terça-feira, março 12, 2013

Guerra: 7 bandidos mortos em tentativa de assalto que polícia frustrou.

   A quadrilha que pode ter 13 integrantes, foi interceptada pela polícia que armou uma emboscada para o bando que, segundo policiais iniciou o tiroteio. Embora em número menor a polícia matou 7 dos 13 no confronto que aconteceu em Ogun, na Nigéria.


A Estrada da Morte nigeriana foi o palco de mais uma dentre as inúmeras
desgraças que acorrem diariamente. Fonte Google Map.
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 12 de Maço de 2013 - 11:38 GMT-3

   A sexta-feira foi trágica para os moradores da cidade de Ogun, no estado nigeriano de Lagos. De acordo com a imprensa local, o bando teria tentado assaltar uma agência do Banco Oslo portando 1 lança foguetes, cinco Ak 47 e muita munição: 600 cápsulas, que mantiveram guardadas no interior do veículo roubado que utilizavam.

  Descobertas recentes apontam que a quadrilha tinha um "grupo avançado" formado por 3 elementos que sondavam o local e passavam por rádio as informações para os demais. Mas uma chamada telefônica supostamente anônima teria denunciado o bando para as polícia do "Esquadrão Especial Anti-roubo".

  De acordo com a fonte, a agência nigeriana "naij", que disse que ao escapar do tradicional banco da região, o bando se deparou com a emboscada na região de Abule-Egba, que fica localizada ao longo da turbulenta via expressa Lagos-Abeokuta.

Diga-se de passagem esta estrada é um verdadeiro inferno. Tudo de ruim acontece por lá. Obras de fachada que resultam em acidentes graves com muitas mortes, enchentes, buracos, asfalto destruído pelas chuvas, incêndios de veículos...

 Via expressa Lagos-Abeokuta - O terror do estado de Lagos.
   E ainda... violência (como esta que o povo da região foi forçado a assistir). Imagine: 7 homens sendo mortos de uma só vez, diante dos olhos de todos!

  A fonte disse ainda, que assim que os bandidos viram a polícia, desceram do carro e se dividiram em outros dois veículos, para facilitar a fuga. Policiais disseram que quando o bando iniciou o tiroteio, as unidades militares responderam com fogo, cujo confronto durou cerca de 1 hora.

   Por fim, vários assaltantes foram mortos supostamente no tiroteio, enquanto outros 6 escaparam. A polícia disse que além das armas, recuperou 535 unidades de munição, o que significa que em 1 hora de tiroteio, 13 homens utilizando cinco Ak 47, gastaram apenas 65 cartuchos e ainda 7 deles morreram tentando apertar o gatilho..

   A polícia disse ainda, de acordo com "naij" que o número do telefone que ligou para avisar a polícia da ocorrência, corresponde com o número do celular de um dos bandidos presos no fim de semana.  
   Supostamente o proprietário deste celular era um dos 3 membros da "equipe avançada" do bando, que foi perseguida pela investigação policial que apresentou 3 nomes: Muftau de 48, Oluwaseyi de 27 e Kabiru de 25.

Referências: "naij" e "vanguardngr"

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: