domingo, fevereiro 02, 2014

Indonésia: Milhares de desabrigados esperam calor do vulcão Sinabung baixar - Atualizações

O vulcão Gunung Sinabung surpreendeu a população de Sumatra e arredores em súbita erupção ejetando lava a até 3 Km de distância. Fumaça tóxica e quente foi responsável pela morte de pelo menos 15 pessoas já no sábado.  As buscas continuam com dificuldade, por causa da temperatura elevada dos detritos lançados pelo vulcão, que é adorado como ser divino.  Pelo twitter, um local disse que as autoridades mediram a temperatura no vulcão agora e chega a 700º C.  O solo da região está coberto por uma camada de poeira vulcânica de quase 30 cm. Difícil para as plantações, difícil para o resgate. 


Arenallong picture cortesy by Matthew G. Landry, 2006
Nativos da região fazem orações para aplacar a fúria do monte que é também apontado como provedor de todos os recursos e riquezas dos moradores da região (a maioria agricultores).


COLLECTIE_TROPENMUSEUM_Thee-kweekbedden_zonder_afdak_Java_TMnr_10011931
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 02 de Fevereiro de 2014 - 22:08 GMT-3
Atualização: 03-02-2014 as 06:58

Mais de 25 mil pessoas vivem nos arredores do Sinabung.
De acordo com a AFP a maioria das vítimas era de turistas que havia ultrapassado o limite de segurança para tirar fotos do espetáculo proporcionado pela atividade. O vídeo à seguir foi gravado na última atividade do Sinabung que deslocou milhares de pessoas para mais de 5 Km de distância do cume do monte:


400 anos adormecido e Sinabung reinicia suas atividades deixando muita gente assustada. Nativos rezam constantemente ao Sinabung sentindo-se culpados por algum mal que possam ter feito contra ele. A jovem Risnaperangin que é moradora da região fez a seguinte oração em uma comunidade no Facebook pouco antes das lavas vulcânicas começarem a ser cuspidas pelo monte:
"Monte Sinabung oh gunung Sinabung e mais querido! Eu te amo porque você é criação de Deus, mas por quanto tempo esta dor tem que se manter? Sobre a erupção do Merapi tem forçado minha família a abanda-lo ..  Muitos estão orando para você manter a calma..."

Atualização: 23:23

O número de vítimas pode ter chegado a 17 e pelo menos 7 eram ativistas, citando um usuário local do twitter como fonte. Outra fonte disse no último minuto que há vítimas ainda não retiradas do local por causa do calor da poeira piroclástica.

Atualização: 03-02-2014 as 06:58


Pelo menos 30 mil pessoas foram forçadas a deixar suas casas. Num total, 5 vilarejos foram esvaziados para que o número de mortes não continue aumentando. Muitas das vítimas morreram tentando fugir do calor do vapor e da poeira.

O presidente indonesiano Susilo Bambang Yudhoyono enviou neste domingo a seguinte mensagem via twitter:

"Para o povo, a obedecer aos oficiais, evitar zonas de perigo. A erupção pode acontecer a qualquer momento. Sempre se antecipar ao pior possível e manter em alerta. *SBY*"

Grupos de resgate percorrem a zona proibida em busca de mais corpos, enquanto que a Cruz Vermelha local presta assistência aos sobreviventes. Também há uma equipe do governo que leva caminhões de água potável para as famílias e outra equipe de voluntários que distribui legumes e verduras frescas.

Especialistas estão discutindo o fato da erupção de sábado não ter sido alertada por nenhum órgão competente. O ponto chave do debate é que Gunung Sinabung tem se mostrado o vulcão mais imprevisível do mundo, e difícil de se antecipar.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: