Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 30, 2013

Translate this Page

Nigéria: Boko Haram inicia campanha de ataques a escolas deixa 21 vítimas neste Sábado.

Confirmadamente 20 alunos do ensino fundamental e 1 professor foram mortos quando terroristas atacaram uma escola em Mamudo, região próxima a Potiskum em Yobe.


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 06 de Julho de 2013 - 18:18 GMT-3
Atualização: 19:06
   Segundo diversas fontes os terroristas teriam pego as crianças dormindo e teriam ateado fogo no prédio em seguida iniciaram um processo de execução com tiros na cabeça das vítimas em chamas ou as que tentavam escapar com vida. Citando o "Naij" como fonte que disse que outras 4 crianças estão internadas em estado grave, mas ainda estão lutando para sobreviver.  No dia 16 de Junho outro ataque a uma escola em Borno teria deixado 9 estudantes mortos e outros 7 estudantes e 2 professores assassinados em Damaturu.

   Associated Press está acompanhando os familiares que chegam ao Hospital Central em Postikum para reconhecer as crianças que eram quase todos adolescentes. "AP" também disse que o professor…

Egito: pelo menos 30 mortos e mais de 400 feridos em confrontos entre manifestantes.

Pelo menos 30 pessoas foram mortas e outras mais de 400 se feriram durante os confrontos desta sexta entre manifestantes que apoiam Al Morsi e os que são contra. Uma crise que vem, se agravando enquanto as forças armadas assumem o controle político do país.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 05 de Julho de 2013 - 22:28 GMT-3
Atualizações 06-07-2013 as 05:58 GMT-3
   O Egito tem enfrentando uma difícil crise política em circunstâncias muito comuns a países árabes e africanos: A diversidade de grupos étnicos que preservam suas culturas e lutam por uma vaga no governo. Assim como a Líbia, a população do Egito não é tão homogênea como parece e os interesses diferem de tribo para tribo. Por esta razão atender aos pedidos de todos os grupos é uma tarefa nada fácil.
   A crise é ainda maior já que desde a queda do líder Rosni Mubbarack, o país se viu dividido entre a instauração de um estado islâmico ou um estado laico. Na verdade não impor qual dessas decisões sejam to…

Presos 2 suspeitos da morte de Cida, a Índia do Pop Bazar.

A Divisão de Homicídios Santa Cruz informou a prisão de dois suspeitos do assassinato da empresária Maria Aparecida em Sepetiba. De acordo com a fonte além dos suspeitos já encarcerados há ainda outro suspeito que está foragido.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 04 de Julho de 2013 - 12:22 GMT-3

   Segundo as informações, os 3 suspeitos são ou foram funcionários do "Índia Pop Bazar".

Continua.

Sepetiba está abalada com a morte de Maria Aparecida "Índia Pop Bazar"

Invejada, explorada, roubada muitas vezes por pessoas de sua inteira confiança, também era assaltada e assediada por pessoas que planejavam tirar proveito de seu sucesso profissional. "Cida", como gostava de ser chamada teve uma morte trágica e o bairro está em desespero com a onda de assaltos que vem infernizando a pacífica região.

Por Saulo Valley, O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 02 de Julho de 2013 - 10:10 GMT-3
Atualização: 19:35
   Até o fim de 2012 Maria Aparecida morava num cômodo dentro da loja "Índia Pop Bazar". Tudo porque se sentia insegura na questão das inúmeras tentativas de roubos, assaltos e golpes que tinha que conviver todo santo dia.

   Prosperidade perseguida

   Maria Aparecida era uma mulher de origem muito pobre e não tinha sequer a 4ª série do ensino fundamental. Mas sua dedicação ao trabalho, fez com que abrisse uma pequena loja de artigos de R$ 1,99.  No início poucas pessoas acreditaram, mas ela era divertida. Chamava atenção com seu…

Turquia: Violência policial mata 1 manifestante e revanche fere vários policiais

A noite de sábado foi de grande violência nos confrontos entre manifestantes depois que a polícia tentou  impedir uma manifestação pacífica e matou o jovem curdo Yildirim de 18 anos na região de Amed.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 30 de Junho de 2013 - 07:34 GMT-3
Atualização: 09:46
   Os números estatísticos dos confrontos entre manifestantes turcos e as forças policiais já estão elevados demais. Até agora 4 pessoas morreram, cerca de 8 mil foram feridos e pelo menos 11 deles ficaram cegos. Todo este saldo é consequência da resistência de ambos os lados. Principalmente do governo turco que não se esforça para atender as demandas que se resumem em suspender os decretos islâmicos. Isto vem em consequência de que um país que se diz secular, na verdade tem bases islâmicas camufladas como um tipo de islamismo (disfarçado) moderado, segundo dizem os manifestantes turcos.

 Repressão Digital

   As autoridades turcas estão levando a sério as buscas pela rede social T…