Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Nigéria: Para MEND "Ações do Boko Haram visam atacar Jonathan nas eleições de 2015".

Os grupos armados independentes tem se mostrado como verdadeiras ferramentas de suporte a políticos do alto escalão do governo nigeriano. Interesses partidários têm levado grupos armados, como Boko Haram a matar civis inocentes e autoridades, em nome de revanches políticas e disputa por cargos.

MEND Fighters and hostages - Photographer: Dulue Mbachu
Cortesia: International Relations and Security Network (Creative Commons)
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 13 de Maio de 2013 - 08:24 GMT-3

   Nigéria - Um ônibus que explodiu lotado de cristãos causou a impressão de uma guerra religiosa. 75 cristãos mortos em uma semana e 52 templos católicos e evangélicos destruídos em pouco mais de 30 dias... parece uma guerra religiosa. Mas não é.
   As próprias ações do grupo radical islâmico, foram denunciando a fraude. Primeiro é fácil entender porque a comunidade islâmica não reconhece o Boko Haram como uma comunidade islâmica: "Eles quebram todas as regras do alcorão", dizem os maiores cléricos do país.
   Nesta caso matar cristãos no Norte da Nigéria é apenas uma desculpa para provocar o caos e dar uma imagem de confusão para o governo democrático do presidente Jonathan Goodluke.
   Haja visto que não foi possível incitar a comunidade islâmica contra os cristãos, o Boko Haram partiu para outra forma de provocar o caos: Executando membros importantes do governo. Dois meses depois o grupo estava dedicado a invadir delegacias, matar a segurança e libertar presos aleatoriamente.
   Estas ações não tipificam uma guerra religiosa, uma guerra política, muito menos uma revolução armada. Rejeitado pela comunidade islâmica, política e a própria população, o Boko Haram, que se diz aliado do Alqaeda tem se limitado a receber ordens de poderosos líderes militares do exército regular, que parece querer que o regime militar seja instaurado novamente no país. Para isto, a fabricação de guerrilhas e terrorismo tem sido uma arma além de violenta e covarde, pouco funcional.

   Por outro lado se levanta a milícia conhecida como "MEND", revolucionário que luta pela independência da região do Delta do Níger, agora sai em defesa do governo de Jonathan, e da população cristã, fazendo ameaças de atacar a comunidade islâmica com o mesmo ímpeto que os cristãos são atacados.

   A verdade é que todo mundo hoje já sabe que não há grupos terroristas trabalhando independentemente. Todos sabem que os grupos de terror são fabricação de governos árabes que os utilizam como ferramentas de manipulação da opinião pública ou da classe política por meio da força bruta.
   É por esta razão que por exemplo, muitas pessoas acham que "o atentado de 11 de Setembro foi uma fabricação, para obrigar o congresso a aprovar a invasão do Iraque", quando antes se fazia claramente contrário. Esta pode ser uma das verdades do terror. Não há terrorismo marginal. Há grupos liderados por agentes secretos que reúnem um bando de criminosos e ex-combatentes, ou mercenários para criar instabilidade nos governos aos quais se pretende derrubar ou envergonhar.

   Olhando pelo lado religioso, qualquer um há de concordar que toda religião precisa falar de amor ao próximo, amor à vida, amor à Deus e às suas obras, se quiser sobreviver. Não há de ser popular uma religião que prega o ódio a todos os seres humanos que não estão afiliados à própria entidade religiosa.

  Por esta e outras razões fica claro que como o MEND declarou: O "Boko Haram é uma ferramenta de manipulação dos resultados das eleições previstas para 2015". No mês de Abril o Boko Haram anunciou que se o presidente Goodluke Jonathan não concorrer à reeleição em 2015, o grupo vai encerrar a matança de cristãos. Esta informação foi publicada pelo site noticioso nigeriano "Naij".

Ref: "naij"

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Indonésia: Notícias de tremor de terra, inundações e deslizamentos leva mais temor a desabrigados - Alerta 3

Pelo menos 5 tremores com escala acima de 4.0 chegando a máxima de 6.1 na região de Kepulauan Barat Daya nas últimas horas. O tremores cujos epicentros estão no mar, notados a  318 Km  de distância da cidade de Dili, no Timor Leste. O último tremor foi de magnitude 6.1 registrado a 18,1 Km de profundidade na mesma região que também fica a 383 Km da cidade de Ambon na Indonésia. O alerta foi enviado pela agência americana de prevenção a desastres geológicos USGS na última meia-hora.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 03 de Fevereiro de 2014 - 23:04 GMT-3
Atualização: 04-02-2014 as 08:20

Atualização: 04-02-2014 as 08:20

O governo indonesiano anunciou a manutenção do estado de alerta no nível 3. Neste momento o Sinabung lança uma quantidade de fuligem em quantidade considerada "pequena" mas está caindo sobre diversas regiões ao redor. Numa tentativa de avaliar os estragos, equipes técnicas percorrem a zona proibida e relatam milhares de hectares de planta…

PERIGO: Chamadas com DDD 06565 continuam desde 2012 até hoje

CUIDADO: Estou recebendo chamadas desde ontem de dois números desconhecidos. Quando fui digitar no Google antes que eu terminasse apareceu a sugestão: "065 65 de onde é?", então segui o link e vi uma eternidade de usuários reclamando destas ligações:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 30 de Agosto de 2014 - 18:12 GMT-3



Link da pesquisa: https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&es_th=1&ie=UTF-8#q=06565%20é%20de%20onde

Foi aí que me lembrei daquelas "promoções e sorteios de casas, carros etc... Este assunto em 2012 havia se tornado uma discussão nacional e as autoridades haviam prometido utilizar bloqueadores para impedir que as quadrilhas continuassem a aterrorizar usuários da telefonia móvel e fixa.  As chamadas costumam ser no meio da noite e alguns milhares de brasileiros afirmaram que as vezes ouve-se uma voz que é gravada e sugere um pacto satânico, além de pedir todos os dados pessoais da vítima. Vários rumores surgi…

Liga Árabe avisa a Assad que pare a "Máquina de Matar" e cumpra as reformas prometidas.

A Liga Árabe se reuniu nesta Terça no Cairo. O encontro contou com a presença do Primeiro-Ministro da Turquia Tayip Edorgan. A liga se mostrou espantada com a continuidade dos massacres mesmo após o encontro do Presidente Sírio Bashar Al-Assad com Nabil Arabi Secretário-geral da Liga Árabe no último Sábado dia 10-09-11.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 14 de Setembro de 2011 - 07h08min.
Atualização: 19h41min.
Cairo -  De acordo com o site de notícias da Turquia "haaretz.com" o Primeiro-ministro turco Tayyip Erdogan, em sua visita ao Cairo fez um pronunciamento quando buscava "definir a visão da Turquia sobre o atual Oriente Médio":
"Com o aumentar das mortes de civis na Síria, vemos que as reformas não se concretizaram e ele não fala honestamente. Não é possível acreditar nisso. E o povo sírio não acredita em Assad, eu também não acredito nele." Enquanto a Liga Árabe se esforça para chamar a atenção de Bashar Al-Assad para o fim da violência no país, ele i…

Turquia: Angelina Jolie quer ver os refugiados da Síria.

O ministério de negócios estrangeiros da Turquia anunciou hoje ter recebido um pedido para que Angelina Jolie, na condição de embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, tivesse acesso aos campos de refugiados sírios no país.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Junho de 2011 - 07h34min.
De acordo com o site ucraniano "independent", o pedido está sendo analisado. Até o momento pelo menos 8.500 sírios atravessaram a fronteira para a Turquia na tentativa de escapar ao embate entre as forças oficiais e as forças rebeldes do exército.
Desde a sexta-feira retrasada que uma rebelião entre os soldados foi criada para distrair as forças de segurança e permitir que a população de Vaga, nos arredores da Ponte Vaga pudessem cruzar a fronteira com a Turquia.
Em resposta, o governo da Síria intensificou os ataques nas proximidades das fronteiras do país com a Turquia e com o Iraque, na região de Deir Azour para onde enorme quantidade de reforç…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…