Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 5, 2013

Translate this Page

Bahrein: Manifestantes atiram coquetéis "Molotov" nos policiais e viaturas

Um violento confronto aconteceu nesta manhã de sábado nos arredores do Aeroporto Internacional em Al-Manama, a capital do Bahrein. Manifestantes estão queimando pneus, atirando coquetéis "molotov" nas viaturas e blindados. A "Coalisão da Juventude na Revolução de 14 de Fevereiro" saiu às ruas para protestar logo após um funeral. Já há informação de feridos no confronto com policiais. 

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 11 de Maio de 2013 - 10:17 GMT-3
Atualização: 11:47


   Em Aldair, fontes locais disseram que manifestantes saíram às ruas em sinal de rejeição ao regime do Rei Bin Isa Al-khalifa. Eles se auto-intitularam "rebeldes". Enquanto as manifestações vão se desenvolvendo, tivemos acesso a imagens que mostram forças policiais invadindo casas de líderes e membros-chave do movimento 14 de Fevereiro. Apesar do "apagão de mídia" as manifestações no país têm sido uma constância. No último mês as greves foram suas maiores ferramentas …

Site criado pela ONU visa defender jornalistas em todo mundo...

A tão sonhada liberdade de imprensa ainda é uma meta para a maioria dos jornalistas e escritores independentes. No Brasil, repórteres são confundidos com "X9" (dedo-duros) e correm risco de serem executados sem piedade.  A lei do silêncio tem sido um berço para sustentação da corrupção política e máfias em todo mundo.



Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 10 de Maio de 2011 - 07:16 GMT-3
Na verdade, países como o Brasil comentam muito pouco sobre a mortandade de jornalistas locais, exatamente porque eles não são frequentemente executados, mas proibidos de publicar matérias que contenham denúncias. Por esta razão a maioria se especializa em coberturas sociais e entretenimento.

Enquanto isso a corrupção e corruptores caminham lado-a-lado ainda desfrutando de toda a impunidade que é possível obter por vias jurídicas. A comunidade de jornalismo do Brasil deve se congratular com a ONU pela iniciativa, sabendo que a criação de um site dedicado jamais poderá res…

Síria: Coronel Riad Al-Assaad fundador do FSA diz ter sido esquecido pela oposição.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 09 de Maio de 2013 - 20:00 GMT-3

   O Coronel Riad Al-assaad é fundador do FSA (Free Syrian Army), que foi formado em junho de 2011 a partir de uma numerosa quantidade de deserções das fileiras do exército regular sírio.

   Isto aconteceu durante a perseguição implacável aos oposicionistas ao regime de Bashar Al-Assad desde 15 de Março de 2011 até os dias atuais.

   Antes da criação do FSA, todos os soldados que se negavam a matar civis, entre eles mulheres e crianças, eram executados em função da lei marcial vigente no país que ainda mantinha a Lei de Emergência por 48 anos em vigor. Os que conseguiam escapar da execução eram perseguidos por grande número de executores da tropa de elite síria, liderada por membros da guarda republicana russa ou iraniana, na maioria dos casos.

   Os civis enfrentavam as forças regulares como podiam e milhares de pessoas morriam todos os meses, sem qualquer meio de autodefesa, a não ser pedras que atirava…

Nigéria: Emboscada de Milícia mata mais de dezenas de policiais em Nasarawa.

Milícia conhecida como "Ombatse" é apontada pelas autoridades nigerianas de matar pelo menos 40 policiais em emboscada só nesta semana, quando os profissionais se mobilizavam em comboio para expulsar os criminosos de seus esconderijos.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 09 de Maio de 2013 - 15:47 GMT-3
   Uma mortandade de policiais vem deixando a polícia nigeriana em desespero. Citando o "premiumtimesng" que citou o governo como dizendo que ainda há um número de policiais desaparecidos, após o anúncio de ter encontrado 30 corpos de policiais e 6 viaturas carbonizadas nesta quinta. Milicianos têm declarado guerra à polícia cujo comando anunciou o envio de um contingente de 230 militares, para reforçar a segurança nos locais onde a violência tem se mostrado mais acentuada.

   As autoridades nigerianas listaram um número de praças e oficiais que ainda estão desaparecidos, enquanto que novas fontes revelam que as forças de segurança estão em Nasarawa, loca…

A crise síria serve de tabuleiro no jogo nada amistoso entre Rússia e EUA.

O regime sírio tenta todas as formas para limitar as forças rebeldes e o esforço da oposição ao seu governo. Enquanto o blackout nacional de internet durou 19 horas, os bombardeios continuam sem interrupção e castigam violentamente a cidade de Al-rastan na província de Homs, ainda Idlib e Daara. Em consequência 17 pessoas morreram nesta manhã de quinta-feira.


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 09 de Maio de 2013 - 08:40 GMT-3
   A crise ao redor da Síria tem se tornado muito mais clara, revelando um verdadeiro tabuleiro de xadrez. De um lado a Rússia e de outro lado os EUA. A rivalidade entre os dois países tem sido notada no terreno sírio, ao ponto que o site árabe "Alarabyia" publicou um artigo sobre os prejuízos que a síria vem sofrendo em função da disputa entre as duas superpotências.

Venda e produção de Armas

   O fornecimento de armas americanas para Israel, tem sido usado para justificar a Rússia na venda de armas em volume crescente para a Síria. Difícil …

Rio: Covanca: Prazo esgotado para que moradores evacuem suas casas.

Já se passaram 7 dias desde que diversas famílias receberam ordem de abandonar tudo e fugir, para que suas casas seja ocupadas pelos criminosos. O que terá acontecido a elas?


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 06 de Maio de 2013 - GMT-3
Ao findar o dia o tempo quente deu lugar ao frio, no Rio de Janeiro. A noite que parecia levantar temores, foi ainda mais assustadora para famílias que vivem na região da Covanca. Até as 21:00 tudo parecia não ter passado de um engano, e aquele aviso de evacuação não podia ser real...

Mas às 22:00 os mensageiros da morte começaram a percorrer as casas para alertar que o prazo havia se esgotado. É dureza, que numa hora destas, não há pra quem pedir socorro. Nem mesmo a mídia pode retirar as vidas inocentes das mãos do tráfico.

Mas a realidade tem que ser enfrentada. Elas precisam levantar no meio da noite gelada e sair sem olhar pra trás, para continuar com vida. A angústia de ter que recomeçar à partir do zero, sem qualquer ajuda do Estado é u…