Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Bangladesh: Pode ter chegado a 16 o número de vítimas do ciclone Mahasen

O país entrou em desespero depois que o temido ciclone "Mahasen" despontou em alto-mar seguindo em direção à região da Costa de Bengala. Um alerta foi emitido e mais de 1 milhão de pessoas foi removido de áreas de risco.


Suomi NPP Satellite Views of Tropical Cyclone Mahasen in the Northern Indian Ocean
Imagem cortesia da NASA Goddard Photo and Video (Creative Commons)
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 17 de Maio de 2013 - 08:41 GMT-3
Atualização: 10:15

Pelo menos 14 pessoas morreram quando o ciclone tropical "Mahasen" passou pela Costa de Bengala, em Bangladesh. Fontes locais disseram que para alívio da população e das autoridades da área de emergência, o "Mahasen" perdeu força ao chegar na costa com ventos que podem ter chegado a 100 Km/h. Em seguida o ciclone de desviou de sua rota seguindo o sentido do Norte da Índia, deixando um grande rastro de destruição e um saldo ainda incerto de mortos que varia entre 14 e 15.

   Citando o "ittefaq" que disse que 7 das vítimas eram da região de Barguna. Entre elas 2 crianças de 6 anos e 1 de 5. Outras 4 pessoas morreram em Bhola, 1 em Pirojapure e 1 em patuyakhalite John.
   A fonte disse ainda que uma gestante morreu enquanto tentava escapar da tempestade em Hurohuri.    
   Em Talatalira Sul jharakhali 50 cabeças de gado foram enterradas nesta sexta, disse o "ittefaq". A fonte disse ainda que em Abu Kashen 2 pescadores estão desaparecidos ainda. Em análise dos relatórios do site, a maioria das vítimas foram provocadas por quedas de árvores e galhos.

   25 corpos de pescadores foram resgatados de uma praia perto da fronteira com Myanmar por autoridades de Bangladesh. Citando o site local "clickittefaq" que disse que consistia num grupo de pescadores muçulmanos que tentou fugir do ciclone. A fonte disse que os trabalhadores não conseguiram deixar a zona de perigo em tempo e morreram no mar, o site citou as autoridades como dizendo.


   As autoridades ainda disseram que após o desvio e enfraquecimento do ciclone, os milhares de fugitivos que correram para os abrigos anti-tempestades começaram a retornar para suas casas nesta sexta (mais de 200 mil disse o site "Naij"), sendo que muitos encontraram um triste cenário de destruição provocado pelo "Mahasen". As autoridades locais também confirmaram que o número de residências destruídas chegou à casa dos milhares. Citando a AFP que disse que o número de casas destruída ultrapassou a marca de 15.000. Mahasen mudou seu status para tempestade e não oferece mais perigo de destruição como é habitual, disse AFP.


   Fontes locais contam que além do levantamento dos prejuízos, o país começa um período de orações e preces pelas vítimas e seus familiares. O "Saulo Valley Notícias" lamenta a perda de tantas pessoas cheias de sonhos e planos futuros, desejando que suas famílias encontrem conforto nesta hora tão impossível de se descrever.

Postagens mais visitadas deste blog

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Ecologia - 45 Milhões gastos e Praia de Sepetiba jamais será recuperada

O projeto de recuperação da Baía de Sepetiba parece ser um grande equívoco. Derramar areia de praia onde era manguezal não se parece com uma recuperação ambiental, onde a água apodrecida jamais será retirada, o banho absolutamente proibido e a "nova areia" produz micoses e outros problemas de saúde e as valas negras continuam fluindo normalmente. Custo da Obra: 45 Milhões de reais.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 28 de Dezembro de 2012 - 14:51 GMT-3
A situação de Sepetiba provoca tristeza e desânimo geral. Uma poluição que parece ser irreversível e deprimente. Milhares de pessoas que antes dependiam da pesca, da área de lazer na orla e do turismo local, agora sentem a triste sensação de que foram iludidas, enganadas, roubadas, desrespeitadas e ignoradas.

Está claro que não há qualquer interesse de qualquer setor do governo pela recuperação ambiental da Baía de Sepetiba e suas praias. Definitivamente não.

Os quase dois quilômetros de areia espalhados sobre a lama apodrecida…

Movimento "Taquara da depressão" pede pra não sair pra rua.

Em um comunicado via Facebook, o "Movimento Taquara da Depressão", que organizou os protestos com a intenção de dar voz aos moradores da região, denunciou que várias facções locais se desafiaram mutuamente para um duelo durante a passeata, disse a liderança, que pediu para que os manifestantes não saiam para protestar. A organização condenou o quebra-quebra e afirmou que a manifestação ainda não foi autorizada.

Adicionado por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio, 21 de Junho de 2013 - 15:52 GMT-3
Carta Aberta ao povo da Taquara e adjacências:
Esclarecimento sobre o protesto na taquara:

Na Segunda-feira, anunciamos aqui na página uma manifestação aqui no bairro, que seria na sextafeira, organizada pelo tanque/pechincha da depressão. Nós, da Equipe Taquara da Depressão, achávamos que seria uma boa um protesto mais perto da região, para que o pessoal daqui pudesse mostrar sua indignação com o governo, o aumento das passagens, falta de investimento... ACHÁVAMOS.

O problema ma…