quarta-feira, novembro 26, 2014

Terror: ISIS e RLA em recrutamento intensivo de crianças-soldados

Depois da propagação da terrível campanha de Joseph Kony no continente africano nos últimos 30 anos com seus sequestros e exploração de mão de obra infantil. Seguindo seu exemplo a milícia ISIS que utiliza-se de partes do Corão para justificar suas ações terroristas, divulgou nesta terça um vídeo demonstrando seus métodos de treinamento e formação de um exército de menores - Saiba Mais:

See page for author [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) or CC-BY-SA-4.0-3.0-2.5-2.0-1.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0-3.0-2.5-2.0-1.0)], via Wikimedia Commons
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 26 de Novembro de 2014 - 20:35 GMT-3

   Após inúmeros escândalos provocados pelas ações predadoras do grupo terrorista ISIS/ISIL, temos visto que nos últimos 6 meses mais imagens de uso de crianças em treinamentos de guerra vão permeando as redes sociais, como uma espécie de vazamento planejado. Este tipo de divulgação acaba atraindo jovens árabes voluntários, bem o inverso do que acontece às crianças africanas que são sequestradas e militarizadas pelo RLA. Este último é liderado pelo famigerado Joseph Kony que em 2012 foi alvo de uma campanha bem sucedida de captação de recursos realizada por uma agência americana de publicidade. A agência criou a ONG "Invisible Childrens". Esta campanha ficou famosa por impulsionar tropas americanas direto para o continente africano em uma caçada que vem ganhando a mídia quase dois anos depois.


A campanha também ficou conhecida quando o vídeo de promoção oficial da "Invisible Childrens" se tornou o maior viral da história do Youtube na época obtendo mais de 24 milhões de acessos em apenas 1 dia.

   ISIS e as crianças no front

  A Síria tem sido uma ebulição de crimes de guerra, infrações às leis internacionais e Direitos Humanos e as crianças (que já sofreram a perda de seus parentes mais íntimos, acabaram sendo alvo de todos os lados do conflito) sendo atraídas em nome da sobrevivência ou em nome de Alah..


   Não importa o meio ou a razão, a verdade é que elas estão armadas e perigosas. Muitas delas lutam ao lado de suas próprias mães ou pais. À medida que a crise síria vai se aprofundando mais inocentes são arrastados para o fundo da lama política voraz que assola aquela região castigada por conflitos de cunho bastante duvidoso.


   Há vídeos na internet apresentando o uso de menores kazaquistanezes, sírios, iraquianos e nenhum dos lados faz questão de esconder seus noviços. A especialista Leila Zerrougui, Representante Especial do Secretário-Geral para Crianças e Conflitos Armados das Nações Unidas declarou em seu comunicado de imprensa em Nova York no último dia 20:

"As crianças continuam a ser mortas, mutiladas, recrutadas e utilizadas pelas forças armadas e grupos armados, privados de educação e saúde"... "Apesar de todos os nossos esforços, nós não mudamos o fato de que as crianças ainda são os mais vulneráveis ​​em tempos de conflito."

Tags: Joseph Kony, RLA, Congo, CRC, milícias, terror, Crianças em Conflitos Armados, exercício militares, ISIS/ISIL, Saulo Valley  Notícias, O Observador do Mundo,  Síria, África, EUA, Invisible Children,  

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: