Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Turquia em guerra sangrenta contra a religião - Conspiração Secularista?

As ruas da Turquia agora são de cor púrpura. Revolta e assassinatos ensandecidos e aleatórios tem levado o país ao completo caos. Uma revolução diferente da Primavera Árabe. Uma revolta em que secularistas são jihadistas contra muçulmanos e decretos religiosos.

O uso exagerado de gás de pimenta e gás lacrimogêneo foi o primeiro passo da polícia turca, na fomentação da violência. Mas quem são este policiais: Muçulmanos ou secularistas? Foto cortesia #ocuppygezi
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 05 de Junho de 2013 - 06:16 GMT-3

   A Turquia vive hoje um estágio de guerra civil declarada. Já é chamada de "revolução" a onda de protestos que completou a sua primeira semana. O saldo de mortos já chega à primeira dezena, mais de 2000 manifestantes já foram detidos e nem todos foram liberados ainda. O número de feridos também está na casa dos milhares.

Milhares manifestantes prontos para enfrentar a violência policial turca em Istambul
Foto cortesia #ocuppygezi
Leis Islâmicas num país democrático?

   Os turcos se levantaram contra o governo no dia 01 de Junho, sob a reclamação de que embora o país tivesse exigido um sistema de governo secular, as leis impostas são claramente islâmicas, como a proibição ao consumo e distribuição de bebidas alcoólicas, o beijo de namorados em locais públicos e até mesmo andar de mãos dadas. Até o momento estas e outras leis tornam a Turquia num país democraticamente e moderadamente islâmico.

   O problema é que apesar das demandas secularistas do povo turco, muitas autoridades no poder são alegadamente muçulmanas. Entre elas, o primeiro ministro Tayip Erdogan, acusam os manifestantes.    Eles se mostram enfurecidos com as proibições exageradas e os inúmeros impedimentos à liberdade de expressão e à boa prática dos Direitos Humanos Individuais previstos internacionalmente, embora comuns ao Islã. Entre as principais aspirações do secularismo destacam-se as liberdades sexuais e religiosas, inclusive homossexualismo e ateísmo.

Guerra entre Secularistas e Sharia

   A Sharia é a implantação do islamismo e seu modo de vida. Este padrão de vida é muito praticado na  Turquia e a população chega a se dividir entre os que são seculares e os que são muçulmanos. Neste momento de crise nacional, seguindo a mesma linha do Egito e de Israel, o povo turco quer banir todos os vestígios de islamismo de sua legislação. Nas ruas o derramamento de sangue tende a ser maior, porque cada pessoa, acaba agindo por impulso e opção própria. É esta a razão que levou policiais e civis a iniciarem uma verdadeira caçada a manifestantes nas principais cidades turcas. O país desgovernado, onde os secularistas e os muçulmanos estão literalmente misturados e lutam entre si. Não se pode acusar o governo de todo pelas mortes correntes no país na questão do ato em si, mas o governo certamente é responsável pela segurança dos manifestantes e os responsáveis deveriam ser punidos desde a primeira morte, que já informamos nos artigos anteriores.

Oportunidade

   Não se pode ignorar o "chamado do Jihad". ele realmente acontece e neste momento confuso o ambiente é bastante favorável para que jihadistas de todo o Oriente Médio corram para a Turquia erguendo a bandeira do Islã a fim de garantir que o país torne-se um verdadeiro Estado Islâmico. Pronto: A batalha está iniciada!

Manifestante persegue viatura polícial com escavadeira
Foto cortesia #ocuppygezi

Nas ruas turcas / Front

   A batalha entre secularistas, e islâmicos tem uma forte participação de ambos os lados inseridos no governo e nas ruas. Na maioria dos países do Oriente Médio e Europeus, os grandes líderes militares têm (se não total) uma parcial queda para o Islã. Então os que estão armados em sua maioria, são os jihadistas e os militares. Temos visto muitos sheiks incentivando a revolução turca objetivando a derrubada de Erdogan do poder. Mas com sua saída do governo o país seria mais secular ou mais muçulmano?

   Com dissemos nesta terça, o comércio tem apoiado os manifestantes doando comida, água mineral,  remédios, cobertores etc. Mas com a crescente violência nas ruas dos grandes centros urbanos, a crise tem levado clínicas médicas privadas, farmácias e residências a serem convertidas em hospitais de campanha. É aí que a polícia entra:

Video: Em Ankara a polícia já está invadindo as clínicas médicas atrás de manifestantes feridos:



Batalha cybernética e represão digital

   A Turquia não está nada de bem com as redes sociais. Em seu discurso pela TV, na segunda, o Primeiro Ministro Tayip Erdogan disse que "as redes socias são um problema". Não demorou muito para que além dos bloqueios temporários de internet e celulares acontecessem, mas também a perseguição aos internautas. Com o bloqueio de mídia vigente, os manifestantes trocaram a TV pelo Twitter. Até esta terça pelo menos 25 pessoas foram confirmadas como presas por suas declarações via twitter. A fonte "PressTV" da Síria, disse que as pessoas que foram detidas pelo suposto uso do Twitter por incitarem internautas a sair pelas ruas do país pedindo a renúncia de Erdogan.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Sahar Tabar jamais fez 50 cirurgias acabem com a Fake News - O Observador do Mundo

A jovem iraniana Sahar Tabar vem sendo ridicularizada por internautas do mundo inteiro desde que um site publicou que a "mulher iraniana teria feito 50 cirurgias pra se parecer com Angelina Jolie" mas seu rosto teria ficado deformado. Seria isto mesmo? Saiba a verdade a seguir:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 03 Dezembro de 2017

Sahar Tabar é uma jovem iraniana comum, que aos 19 anos vive numa ditadura islâmica radical, em que as mulheres são vistas pela maioria dos homens como apenas objeto sexual, maldição, lixo ou objeto de muitas punições e castigos em todas as áreas. Mulheres jovens bonitas nestes lugares não são apenas assediadas ou violentadas, são escravizadas e forçadas a ficar em silêncio já que não há lei que permita que ousem abrir suas bocas diante das autoridades. Muitas destas jovens são abusadas sexualmente pelos pais, pelos irmãos, vizinhos, colegas de escola, professores, colegas de trabalho e patrões, policiais e políticos. São vítimas de um siste…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Last Day On Earth - Top dicas pra você sobreviver neste mundo caótico

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…