quinta-feira, março 21, 2013

Síria abre mão da legitimidade usando armas químicas - 25 mortos

O dia foi de maior desespero e tristeza que os 730 dias de revolução completados no último dia 15. Ataque por foguetes com cargas químicas e a destruição de bairros completos por bombardeio sem qualquer distinção entre inimigos e a sociedade civil. Crimes graves que provocaram repulsa da parte da comunidade internacional.


Al Kisweh na região rural de Damasco - Fábrica em chamas após bombardeio sírio - 20-03-2013
Por Saulo Valley -O Observador do Mundo - Rio, 20 de Março de 2013 - 22:59 GMT-3
Atualização 21 de Março de 2013 - 19:44

Denúncias de uso de armas químicas por parte do regime sírio se espalharam na internet em sinal do desespero e pavor que a população síria vive agora. O crescente aumento da violência que vem sempre em consequência da melhoria técnica e do avanço das forças rebeldes, o que leva o regime sírio a ordenar ataques contra a população civil, nos locais considerados redutos rebeldes. Este alegado ataque com armas químicas deixou 25 mortos e pelo menos 100 feridos, disseram as duas partes rivais.

Vídeo: Médico descreve as condições das vítimas de ataque químico em Ataibeh e quais são as suas  necessidades:


A agência de notícias oficial do governo, a "SANA", responsabilizou os rebeldes pelo uso indiscriminado de foguetes com ogivas químicas, o que alías o regime vinha fazendo há dois dias, mas o ataque só foi informado nesta quarta.

Video: Daraya - Damasco - Forças do regime destrói bairro completo.


Video: Damasco: Uma pequena fábrica em chamas em consequência de bombardeio do regime sírio.


Na última terça os rebeldes informaram que utilizaram morteiros para atacar o palácio presidencial. Por falar em presidencial, nesta quarta o presidente Bashar Al-Assad fez um passeio surpresa pelo Centro Educacional em Damasco. No último domingo, Asma Assad, a esposa de Bashar esteve com seus filhos no centro de Damasco concedendo autógrafos e arrecadando fundos para ajudar mães de soldados mortos na luta contra oposição. Ver Foto


   Ministro britânico Willian Hague disse em seu twitter:
"O Reino Unido tem conhecimento de relatos alegando o uso de armas químicas na # Síria , e está olhando para eles. Este uso atrairia resposta internacional forte."
A mesma percepção de Hague teve Obama quando declarou:

"Uso de Armas químicas deverá "Mudar o Jogo" na Síria, diz Obama - Revelou The New York Times.
De fato, EUA, França e Grã-Bretanha pediram o investigação internacional da Síria, pelo uso de Armas Químicas. 


 Uma autoridade do regime sírio foi citado como dizendo que a Síria não utilizou produtos químicos como o gás Sarin etc, usou simplesmente agrotóxicos...

   O ministro da Informação Om-ram Al-zu'bi, fez uma declaração na TV Síria acusando os insurgentes (rebeldes) pelo uso de foguetes com cargas químicas:


Para esta declaração, em seu primeiro dia de visita a Israel Obama respondeu:

"Estou profundamente cético de que foi a oposição (FSA) que usou armas químicas - Disse o site" "Haaretz"

Opinião - Em tempo: Presidente Dilma tem até o dia 26 de Março para decidir se atende ao pedido de socorro por Assad ou não. Brasil tem força pra entrar nessa guerra, ou na última hora vai dar ordem de prisão pra Bashar?

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: