sábado, março 08, 2014

Silêncio: Russia invade espaço aéreo ucraniano com aviões e helicópteros e toma bases militares ucranianas

A força de ocupação russa na Criméia agora corresponde a 50% do total de soldados da Ucrânia. Com a ocupação de toda a Criméia em andamento e a disseminação sem precedentes de militares russos por todas as regiões vizinhas, a Ucrânia precisa decidir se luta ou fica alheia à invasão iminente. Vale a pena ressaltar que antes de iniciar a operação de invasão da Criméia, Putin havia se consultado do o governo chinês, que supostamente seria sua força de apoio caso outros países decidam socorrer a Ucrânia como os Estados Unidos e a União Européia estão avisando.


Por Saulo Valley  - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 08-Mar-2014 as 21:09 GMT-3
Atualização: 21:36

Invasão aérea russa - Cortesia Wikipedia Creative commons
Há uma informação segura de que uma pequena tropa da OSCE tentou entrar da Criméia mas foi repelida por forças russas nesta sexta. Com a invasão russa na Criméia, governo ucraniano ordenou que suas tropas ficassem nos quartéis, mas forças russas nesta sexta e sábado invadiram todas as unidades militares e expulsaram seus ocupantes. Há agora o temor de que a Rússia inicie uma limpeza étnica nas regiões já ocupadas. Com isto milhares de famílias se encontram completamente indefesas mediante esta dramática e surpreendente invasão armada. Há informações seguras de que as tropas ucranianas na Criméia teriam recebido uma mensagem de Kyev para ficar em alerta para serem acionados à qualquer momento mas a Rússia continua agindo de modo rápido e silencioso para literalmente sufocar as forças ucranianas neste momento. Nossas fontes agora na Criméia perto da fronteira ucraniana informaram.

Contatos na região da Criméia disseram que paraquedistas russos foram vistos chegando na Baía de kazachya em Sebastopol neste sábado, e que surpreendentemente pouco tempo depois estavam vestidos com uniformes do exército ucraniano, embarcaram em veículos militares ucranianos e seguiram em direção a região de Teodósia.

Uma fonte militar disse que Putin realizou uma inspeção na tropa que enviou para a Criméia. Nestes vídeos vários helicópteros militares russos invadem o espaço aéreo ucraniano nesta sexta e sábado:



Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: