quarta-feira, novembro 20, 2013

A Conscientização da Consciencia Negra - Saulo Valley

"O Dia da Consciência Negra deveria ser o dia da Conscientização do Valor das Pessoas Negras e não simplesmente o dia em que o Negro têm a liberdade para estufar o peito e assumir sua verdadeira natureza. Mas que além do feriado descontraído as pessoas aproveitem os eventos de exibição da cultura negra para pensar um pouco mais. Quem sabe ensaiar para que algum dia os negros sejam respeitados e amados como os amarelos, brancos, ruivos e loiros etc."
                                                                                                                                         (Saulo Valley)

Saulo Valley - Pensamento sobre a Consciência Negra no Mundo - Foto de Divulgação
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 21 de Novembro de 2013 - 07:55 GMT-3

   O mundo moderno já se desenvolveu muito no quesito "discriminação racial". Hoje em dia a sociedade já sabe que não se deve discriminar pessoas de muita ou pouca cor. Mas sabe qual a verdadeira verdade? Em termos de grande proporção, a sociedade moderna não quer mais saber de discriminar negros. Mas a ela não conseguiria se manter organizada em camadas se não houvessem meios de classificar as pessoas que deverão estar por perto ou longe de determinados grupos de convivência.

   Por esta razão as pessoas mais do que nunca são classificadas pelo poder de ostentação, ou pelo tipo de cabelo, ou pelo modelo do carro que possuem, pela formação e nível cultural, pela arvore genealógica e etc.

   De um modo mais amplo e sem radicalização ou generalização, já que não da mais pra discriminar pessoas pela cor, o mundo segue classificando o tipo de pessoa que se quer no meio que se vive. Por exemplo, anuncio "Precisa-se de pessoa de boa aparência", constitui uma forma de classificar o tipo de pessoa que a empresa quer contratar. Este tipo de anuncio ficou tao
impregnado na sociedade nos últimos 20 anos, que já não se informa esta exigência nas propagandas de emprego. Os departamentos de RH já partem deste principio na hora de avaliar um candidato.

Maquete de favela construída no Largo da Carioca por artistas da
comunidade Morrinhos. Foto Saulo Valley
   Sabe onde você vai encontrar os menos bonitos nas empresas de limpeza, nas construtoras, nos balcões de empresas como McDonalds, e outras similares, cujos salários são rejeitados por qualquer pessoa que vê a vantagem da estética a seu favor. As empresa que pagam os piores salários e adoram praticar o trabalho escravo dos tempo modernos, que vivem usando a forca da necessidade para obrigar os funcionários a permitir seus direitos trabalhistas sejam roubados descaradamente, são as empresas que menos fazem seleção por aparência.

   Nas comunidades carentes, nas camadas mais pobres das favelas, mais de 90% são negros e a maioria destas pessoas não foram abençoadas com a estética que a sociedade almeja encontrar. Neste lugares, que muitas vezes eu mesmo presenciei, ha mulheres negras que odeiam outras mulheres que possuem cabelos lisos e compridos. Elas se afastam deste tipo de pessoa e evitam te-las em seu convívio. Muitas mulheres bonitas ou de cabelos lisos acabam sendo violentamente atacadas por este tipo de mulher que alem de se sentir rejeitada, rejeita admitir a convivência com pessoas que elas mesmas consideram superiores a si mesmas.

   Assim também entre os que se acham ricos, ha diversas e infinitas formas de se classificar uma pessoa. Por exemplo determinando o padrão de gastos dela. A saber, a marca de suas roupas, o supermercado que ela frequenta, o endereço que ela vive, a marca de suas joias etc. São quase infinitos os meios que a sociedade moderna encontra para separar as pessoas que se quer por perto, das que se quer bem distante, e desta forma os rejeitados acabam se atraindo e formando verdadeiras colonias. Ai, meio que "sem querer", o negros acabam ficando todos juntos.

   E agora, as entidades de Direitos Humanos vão conseguir produzir leis que impeçam que as pessoas sejam "selecionadas", ao invés de discriminadas pela cor ou raça?

O Cinismo da Sociedade Seletiva

  A estrategia que a sociedade moderna utiliza para escapar do rotulo de discriminadora e acusando os que se sentem discriminados de "complexados", usando frases do tipo:

  "O que e isto... hoje em dia isto já era!" "Racismo e coisa do passado!" "Racismo e coisa do tempo da Princesa Isabel, hoje em dia as pessoas são mais informadas e estas coisas não existem mais!" "Quem mais pratica a discriminação são os próprios negros que tem complexos quanto a própria cor!"
   Enquanto isto no submundo do trafico nos que vivemos de jornalismo vemos os negros caídos nas valas das cracolândias e os brancos nas bancas do trafico gerenciando ou vendendo as drogas. A maioria dos jovens bonitos estão no balcão do atendimento ao cliente do trafico, em pontos super protegidos por homens fortemente armados, enquanto os negros estão pilotando as motos, se arriscando, correndo atras de transportar os clientes, tentando escapar das patrulhas policiais, ou nas esquinas, queimando num sol de 40º vigiando as entradas de acesso as bocas de fumo. E uma realidade que parece insana mas se nos deixarmos o "deixa disso" de lado, poderemos enxergar com clareza, sem qualquer esforço. Na boa? E preciso coragem para ser negro hoje em dia, e vencer as muitas barreiras, porque o mundo já tem uma forma muito inteligente de separar as pessoas e isto parece infelizmente inevitável.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: