da franquia Battlefield promete levar os guerreiros virtuais para os mais modernos centros urbanos, tornando as agitadas cidades em ambientações perfeitas para a guerra moderna.

Imagem Cortesia: PlayStation Europe Creative Commons
Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 11 de Junho de 2014 - 11:43 GMT-3 

Desta vez, as forças militares inimigas recuam e no lugar deles surge o crime organizado, ainda mais audacioso e intrépido. Forças capazes de desafiar as polícias e todas as suas armas, veículos e aeronaves. Um verdadeiro terror.

O que há de mais ameno na crise que o país atravessa durante o conflito é que não há civis em meio ao infernal combate. Nesta edição de Battlefield o jogador poderá escolher entre atuar no lado policial ou nas fileiras do crime organizado. Ainda haverá o modo Multiplayer e muitos "cheats code", o que deverá tornar ainda mais complicado para um jogador se manter no topo dos ranks nas salas online.


Criminalidade em alta na mídia do mundo inteiro (e parece estar sendo bom, já que ninguém proíbe) e como criminoso você deverá realizar um grande assalto; e como policial você deverá impedi-los. Os produtores da nova versão do consagrado Battlefield buscaram na TV inspiração com base nos seriados policiais, e rechearam este título de ação e desafios. Tudo na velocidade cada vez mais alucinante dos games online no modo shooter.

Mudando de assunto

Cortesia: Wikipédia Creative Commons
Já que jogo violento não é proibido e o sucesso entre os jovens é cada vez maior; as cópias (mesmo de plástico) das armas de fogo estão de volta e agora é possível adquiri-las até em lojas de shoppings cariocas. Com a afirmação de que "agora é permitido" as cópias fiéis dos fuzis americanos, AKs 47, pistolas etc estão atraindo público cada vez maior. Ah Estas armas são adaptáveis para consoles de video-games e há também os modelos para airsoft. Tudo liberado. Até no ano passado estas armas eram monitoradas pelo Ministério da Defesa...


Já que o mundo se convenceu de que games violentos não fazem mal para crianças, a onda de quebra-quebra que o Brasil vivenciou nos meses passados provocaram terror. Mesmo sabendo que a média de idade destes vândalos varia de 14 a 20 anos. A mesma faixa etária que pratica diariamente o game GTA. Campeão em vendas e em influenciar a mente humana para a violência urbana, a criminalidade, agressão física a pedestres, roubo de carros e ataque a policiais por pura diversão. Ainda há muitos jovens que estão alimentando o sonho de tornar real tufo o que praticam nos games...  E já há muitos que praticam. Na cola do "GTA" e do "Couter Strike" (outro recordista de usuários no mundo) o "Battlefield Hardline" aposta no caos urbano como grande atrativo para manter suas vendas no topo da pirâmide das vendas globais de softwares destinados ao entretenimento.

O lançamento mundial de "Battlefield Hardline" está previsto para Outubro de 2014.

segunda-feira, junho 09, 2014

Corrupção leva Brasil ao topo da distribuição de renda

Cortesia: stankuns
Distribuição de renda no mundo é uma grande preocupação e o Brasil parece querer acertar nesta questão. Se já não consegue vencer o crime organizado, a violência doméstica tem crescido novamente seguida pela violência urbana envolvendo armas de fogo. Parece que o Brasil já começa a dar a última volta que completará o círculo vicioso ao qual está acostumado.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09 de Junho de 2013 - 16:16 GMT-3

A corrupção política já se mostra um monstro invencível. Graças ao poderoso esquema que envolve as estruturas já idosas dos 3 poderes. Mafiosos poderosos negociam de tudo e utilizam os cofres públicos como um verdadeiro banco (ou quem sabe um tanque). Enquanto o país produz grande quantidade de valores provenientes de todas as nossas riquezas, um número assustador de políticos e empresários aliados a eles, tem mobilizado uma grande soma de capital público para fortalecer seus laços.

Com isto o país do futebol tem se mostrado um mestre em distribuição de renda dos cofres públicos em esquemas fraudulentos entre políticos e empresários (muitos destes são parentes).
O filho do político eleito é sempre o dono da empresa que ganha a licitação para as principais obras. Isto não é corrupção ou é uma mera coincidência?

O site "cpi.transparency.org" lista os países mais corruptos do mundo. Interessante notar que em 2012 o Brasil estava na 72a posição do ranking de corrupção e em 2013 subiu para 42a posição no mesmo site. A organização "Transparência Internacional" ainda não concluiu as estatísticas do ano vigente mas pode-se acreditar que vamos verificar uma mudança acentuada no ranking mais uma vez.

À começar pela Copa do Mundo, todo o dinheiro desviado, roubado por meio de inúmeros superfaturamentos tem elevado a vergonha nacional ao limite... ou sendo mais modesto nem tem afetado a vergonha nacional, já que uma grande parte da população já entende que é roubando que se cresce. Se cada brasileiro já pratica a velha cultura da "Lei de Gerson"com base na impunidade descarada no país, então somos todos corruptos. Cada um rouba ou burla as regras dentro do espaço que conquistou.

Colocando na ponta do lápis, a distribuição de renda vem mesmo sendo praticada. Vemos policiais militares dirigindo carros que custam mais de R$ 100,000,00 enquanto seus salários mensais nem chegam a 3.000,00. Vemos a criminalidade evoluindo na compra de armas de guerra das mãos de políticos e militares de alto escalão. Mesmo quem não usa armas de fogo ainda pode estar cometendo pequenos furtos em lojas e mercados, no trabalho e até subornando funcionários públicos que por suas vezes muitos estão ali esperando por este benefício da distribuição de renda que não para de crescer no país que nem quer mais saber de praia nem futebol. Brasileiro se apaixona cada vez mais por dinheiro. Cifras com muitos zeros.

Já há quem diga que na era da Ditadura Militar a corrupção nem chegava perto disto. Em parte é verdade. Mas a verdade ainda nem foi descoberta, já que os arquivos da era da ditadura não têm sido compartilhados com clareza.

Siga-me no twitter: @saulovalley

sexta-feira, junho 06, 2014

Copa 2014: Boato de arrastão preocupa comércio de Jacarepaguá

Uma onda de boatos corre atualmente na Zona Oeste do Rio avisando que bandidos farão arrastões em todos os dias de jogos da Copa do Mundo no Brasil.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 06-06-2014 09:10 GMT-3

Dilma inaugura Arena das Dunas CC-BY-3.0-br por: Danilo Borges / Portal da Copa - Portal da Copa
Vários empresários que administram empresas comerciais instaladas na região de Jacarepaguá se mostraram preocupados com a aproximação do dia 12 de Junho, quando acontecerá o primeiro jogo da Seleção Brasileira de Futebol no campeonato mais esperado da década: A Copa do Mundo.

O comércio que já não anda lá essas coisas, tenta se manter equilibrado mediante a tantas pressões. A maioria do comércio fez melhorias em  infraestrutura, decorou ou investiu em propaganda, visando atrair o público apaixonado por futebol. Mas este sonho de conseguir aliviar o sufoco financeiro com o possível lucro durante os jogos da Seleção Canarinho, já começa a parecer um pesadelo.

As opiniões se dividem:

1 - Por causa do boato, há aqueles que já pensam em não abrir as portas durante os jogos
2 - Por causa das dívidas e contas à pagar, há aqueles que admitem abrir durante os jogos como tentativa desesperada de conseguir algum movimento.
3 - Por ser boato, há aqueles empresários que pretendem abrir, contando com a sorte ou com as possíveis patrulhas policiais.


Enquanto isto outras organizações não-criminosas ameaçam atrair a atenção das polícias por meio de protestos em todo o país, inclusive com manifestações anti-Copa.

As greves dos transportes, entre outros serviços essenciais não deixam de assombrar este tão esperado evento internacional. Com tanta demanda de proteção policial, o Brasil ainda tem que se preocupar em proteger as UPPs e os mais de 90 mil turistas esperados durante a Copa do Mundo.

Com feriado declarado, a melhor opção para o torcedor parece mesmo a de não sair de casa, enquanto isto o boato dos arrastões vem com a afirmação de que mesmo que os jogos não aconteçam no Rio, haverá roubo em massa.

Por ser boato, não há como confirmar a informação, mas a insegurança já está instaurada.

E então senhor Secretário de Segurança, qual é o plano?

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: