sábado, fevereiro 23, 2013

Índia: Epidemia de estupros e suicidios por minuto.

Na Índia a epidemia de estupros é profunda e acontece diariamente, e disso o mundo já sabe, mas não sabe que à cada 9 minutos um homem casado se suicida, fora as mulheres e adolescentes.


"Funeral of homeopath Sushruta Martins, May 2010" - Funeral católico - Cortesia  fredericknoronha
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Fevereiro de 2013 - 06:22 GMT-3

   A índia é o país que tem a maior população do mundo, seguido pela China e juntos possuem as maiores taxas de suicídio do planeta. Este país vem sendo exposto dia-após-dia e esta exposição reflete o esforço da população indiana e o desejo por mudanças, mas demonstra que o governo indiano ainda não pegou firme nas rédeas dos problemas mais crônicos e hediondos.  Corrupção e abuso de práticas abusivas são a chave dos maiores e lamentáveis problemas.

Epidemia dos Estupros

   Os estupros mais acontecem nos interiores dos transportes coletivos, nas residências e em outros locais fechados, e mesmo com a ampliação do contingente policial, a situação continua difícil, uma vez que a maioria dos estupros terminam com a morte da vítima, e a legislação ainda não foi aplicada com rigor. Os julgamentos são longos e as ocorrências são tantas que é complicada e demorada a investigação de casos específicos. 

   Um dos casos recentes foi reportado pelo "straitstimes" sobre 3 irmãs estudantes que foram violentadas e seus corpos foram encontrados dois dias depois dos desaparecimentos informados. O caso aconteceu no dia 14 de Fevereiro no bairro de Bhandara, em Maharashtra, estado indiano.

Epidemia dos Suicídios

   O suicídio na índia é uma prática alarmante e há inúmeras justificativas para sua prática. A mulher que se sente desonrada, após ser vitimada em estupro, ou as vítimas de estupro que nunca viram seu caso sendo julgado nem seus agressores presos; os homens casados que não conseguem suportar a pressão das contas à pagar e a vergonha do desemprego, e os empresários e trabalhadores rurais!

   Em 2011 um estudo divulgado pelo site "indiatribune" revelou que um homem indiano se suicida à cada 9 minutos. Outro relatório datado de 2011 revela que à cada 9 horas um rural se suicida na Índia.   Mas o caso dos homens que se suicidam por problemas de relacionamento e por crise financeira no seio do lar ainda é considerado "epidêmico"!

   Ônibus Coletivo - Em dezembro de 2012 um caso muito vergonhoso aconteceu na Índia: Uma adolescente (17) foi vítima de estupro coletivo no interior de um ônibus dois dias antes da morte de "Nirbhaya". Ela denunciou seus estupradores e o(a) policial que a atendeu, a pressionava para que ela se relacionasse e se casasse com um de seus estupradores. Chocada, a menina se suicidou.

   666 - Parece uma piada que uma adolescente satanista cometeu o suicídio número 666 do ano, e pulou do sexto andar numa sexta-feira às 6 horas. O caso foi falado por um pefil indiano de twitter dedicado à confissões de seus seguidores Teen "ITEConfession".

  1 corda pra dois - Outro caso de suicídio mais recente na índia, foi o do marinheiro "Niranjan" que se afogou, quando uma tempestade forçou o navio mercante Pratibha Cauvery a ficar encalhado em Outubro passado. Após longa espera, os pais do marinheiro se certificaram que o dono do navio foi mantido impune, a justiça não lhe exigiu qualquer prestação de contas e não ofereceu qualquer ajuda aos seus familiares. Em consequência disto o casal lançou uma corda no telhado, e cada um se pendurou num lado da corda. Isto aconteceu na região de Puliyamangalam.

  O suicídio indiano, em sua maioria reflete que o povo não tem direitos legais de reclamar dos abusos do próprio governo. Em um site noticioso indiano, vi uma foto em que manifestantes escreveram num cartaz: "Ser estupradas nós podemos, só não podemos protestar!". A corrupção do governo e a retirada dos direitos da população é a razão para tantos trágicos incidentes epidêmicos. Uma corrupção que já não está cabendo em si.

 @Kaymee - Um twiteiro indiano comentou
 Escolas indianas ".:. Muitos estudantes são fisicamente, mentalmente e sexualmente abusados.  Alguns cometem suicídio. Alguns morrem após abandonar suas escolas."

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: