sexta-feira, junho 27, 2014

Ucrânia: Tanques russos atacam postos militares ucranianos na última noite

Vladimir Putin esbanjando sobriedade e pacifismo na mídia, na prática autoriza ações militares de ataques contra postos ucranianos enquanto clama por "cessar fogo" aos quatro ventos.

Resistência da Informação - Ucrânia (permissão CC)
Citando o grupo "Resistência da Informação" como fonte que disse que 4 soldados foram mortos e outros 5 ficaram feridos quando uma ofensiva russa apoiada por separatistas e milícia russa durante a última noite. Pelo menos 8 tanques russos foram confirmados como envolvidos na operação que também inutilizou 4 APCs e 1 almofariz, segundo a fonte.

Enquanto as forças da ATO ganhavam o controle do monte Karachum, uma unidade militar ucraniana em Artemivsk sofreu ataque invasor. De acordo com a fonte ainda, havia 1 taque russo envolvido na operação e as perdas ainda não foram contabilizadas mas acredita-se que haja feridos ou mortos.

A "Resistência da Informação" não foi capaz de avaliar o número de baixas no lado pró-russia.

A Rússia busca a retomada de todos os países de língua russa que antes pertenciam à União Soviética, segundo Vladimir Putin mesmo anunciou. VAle também lembrar que o ataque desta noite acontece bem no fim do cessar-fogo de 1 semana determinado pelo atual presidente ucraniano Petro Poroshenko.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 27 de Junho de 2013

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: