Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Azerbaijão: Exército deixa 100 recrutas mortos em treinamentos - Atualização

De acordo com estatísticas fornecidas por líderes das manifestações do dia 12 de Janeiro e 10 de Março, pelo menos 100 recrutas morrem anualmente nos quartéis do país, longe de qualquer atividade de combate real. Longe de saber as razões das mortes de seus filhos, pais e mães vão unidos às autoridades em busca de respostas e...


Baku protests 10 Mar - Photo by Mehman Huseynov
Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 10 de Março de 2013 - 22:03 GMT-3

   De acordo com o site "rferl" 3 recrutas morreram no decorrer de duas semanas, citando entre eles o recruta Elman Aliyev que morreu no dia 06 de Março numa manobra que era realizada na região montanhosa à Noroeste do país. A fonte disse ainda, que antes do jovem Elman falecer, um outro recruta teria se suicidado, enquanto o primeiro das três vítimas teria morrido ao pisar numa mina terrestre. Apesar dos protestos, o silêncio das autoridades competentes, tem sido a causa de tão grande revolta popular, e o fato de o governo apenas responder com o envio de forças de repressão à manifestações pacíficas.

Uma outra vítima foi ainda citada: O recruta Ceyhun Qubadov teria morrido e as autoridades militares alegaram "ataque cardíaco", mas ao ter acesso ao corpo do soldado, seus familiares fotografaram e confirmaram as marcas de maus tratos estampadas em seu jovem corpo físico. Vários ativistas que tiveram acesso aos documentos e provas do abuso de autoridade e do desprezo do comando militar para com os familiares das vítimas, iniciaram uma campanha para alertar ao mundo sobre a matança irresponsável de soldados recrutas nas fileiras do exército azerbaijão. Para silenciar a mídia, o Exército instaurou a abertura de um inquérito militar para apurar as causas da mortandade dos novatos.

   Foi então que no dia 12 de Janeiro, uma grande manifestação foi organizada, uma multidão sem precedentes, mas durou pouco. Logo as forças de segurança isolaram os manifestantes centrais da população transeunte e iniciou a campanha de detenções, especialmente dos líderes, ativistas e pais exaltados dos jovens mortos. 29 manifestantes foram multados por "perturbar a ordem pública" No dia 7 de Março, policiais e serviços de inteligência iniciaram uma campanha de prisões preventivas de 3 jovens: Shahin Novruzlu, Bakhtiyar Guliyev e Mammed Azizov, logo após ter sido anunciado a morte do terceiro recruta da semana. No dia 09 outros 5 jovens militantes receberam mandados de prisão preventiva: Ebulfez Gurbanli, Nihad Huseyn, Jamil Hajiyev, Samir Asadli e Punhan Imamli.

Clique na imagem para ampliar.
   Neste domingo dia 10 de Março, mais uma frustração. O ativista político e um dos líderes do movimento Mehman Zamaddinov foi preso.  Na tentativa de sufocar rapidamente a manifestação, as prisões se deram logo no início, quando os jovens começaram os primeiros brados na  capital Baku. Policiais à paisana misturados na multidão estudavam o comportamento dos manifestantes para detectar os mais agitados. Os líderes do movimento. "Erkin Gadirli, um dos líderes políticos do Movimento Democrático Unido foi preso hoje" disse um ativista pelo twitter, por volta das 10:00 da manhã. O Jornalista e fotógrafo da BBC, Onnik Krikorian disse que pelo menos 60 ativistas haviam sido presos nesta manhã de domingo, mas no decorrer da agitação foram contados mais de 250, segundo testemunhas oculares.

   O site "azerbaijantldr" revelou que 37 ativistas foram presos e da lista que forneceu, 13 foram libertados (released) neste domingo mesmo. Seus nomes estão na imagem ao lado.

   De acordo com a fonte, Ainda 2 ativistas estão desaparecidos: Ilkin Rustemzade e Azad Gənclik. Outros 3 estão feridos: TBD, Khadija Ismayilova e Nijat Masimov.

   Durante a repressão
   As balas de borracha cortaram os jatos de água dos carros-pipa e empurravam os manifestantes para uma área mais afastada dos pedestres. Usando uma grande estratégia, as forças de segurança conseguiram separar a multidão de curiosos da multidão de manifestantes, e logo depois, foram retirando os ativistas e os líderes e conduzindo para dentro do ônibus oficial. Pais exaltados que portavam retratos de seus filhos mortos nas mãos do exército, foram arrastados, presos e policiais ainda tomaram os retratos de suas mãos.



Referêcia: 

rferl.org - http://www.rferl.org/content/azerbaijan-army-death/24920878.html

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Sahar Tabar jamais fez 50 cirurgias acabem com a Fake News - O Observador do Mundo

A jovem iraniana Sahar Tabar vem sendo ridicularizada por internautas do mundo inteiro desde que um site publicou que a "mulher iraniana teria feito 50 cirurgias pra se parecer com Angelina Jolie" mas seu rosto teria ficado deformado. Seria isto mesmo? Saiba a verdade a seguir:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 03 Dezembro de 2017

Sahar Tabar é uma jovem iraniana comum, que aos 19 anos vive numa ditadura islâmica radical, em que as mulheres são vistas pela maioria dos homens como apenas objeto sexual, maldição, lixo ou objeto de muitas punições e castigos em todas as áreas. Mulheres jovens bonitas nestes lugares não são apenas assediadas ou violentadas, são escravizadas e forçadas a ficar em silêncio já que não há lei que permita que ousem abrir suas bocas diante das autoridades. Muitas destas jovens são abusadas sexualmente pelos pais, pelos irmãos, vizinhos, colegas de escola, professores, colegas de trabalho e patrões, policiais e políticos. São vítimas de um siste…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Last Day On Earth - Top dicas pra você sobreviver neste mundo caótico

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…