sexta-feira, maio 10, 2013

Site criado pela ONU visa defender jornalistas em todo mundo...

A tão sonhada liberdade de imprensa ainda é uma meta para a maioria dos jornalistas e escritores independentes. No Brasil, repórteres são confundidos com "X9" (dedo-duros) e correm risco de serem executados sem piedade.  A lei do silêncio tem sido um berço para sustentação da corrupção política e máfias em todo mundo.



Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 10 de Maio de 2011 - 07:16 GMT-3

Na verdade, países como o Brasil comentam muito pouco sobre a mortandade de jornalistas locais, exatamente porque eles não são frequentemente executados, mas proibidos de publicar matérias que contenham denúncias. Por esta razão a maioria se especializa em coberturas sociais e entretenimento.

Enquanto isso a corrupção e corruptores caminham lado-a-lado ainda desfrutando de toda a impunidade que é possível obter por vias jurídicas. A comunidade de jornalismo do Brasil deve se congratular com a ONU pela iniciativa, sabendo que a criação de um site dedicado jamais poderá resumir a perseguição à liberdade de expressão diária nesta parte do globo.

Perseguição Digital

Muitas pessoas acham que jornalistas são perseguidos apenas quando caçados ou ameaçados por homens e autoridades, mas desconhecem que muito são perseguidos no mundo virtual da internet. O próprio "Saulo Valley Notícias" em 2011 mantinha uma audiência que variava entre 700 e 1500 leitores diários, por causa de suas informações muito precisas e seguras, denúncias de corrupção e repressão levaram internautas maliciosos a denunciar a página para os mecanismos do Google. Durante todo o ano de 2012 a página passou a contabilizar de 150 a 300 acessos diários. Denúncias infundadas e maliciosas que visavam parar as publicações que são de profundo interesse das minorias! Depois de mais de 12 meses de bloqueio, a página conseguiu provar lisura de suas publicações mas os prejuízos ficaram registrados.

É certo que jornalistas-natos não são parados por ameaças nem execuções. Jornalistas são dedicados e destemidos. São apaixonados pela verdade e lutam por um mundo melhor por meio de uma sociedade mais justa e amigável. Mesmo com o esforço das Nações Unidas para registrar as repressões e perseguições ao mundo do jornalismo há muito o que se fazer, para que nós, profissionais da informação possamos informar em verdade, ao invés de ficar publicando fofocas de artistas que se divorciaram ou estão em novo relacionamento. Poucas pessoas sabem que além de escritores em blogs, há blogueiros que se utilizam da prática do "jornalismo investigativo" para chegar a concluir suas matérias. Mesmo depois de muito esforço sem apoio financeiro, patrocínio, anunciantes e respeito do meio, eles conseguem (à duras penas) realizar trabalhos que poderiam custar suas vidas e de seus familiares.

Esta utopia da liberdade de expressão no país precisa ser tornada em realidade. Jornalistas e blogueiros são pessoas que estão à cada novo dia buscando um aperfeiçoamento profissional, para que haja clareza em suas publicações e que sejam diretos e objetivos em suas coberturas. Este deve ser também um esforço para dar fim à perseguição a jornalistas amadores e blogueiros por parte dos sindicatos de jornalistas ou fomentada por eles, até porque blogueiros que pagam pra se sindicalizar deixam de ser perseguidos ou impedidos em troca de suas mensalidades.

A liberdade é uma mão de duas vias e sabe-se que o conceito de justiça precisa estar inserido no contexto. Os sindicatos precisam saber que há jornalistas que só têm o certificado como realização e há blogueiros que arriscam suas vidas para cobrir fatos que muitos jornalistas não possuem coragem para cobrir. Esta realidade não deve ser entretanto, uma plataforma para a separação e discriminação de blogueiros, escritores e jornalistas digitais ou de jornais. Este é o tempo que as pessoas precisam provar suas competências, ao invés de simplesmente exibir certificados adquiridos por métodos popularmente conhecidos como "decorebas". Decorar respostas das questões das provas não faz do mero estudante um jornalista da verdade nua e crua! É preciso ter fé, força e coragem!

Para conhecer o site da ONU dedicado a jornalistas e sua proteção acesse: http://segurancadejornalistas.org/

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: