quinta-feira, junho 27, 2013

Brasil: Demanda é a mesma há 50 anos e nada mudou - Muda Brasil!

O povo brasileiro já foi às ruas protestar um bom número de vezes. Seus pacíficos protestos fizeram mais campanha para partidos de esquerda que para as necessidades do povo. Desde a queda do regime militar que o país tenta mudar pra melhor e só piora. Neste momento novo que estamos vivendo, que realmente mudará, e como não perder o foco do que deve realmente ser mudado?

Juventude quer mudar a história que aprendeu na faculdade - Foto Saulo Valley Notícias
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 27 de Junho de 2013 - 06:26 GMT-3

   Não se trata de uma primavera árabe. O Brasil clama por mudanças. Mas a revolução da redução do preço da passagem seria esta a grande mudança que o país inteiro sonha desde a queda do regime militar?

   Certamente toda manifestação precisa de um foco. Mas o povo brasileiro está nas ruas para pedir mais. Pedir mudanças profundas. Pela primeira vez na história deste país, aqueles que foram para as rua pedir mudanças não voltaram, pra casa pra ver o jogo da seleção ou o Domingão do Faustão. Nós estamos determinados a ficar nas ruas. Ocupar e protestar até que as mudanças aconteçam de fato. Mas há algo muito relevante que se pensar:

   Como mudar?  Depois de várias décadas, desde a queda do militarismo, a política nacional tem andado em círculos. Uma verdadeira matilha de lobos que protege sua caça para quando estiver com fome. Assim são os políticos que controlam este país. todos são interligados e por debaixo da aparente organização política nacional existe um submundo, com moeda e linguagem própria. Não haverá mudança significativa no país se esta matilha não for caçada. Este círculo de exploração e corrupção precisa ser derrubado, assim como os velhos lobos da ditadura militar estão sendo caçados agora, com a abertura dos arquivos militares da história do país. Quem condena quem neste Brasil? A maioria dos que controlam as CPIs e os Tribunais estão ligados a grandes máfias que manipulam o dinheiro público como uma aposta em corrida de cavalos. Seria este o chamado jogo político?

   É imunidade parlamentar pra lá, proteção política pra cá. Ninguém sai mal nem mesmo depois de badalados escândalos de mídia. Ok. Como é que se muda um país que é baseado na corrupção e na fraude desde a eleição presidencial até a contratação de funcionários públicos?

Linda manifestação da Cidade de Deus na Freguesia 21-06-13 Foto Saulo Valley Notícias
   A juventude tem o poder nas mas. Mas este poder de mudanças se não for utilizado de modo verdadeiro, será apenas uma troca de comando da máfia. Possivelmente os filhos dos mafiosos comandarão a máfia de seus pais. As mudanças precisam ser praticadas primeiro dentro de cada um de nós.  Como uma geração que quer mudar o país vive mergulhada nas drogas, nas orgias sexuais e nas mais obscuras noitadas? Quer saber a verdade? Esta prática é a mesma dos caras que estão no poder lá em Brasília. Só que as festinhas deles são bem mais caras e quem paga a conta somo nós.

   O Brasil quer liberdade, mas liberdade vem com a responsabilidade. Ninguém que completa a maioridade, sai de casa e passa a viver às custas dos amigos pelo resto da vida. Cada um precisa saber que com a liberdade as responsabilidades aumentam e muito. Quem quer liderar o que? Está apto para isto, ou acha que é fácil ocupar a presidência de um país controlado por coronéis e seus cartéis empresariais?

     Pra mudar, o Brasil precisa reciclar a política sem substituir apenas o político. Precisa criar uma nova estratégia que atenda as necessidades do paus e que para que as mudanças sejam aprovadas no congresso nacional não seja necessário oferecer cargos, fazendas, cabeças de gado, depósitos milionários em ONG etc.

Comunidades carentes da Zona Oeste descem o morro para soltar sua voz por mudanças radicais no Anil #vemprarua
Foto: Saulo Valley
   Exercer a política sem levar mais do que o salário proposto na carteira de trabalho já seria uma profunda mudança. Mas como fazer isto, se quando a gente precisa de atendimento num órgão público o atendente só se esforça para fazer o seu trabalho, se receber uma gorjeta por fora? DETRAN, SUS, INSS, RECEITA, POLÍCIA e mais um monte de serviços que só funcionam pra quem paga, mesmo que o salário daquele funcionário seja pago mensalmente com dinheiro nosso! Do outro lado da corrupção estamos nós que muitas das vezes oferecemos as mesmas gorjetas para que tenhamos acessos a serviços públicos mesmo não cumprindo as exigências para o atendimento.

  Os novos candidatos a ocupar este cargo deverão provocar mudanças radicais. O Brasil precisa mudar na raiz, senão as mudanças não passarão de troca de comando, nem da redução do preço da passagem de ônibus. Pra começar a mudar: Manifestação popular tem que ser sem máscaras, sem partidos e sem bandidos.

Artigo em Destaque

Julian Assange periga ser extraditado para os EUA

O fantasma da extradição de Julian Assange volta a assombrar e podemos dizer que processar e condenar o fundador da Ong Wikileaks pelo cr...

Leia também: