segunda-feira, outubro 14, 2013

Carro sem freio atropela menina na calcada na Freguesia

Menina é atropelada na calçada na Estrada do Gabinal altura do número 497, em frente ao Rio shopping e a Academia Body Company. O motorista parecia estar sóbrio... mas testemunhas disseram que ele teria confessado que não estava habilitado.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 14 de Outubro de 2013 - 17:17 GMT-3

   Por volta das 17 horas e 15 minutos da tarde dest segunda-feira, um Monza verde tipo hat que pertence a uma empresa construtora de portões elétricos, avançou pela calçada em alta velocidade. Testemunhas disseram que o motorista tentava se esquivar das pessoas que caminhavam pela calçada. Ao subir a calçada o motorista ainda tentou se esquivar da cabine do ponto de ônibus que fica em frente a Academia Body Company, mas ao passar entre o muro da academia e o ponto de ônibus, o motorista tentou voltar para o asfalto mas neste momento o semáforo ficou vermelho. Uma mulher tentava atravessar a rua levando seus dois filhos (um casal), quando o carro desgovernado surgiu por detrás do ponto do ônibus. A mãe se assustou com a aparição do carro e tentou correr puxando seus dois filhos pelas mãos, mas não foi capaz de impedir que o velho Kadet arrebatasse a menina de suas mãos. Ela foi atingida em cheio pelas pernas e depois de dar uma volta no ar, chocou-se de costas contra o poste, enquanto o carro foi interceptado por um poste metálico poucos centímetros antes do poste da Light.

   Testemunhas oculares correram para socorrer a menina que insistia em dizem com voz firme que estava bem. Enquanto o resgate estava à caminho, fomos conversar com o motorista. O jovem ainda estava em estado de choque, mas permaneceu ao lado da família o tempo inteiro. O resgate levou cerca de 20 minutos para chegar ao local. Após os primeiros socorros, a família foi levada pelo resgate, para um hospital próximo.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: