sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Síria: Batalha dos Aeroportos Rebeldes tomam Base Aérea em Deir Azour

Chuva de mísseis e foguetes em Aleppo deixa 12 mortos muitos feridos e desabrigados. Vitória do Regime, enquanto governo sírio ataca áreas residenciais, FSA avança em Deir Azour e toma base militar e o Centro de Defesa Aérea.


Base aérea militar de Aleppo tomada no último fim de semana pelos rebeldes. Cortesia  Revolução Síria e FSA.
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 22 de Fevereiro de 2013 - 19:56 GMT-3

O mundo está assombrado com os dois atentados supostamente terroristas que mataram dezenas de pessoas e feriram outras centenas, enquanto procura minar a credibilidade da oposição, acredita estar ganhando confiança de parceiros e a comunidade internacional, que está apreensiva com a grande jogada política que gira em torno da revolução e do regime de Assad. Neste dia, a fotógrafo da "Agência Reuters" flagrou o momento em que foguetes de pró-assad derrubavam casas residenciais em Aleppo. Na foto, uma adolescente ao voltar da escola se depara com a casa completamente destruída.

Base aérea militar de Aleppo tomada no último fim de semana pelos rebeldes. Cortesia  Revolução Síria e FSA.
Pesquisando na internet um grupo de ativistas encontrou uma página de Facebook de militantes pró-assad. A página que ainda permanece online, exibe fotos de Shabihas (milícia de tribais xiitas pró-assad) preparando carros-bombas para simular atentados, e em uma das fotos, que tivemos acesso está escrito que é com carros bombas que o grupo combate aos "terroristas" (Apelido dado por Assad aos militantes do FSA).

Enquanto isto um novo ataque aéreo em Damasco deixou 13 mortos, disse o NYTimes. Rebeldes ainda mantém estratégias avançadas de guerrilha e acabaram de tomar um importante ponto estratégico; a Torre Tal Hamis, que fica situada próximo a cidadela de Qamishili, o reduto do povo Curdo-sírio.

Roma

Uma fonte revelou que o comando rebelde teria rejeitado o encontro com líderes da Igreja Católica Apostólica Romana em protesto pelo "Silêncio Internacional". Segundo a fonte, os rebeldes classificaram a situação como "vergonha internacional".

Coordenação Geral de Locais da Síria

Por um comunicado especial a LCC falou sobre o esforço dos ativistas que iniciaram a revolução, de conscientizar a grupos particulares e milícias a desistir de portar armas, com a esperança de manter o foco e o FSA no planejamento e ação das batalhas contra o regime. Preocupada com as denúncias de grupos armados independentes estarem espalhados por todo o país, a LCC enviou comunicado interno para que estes grupos desistam de suas práticas e em seus próprios termos disse:

"Com a disseminação indiscriminada de armas (por razões internas e externas), os ativistas têm notado abusos por parte de algumas facções armadas. Portanto, o LCC tem conduzido seus ativistas a enviar mensagens fortes por toda a Síria a todos os militantes que optaram por portar armas." "Os ativistas da LCC levantaram bandeiras descrevendo a necessidade de se recusar a portar armas aleatoriamente, e alertou que o uso estratégico de armas é o que vai nos levar à vitória final."


Como é de se esperar, há grupo armados na síria que estão surgindo do Líbano, da Jordânia e do Iraque. Há grupos sim, querendo pegar carona na crise, mas há um núcleo coeso de líderes rebeldes de altíssima patente, que estão lutando "no terreno". No fronte estão derramando seu sangue e enquanto um serviço de inteligência forte vem mantendo o grupo cada vez mais unido e interligado, políticos e empresários de todo o mundo buscam achar uma brecha para que possam retirar um pouco ou muito de qualquer lucro possível que seja desta dramática situação. É claro que todas as guerras do mundo são assim, mas há de se convir que o mundo está mudando para melhor, e que homens poderosos não poderão ditar ordens absolutas por muito tempo. O povo hoje é mais inteligente e tem sim o direito de exigir sistemas de governos mais inteligentes e que ofereçam algo em troca, se quiserem ser mantidos.

Área controladas

A oposição está avançando e se profissionalizando dia após dia. Seu último anúncio, por meio da "Coalizão Nacional" revela este crescimento em estratégias. Com o objetivo de isolar o regime sírio (que já não tem aeroportos para facilitar a sua fuga), a oposição anunciou que iniciará a criação de governos regionais provisórios em locais "liberados" e controlados pelo FSA. Esta estratégia facilitará a reconstrução do país e a organização das comunidades, bem como a proteção das propriedades de grupos criminosos e vândalos, que por ventura estejam intencionando repetir o que aconteceu na Líbia em 2011, quando milícias e quadrilhas aterrorizavam a população, no período em que o governo provisório ainda não havia sido constituído.

Bombardeios continuam

Enquanto o mundo tenta descobrir que foi o responsável pelo ataque "terrorista" do regime sírio que matou dezenas de pessoas nesta quinta, o regime sírio intensificou o bombardeio de residências usando 4 métodos:

  1. Foguetes
  2. Mísseis terra-terra
  3. Mísseis Ar-terra
  4. Morteiros

Em Daara há 1 hora foi relatado pela LCC que o pesado bombardeio executado pelo 15º batalhão do Exército Sírio tem levado à destruição de muitas casas, na região de Inkhel.
Bombardeios acontecem simultaneamente no vilarejo de Al-mayathin, em Homs no bairro de Ghonto,
Em Aleppo um ataque por meio de mísseis "Scud" reportado por ativistas do LCC como tendo deixado 29 vítimas nesta sexta, com o colapso de um edifício localizado no bairro de Ma'adi.

Atualização: 23:51 Aleppo à noite permanece sob pesado bombardeio. A agência independente de notícias AMC (Aleppo Mídia Center) relatou que o bombardeio já derrubou mais de 70 edifícios e casas residênciais, deixando um saldo superior a 100 mortos, disseram ativistas no local. A fonte revelou que até militantes do FSA estão ajudando a retirar pessoas dos escombros.

Estatísticas de mortos do dia: 213

*A LCC confirma que desde o dia 20 de Agosto 2012 até 22 de Fevereiro de 2013 exatas 28.348 pessoas morreram na crise síria.

Atualizando.... Quer saber sempre a verdade dos fatos? Fique com a gente! Comente, curta, compartilhe e divulgue nosso trabalho que é sério, detalhado e visa manter a verdade sempre à serviço da humanidade.  

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: