segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Síria: Pelo menos 40 membros do Hezbollah morreram em combate


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2013 - 11:56 GMT-3

Pelo menos 40 lutadores do Hezbollah foram citados pela Agência oficial da Revolução Síria, como mortos nesta manhã de segunda, como resultado de um combate com a oposição síria. A nota não revelou maiores dados mais uma vez que acabou de ser enviada direto do front. 

19:22 - Após o relato do comando do FSA do sucesso de ter matado 43 lutadores do Hezbollah, ofensivas militares na síria lideradas pelo Hezbollah nas aldeias vizinhas à fronteira libanesa foram informadas neste dia. 

Entretanto o site árabe "kataeb" revelou que 16 militantes do Hezbollah mortos em combate na Síria, foram deixados no hospital "Al-Zahraa Baalbek", e segundo a fonte a informação foi confirmada pelo "Conselho Diretor e o Tenente Mohyi ed-Dine el-Zein, comandante da Brigada Qusayr. As fontes acrescentaram ainda que militantes feridos do Hezbollah teriam sido atendidos no Hospital Al-Amal na região de Hermel no Líbano.  


Enquanto isso, a agência "AP" (Associated Press) revelou que o comando do Hezbollah negou o envio de tropas para combater em território sírio, contra a oposição a Bashar Al-Assad.
Mas agências publicaram que pelo menos 3 membros do Hezbollah teriam sido feridos em confronto com os rebeldes sírios em operações militares nos últimos 2 dias, deixando ainda um saldo de 12 rebeldes do FSA mortos. As fontes revelaram que o comando rebelde da Síria teria acusado o Hezbollah de "intervenção militar" no último domingo.




No Twitter, internautas se perguntam: "O que o Hezbollah faz na Síria?"

Continuaremos a atualizar as informações. Fique com a gente.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: