Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Denúncias de fraude na UNHCR e Direitos Humanos da ONU, troca elogios e imunidades mútuas.

Que o mundo está perdendo a fé nas Nações Unidas, isto já é fato. Que a Organização das Nações Unidas mergulha em descrédito dia-após-dia, isto também é fato. Juntamente com ela, seus escritórios e agências estão mudando suas estratégias e seus princípios mais fundamentais, deixando de lado a razão mais importante a que foram criadas todas instituições que compõem o complexo "UN": "Proteger as minorias". Proteger tiranias tem sido a nova atividade das organizações Nações Unidas.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 30 de Janeiro de 2013 - 07:15 GMT-3
Atualização: 12:26

Desde o início do advento "Primavera Árabe" em 2010, as infraestruturas das Nações Unidas começaram a se testadas. Das declarações que condenavam a repressão a manifestantes pacíficos, ao envio de forças internacionais para aplacar o derramamento de sangue na Líbia, até a ignorar o genocídio na Síria.

Engraçado como o ditador Rosni Mubbarak foi incriminado por matar 3000 opositores, Muammar Gaddafi teria sido julgado pela morte de pelo menos 30.000 pessoas, se não estivesse morto. Enquanto isso Bashar Al-Assad continua livre de acusações mesmo com os números do genocídio tendo ultrapassado a casa dos 200.000!

Independente dos vetos da Rússia e China, abstenções de Índia, Venezuela, Brasil, Iran e Líbano, na maioria das votações da casa, que discutem os arquivos da Sìria, fica claro que as informações reais sobre os acontecimentos no terreno sírio, são (em função de troca de privilégios) ignoradas.

Por isto desde o massacre de Hamá em 1982, quando o ex-presidente sírio Hafez Assad assassinou mais de 45 mil pessoas e outras 65 mil estão ainda desaparecidas, as Nações Unidas não reconheceram todos os relatórios de morte, para que o ditador não fosse incriminado por "crimes de guerra" ou "genocídio", nem executado por ordem do Tribunal Penal Internacional. Por esta razão, o saldo de mártires na tentativa síria de mudar o sistema de governo, ficou fixado em 10 mil.

Hoje com a herança de Hafez Assad ligeiramente amplificada em Bashar Al-assad, este tem tido "carta branca para matar". Nenhum país toca nele. As organizações das Nações Unidas limitam-se a emitir declarações e a pedir ajudas humanitárias para as vítimas. Os números divulgados pelos Direitos Humanos das Nações Unidas são assustadores.

Nesta terça, o enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi disse aos repórteres no final de uma reunião de portas fechadas das Nações Unidas:

"A Síria está sendo destruído pouco a pouco. E em destruir a Síria, a região está sendo empurrado para uma situação que é extremamente ruim e extremamente preocupante para o mundo inteiro ", disse ainda Brahimi: 
"É por isso que eu acredito que o Conselho de Segurança não pode simplesmente continuar a dizer: estamos em desacordo...vamos esperar por tempos melhores. Eu acho que eles têm que lidar com esse problema agora ", afirmou.


Enquanto isso neste exato momento a ONU realiza uma conferência no Kwait para arrecadar 1.6 Mi para reforçar ajuda humanitária para os refugiados e desabrigados sírios. Não sei ainda qual a fonte levou os rebelde sírios a acreditar que a ONU prometeu enviar 500 milhões para o regime sírio como "ajuda humanitária", o que fortaleceria ainda mais seu poderio de destruição e matança. Não consegui identificar a fonte e se algum leitor por ventura tiver este dado, por favor nos informe aqui. Protestos massivos acontecem por toda a Síria com o seguinte slogan: "Cara ONU: sua ajuda humanitária está nos matando!"

No texto abaixo da foto acima está escrito:
"Procure a definição de "Insanidade" no dicionário e você vai encontrar o nome da ONU, ao lado dele. Meio bilhão de dólares vão para Assad e o governo, para o que? "Reconstrução" REPAIR "" e "reabilitação"!  Duh! Quem está fazendo o bombardeio? Gasparzinho, o fantasma? 
Queridos da ONU, a sério, façam uma verificação séria!Assad regime Assad = governo = assassinos tão simples ASSIM!"

A ajuda humanitária que está sendo levantada no dia de hoje no Kwait, visa beneficiar pelo menos 4 milhões de sírios espalhados por todos os países vizinhos, ao invés de cessar o conflito.

Não há qualquer esforço para impedir o presidente sírio de bombardear casas, universidades, quarteirões, aldeias inteiras praticamente pulverizadas com "Napalm" e outras armas químicas incendiárias. Uma verdadeira limpeza étnica! Ninguém age para o fim do genocídio, mas para buscar dinheiro, todos os países estão se envolvendo! Porque levantar ajuda para afetados e feridos, ao invés de impedir o ataque à população civil em quase 100% do pais?


Mudando de problema, o HRW observa que (assim como o Saulo Valley Notícias) tem alertado muitas vezes para o desequilíbrio que vem acontecendo na ONU desde meados de 2011, quando juízes, coordenadores e chefes de escritórios em sua grande maioria, são países asiáticos, africanos ou árabes que mais têm citações em listas de crimes graves. Muitos deles com nomes indicados para o Tribunal Penal Internacional por "crimes contra humanidade", contra os "direitos humanos" e "crimes de guerra"!

Seguindo o exemplo citado pela própria HRW (Observatório dos Direitos Humanos), a maior agência internacional que fiscaliza os Direitos Humanos no planeta, que disse em um comunicado de imprensa nesta terça:

"O escolhido no início deste mês, por sorteio de lotes, para ser um dos três supervisores de revisão de Israel foi recentemente eleito membro UNHRC, a  Venezuela, da ditadura de Hugo Chávez, aliado da ditadura iraniana.
"Um júri de bandidos não é justiça, é uma farsa", disse o diretor executivo da UN Watch Hillel Neuer. "Lamentamos que a resolução de hoje não pode enxergar o elefante na sala: desvio sistemático do conselho contra Israel."

Esta pesada crítica já se refere ao programa chamado UPR. Um relatório de ocorrências de cada um dos 163 membros da UNHCR realizado à cada 5 anos. Este relatório visa verificar as ocorrências em cada país-membro individualmente e destacar os que mais feriram ou os que mais valorizaram os Direitos Humanos em seus governos.

O HRW critica o fato de que a Venezuela foi justamente o país sorteado para liderar esta apuração. É neste momento que se vê, e o HRW destaca isto com clareza, que todos os dedos indicadores apontam para Israel como o país que mais cometeu crimes contra os direitos humanos...  Por esta razão, ao ver que a bancada julgadora é formada por países cheios de acusações de crimes contra os direitos humanos, direitos civis, abuso de poder, genocídio entre outros graves crimes contra as minorias, e que estando nas posições em que se encontram agora; adquirem imunidade por 5 longos anos, para continuarem a praticar seus crimes contra os povos e ainda poder para apontar todas as condenações e resoluções da ONU para seus adversários, a saber: Israel tem sido o mais apontado.

Por esta simples razão que em 2011, a Síria foi recebida no roll dos Direitos Humanos da UNESCO com "MAIORIA DOS VOTOS!" E nesta troca de elogios entre países que formam a bancada de juízes da UNHCR, com seus outros parceiros bilaterais e aliados, é que as ditaduras estão sendo protegidas e imunizadas. No caso da Síria: BLINDADA!

Somente o povo de Síria morrendo, declarando Jihad contra o regime, é que por ventura conseguirão alcançar o direito buscar uma vida mais livre , como sonham hoje todos os sírios. Com esforço próprio.

Mas há quem acredite que pode convencer a tantos exploradores de desgraças e carniceiros reunidos num único conselho, para que possam de alguma forma muito convincente, abrir mão do lucro com o genocídio  de inocentes, para salvar as vidas que ainda restam. Por esta razão, é que o terceiro enviado especial eleito pela ONU e pela Liga Árabe para o conflito na Síria Lakhdar Brahimi insistiu:

"Agora estou pedindo ao Conselho de Segurança para tomar medidas porque a declaração de Genebra, que contém, de fato, uma série de elementos que proporcionam uma solução razoável para o conflito não pode ser implementado como ele é", disse o enviado. "Ele precisa de ação do Conselho e sugeri algumas idéias para eles."
Esta á uma verdadeira "queda-de-braços". Uma luta entre o contratante e o contratado. Quem vencerá?

A ONU contrata pessoas de fora do núcleo do Conselho de Segurança. Pessoas com dignidade, paixão e ativismo. Envia para a Síria ou outro país em crise para fazer o que ela já sabe que não vai funcionar, porque "a resolução da crise não está no terreno", e sim na mesa redonda do Conselho de Segurança. "Quem vai ganhar o quê" com a permanência ou o encerramento do conflito?

Por esta razão é que os outros enviados anteriores pediram demissão. E pra não ficar só nas palavras de Koff Annan, nesta terça o terceiro enviado-especial da Liga Árabe e das Nações Unidas para a Crise na Síria Lakhdar Brahimi se demitiu - Disse o jornalismo da ONU.

Em suas ultimas palavras o enviado disse:

"No momento sinto que sou completamente inútil. Não vou ficar aqui mais nem um minuto."

Mesmo assim, ainda nesta terça, o Embaixador do Pakistão Masood Khan, disse para conselho de membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas que a crise da síria deveria ser resolvida imediatamente. Transmitindo palavras de urgência para a solução da crise. Como se alguém estivesse dizendo para um grupo de crianças que brincam num carrossel: "Vocês precisam parar de brincar e voltar aos estudos e fazer os deveres de casa"...  Ele fez sugestões para ajudar a reduzir o "impasse político" que tem obstruído qualquer tipo de ação direta das Nações Unidas para socorrer o povo da Síria:

"Dei várias sugestões aos membros do Conselho para quebrar o impasse e tentar encontrar alguma fórmula para uma solução política", revelou a redação de Jornalismo da ONU.
Enquanto que no que concerne ao "relatório de bom comportamento do UNHCR" a cúpula da HRW denunciou que a UPR está sendo manipulada pelos que classificou como "Os piores violadores de Direitos Humanos do mundo". Esta cúpula de juízes de direitos humanos da ONU está sendo apelidada pelo HRW de "A Sociedade do Elogio Mútuo" e foi ela que concedeu tantos benefícios para Muammar Gaddafi, que ao perder o governo da Líbia, seria acusado pelo assassinato de pelo menos 30.000 pessoas, mas após perder o cargo acumulava infinitamente mais elogios no âmbito de Direitos Humanos que acusações.

Postagens mais visitadas deste blog

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Rodoviária Novo Rio - Assaltos, insegurança, medo, abandono e caos nas vias de acesso

   A Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro é muito bem policiada, graças a Deus. Mas as vias que levam até ela sofreram mudanças radicais com as últimas obras na região. Um completo abandono absurdo fora do prédio. Veja os pontos mais perigosos:


Atualização: 14/05/2015 - 19:30 GMT-3
   Pra começar a segurança é zero, fora do âmbito da Rodoviária e quem vai viajar de ônibus precisa assumir os riscos. Assaltantes emboscados esperam 24 horas por suas presas que passam com suas bolsas e malas e são abordadas sucessivamente sem que sejam incomodados. A engenharia de trânsito é péssima e a maioria dos pontos de ônibus foram colocados a quase 1 quilômetro de distância da rodoviária e quem depende destas conduções para retornar pra casa, é obrigado a percorrer esta distância arrastando malas, caixas e bolsas, enquanto que os ladrões vão correndo atrás de suas vítimas como leões atacando uma manada de zebras.

   A alternativa forçada pela situação só privilegia os taxistas que fazem …