Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 23, 2014

Translate this Page

Rússia concentra 33.000 soldados no Leste e Sudoeste da Ucrânia - 29-03-2014

Os preparativos para a invasão da Ucrânia estão quase concluídos e as pressões estão crescendo na região ucraniana de língua russa. Milhares de soldados e várias centenas de veículos blindados, tanques e caminhões estão distribuídos entre 3 regiões que facilitam o cerco ao país, usando a Criméia como base de apoio: Veja os gráficos.

Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" - Rio de Janeiro, 29 de Março de 2014 - 08:36 GMT-3

À partir da Criméia o regime russo está mobilizando suas forças, seguindo um padrão de concentração de tropas e material bélico pesado, como tanques e mísseis de médio alcance. À partir da "Resistência da Informação" um relatório sobre as posições russas foi organizado no mapa. A informações são seguras e reais.


   O relatório destaca que às margens da fronteira ucraniana que margeia a cidade de Dotnetsk, 10 mil soldados, 720 blindados, 140 sistemas de artilharia, 45 sistemas de múltiplos lançamentos de mísseis e 230 helicópteros de combate estão…

Corrupção na política ucraniana quase vendeu o país para a Rússia, junto com a Criméia.

A Ucrânia está juntando os caquinhos do que restou de sua Marinha. Mais caquética ainda se encontra a política nacional. Enquanto as forças russas aumentam a pressão na fronteira de Dotnetsk, o país se divide em quatro tarefas simultaneamente urgentes: Restruturar a economia, Restaurar as Forças Armadas e as defesas do país, Evitar mais ações separatistas russas e restruturar a política nacional mediante a tamanha corrupção que deixou o governo nas mãos de seu pior "inimigo".

COPA DO MUNDO
Uma campanha de protestos batizada de "Red Card" (Cartão Vermelho) começou neste dia 27 de Março na Ucrania, pedido à FIFA que congele a participação da delegação russa até que remova suas tropas das fronteiras do país.
   A corrupção ´predominante na Ucrânia tem sido a causa de praticamente todas as atuais crises que o país atravessa. Corrupção política que tem levado a administração nacional à beira da falência, se não fosse o socorro dos Estados Unidos e da União Européia. Mesmo…

Rússia inicia exercícios na fronteira da Ucrânia com Geórgia em Abkhazia

Serviços de inteligência da Ucrânia, ativistas e a Resistência da Informação informaram sobre os exercícios militares russos "em larga escala" próximo à fronteira ucraniana com a cidade de Abkhazia na Geórgia. Veja o vídeo e saiba mais:


Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" - Rio de Janeiro, 26-03-2014 as 23:33 GMT-3

Enquanto os exercícios aconteciam, a Rússia movimentava uma grande quantidade de equipamentos pesados por via férrea.


Citando a "Resistência da Informação" que disse que há 3 dias uma grande quantidade de tropas e equipamentos russos estavam sendo distribuídos nas fronteiras ucranianas na altura de Oblast de Briansk e em Rostov, mas estes começaram a ser movidos. Forças ucranianas estão atentas para a possibilidade de tentativa russa de invadir a Ucrânia pela região de Dotnetsk.

Video: Um grupo armado surge na Criméia anunciando ataques independentes aparentemente contra as forças russas. Seria o terrorismo sendo inaugurado há 10 dias do re…

COMUNISMO: O Brasil é um país comunista ou só a presidenta Dilma?

A política do governo Dilma é acima de tudo comunista. Isto não é novidade, dado seu histórico de vida, em continuação ao governo Lula. Mas a forma como o atual governo lidera as relações exteriores do nosso país, estamos nos colocando no grupo dos estados que se destacam por serem comunistas e ditaduras cada vez mais unidas no BRICS. O BRICS é o bloco de países comunistas liderados por Rússia, China, Índia, Brasil, África do Sul entre outros também comunistas e inimigos políticos declarados da América do Norte.


Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" - Rio de Janeiro, 26 de Março de 2014 as 09:58 - GMT-3
Atualização: 10:36
Ao contrário do que se poderia esperar, o Brasil tem sido guiado pelo novo governo, para o caminho do comunismo. A cor vermelha da bandeira petista se misturando ao tradicional blazer que veste a presidenta Dilma às bandeiras da Rússia, China e por aí vai...   Este é um caminho estranho, já que o país mal conseguiu desfrutar da libertação de cerca de mei…

Tropas russas intensificam cerco militar à fronteira ucraniana que tenta juntar os cacos do exército dizimado

Militares ucranianos denunciam que a Rússia tem aumentado sistematicamente a densidade militar ao longo da fronteira ucraniana, um dia depois de 7 soldados russos terem sido presos após invasão ilegal no país.



Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" - Rio de Janeiro, 25-03-2014 GMT-3
   O governo da Ucrânia tem se mobilizado para proteger suas fronteiras e se preparar para o próximo passo de Putin. Kyev já tem certeza de que Putin quer invadir a Ucrânia mas não sabe ao certo o método que ele empregará para tal. Há um racha nas opiniões. Há um grupo que acredita que Putin vai invadir a Ucrânia com intenção de dividir o país, iniciando o ataque a partir do leste, principalmente a região de Donetsk. Mas há quem espere pelo pior. Para esta outra metade da opinião pública ucraniana, Putin pretende tomar Kyev.

   De qualquer forma invasão é invasão e nossos contatos na Criméia e Ucrânia, citando aqui também o grupo "Resistência da Informação" continuam apreensivos quant…

Estratégia do falso referendo da Criméia levou 300 para as ruas da Ucrânia e Veneza 89% votaram "sim"

Uma nova tendência ou a nova arma de invasão russa? O referendo forjado da Criméia teve 123% dos votos à favor e foi considerado ilegal por toda comunidade internacional. Em seguida a famosa cidade italiana de Veneza tem 89% dos votos pela independência da região e neste Sábado, mais de 300 manifestantes separatistas saíram às ruas da Ucrânia clamando por um referendo pela anexação do país à Federação Russa.

Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" - Rio de Janeiro, 23 de Março de 2014 - 09:26 GMT-3 Atualização: 11:57
Mas a coluna de manifestantes pró-rússia acabou se deparando com outra massa de manifestantes. Mais de 3000 ucranianos que haviam saído em solidariedade ao seu país. Citando a "Resistência da Informação" que disse que as forças policiais de mais de 500 homens precisaram organizar um cordão humano de isolamento para impedir o confronto das duas massas.  Desta vez não foi relatado grandes incidentes, que a polícia não pudesse resolver de forma preventiv…