quinta-feira, março 13, 2014

Dotnetks: 3 mortos e 50 feridos em confrontos entre pró-rússia e pró-ucrânia nesta quinta.

Manifestação violenta em mais um clash entre manifestantes pró e anti-rússia deixa 3 mortos e pelo menos 50 feridos nesta quinta-feira em Dotnetsk no Norte da Ucrânia. CONTINUE LENDO:

Por Saulo Valley "O Observador do Mundo" e "Resistência da Informação" 
Rio de Janeiro, 13-03-2014 as 22:03 GMT-3

À três dia do referendo forçado que decidirá se a Península da Criméia continuará sendo território ucraniano ou uma federação russa, as tensões crescem com acalorados pró-rússia buscando silenciar os pró-ucranianos. Os russos em maioria absoluta (até porque o governo russo tem se encarregado de despejar tártaros-russos, bielo-russos, ukranianos-russo entre outras etnias para favorecer sua política de intervenção da Ucrânia).

No vídeo um pequeno grupo de manifestantes pró-ucrânia recém chegado ao local é espremido por uma multidão de pró-russia exaltados contra um ônibus já lotado. A violenta reação dos russos foi minimizada com a intervenção policial que formou um cordão de isolamento para impedir que os manifestantes fossem todos mortos. Mesmo assim, os encurralados eram atacados com bombas de gás lacrimogêneo e outros objetos descartáveis. A maioria russa era separatista.


Sobre o referendo russo na Criméia, oficiais ucranianos na Criméia obtiveram a informação de que separatistas estarão no dia 16 de Março descredenciando o acesso de jornalistas na cobertura do evento, tão cheio de militares armados que parecerá um "baile num clube de oficiais."

No fim dos protestos, o resgate de uma das vítimas foi registrado:



O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia enviou um comunicado de imprensa condenando a violência e solicitando o "desamamento dos manifestantes"...

continua

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: