segunda-feira, março 11, 2013

Coreia do Norte diz estar pronta pra guerra da "reunificação"

   O governo da Coréia do Norte parece estar mesmo designado a promover a guerra, enquanto seu próprio povo rejeita a proposta de tentativa de reunificação das duas coréias. Mais de 10.000 norte-coreanos saíram às ruas para protestar contra a decisão de Kim Jong-un de atacar.


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 11 de Março de 2013 - 14:39 GMT-3

   O clima tem side cada vez mais tenso entre as coreias. Um esforço em conjunto entre os EUA e a Coreia do Sul, foram anunciadas nesta segunda, "dezenas de contas bancárias em nome de Kim Jong-un em bancos chineses, disse o "Voice of Russia". No último dia 09, enquanto a ONU se esforçava para deter o ditador por meio de expressivas sanções, o mesmo anunciou estar em posse de armas nucleares, não dando qualquer importância para a pressão da comunidade internacional.

   Enquanto isto neste domingo a mesma fonte disse que pelo menos 10.000 norte-coreanos saíram às ruas pedindo o fim dos exercícios militares no lado oposto da fronteira, que envolveram cerca de 11.000 soldados americanos e 200.000 sul-coreanos nos preparativos finais, para bloquear a tentativa de tomada da coreia do Sul. Mas a Coreia do Norte ainda persiste em realizar testes nucleares subterrâneos e mantém as provocações e ameaças. O site japonês "sankei" citou o ditador norte-coreano como declarando a guerra oficialmente nesta segunda.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: