Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

2013 começa com disputa pelas ilhas Malvinas-Falkland

A presidente argentina Cristina Fernandes enviou mensagem para Margaret Thatcher pedindo a devolução das Ilhas Malvinas (Falkland) logo nos primeiros dias da primeira semana do ano. Um referendo deverá decidir quem controla a região.


© Copyright David Dixon and licensed for reuse under this
 
Creative Commons Licence.


Por SauloValley - Rio de Janeiro, 03 de Janeiro de 2013 - 08:13 GMT-3
Atualização: 09:57


O conflito que em 1982 deixou muitos sul-americanos amedrontados, tende a voltar a ser discutido, depois que a presidente da argentina Cristina Fernandes Kirchner voltou a reclamar o direito argentino sobre as Malvinas.

Um referendo anunciado para Março próximo deverá ser levantado para decidir novamente o retorno do impasse que tem levado Cristina em seu segundo mandato, a lutar pela revogação do direito britânico sobre a região.

Cristina escreveu uma carta aberta para o premier britânico David Cameron acusando seu governo de prática de colonialismo durante a tomada das ilhas Malvinas há 180 anos. Em suas palavras, Cristina afirmou que "A Argentina foi violentamente despojada das Ilhas Malvinas", tendo seus habitantes sido "expulsos" pelo governo britânico por meio da "Marinha Real do Reino Unido". Ela ainda afirma que a população foi sendo substituída, como é comum à prática do colonialismo.

Na carta que foi endereçada ao Secretário Geral das Nações Unidas Ban Ki-Moon, Cristina reclama pela "integridade territorial argentina", apontando a Grã-bretanha com obstáculo para que o mesmo ocorra, citando ainda o tratado de 1960 que proíbe a prática deste tipo de atividade, aprovado quase que unanimemente pelos estados-membros da ONU. A carta lembra ainda que em 1965 a ONU considerou "colonização" a ocupação britânica das Malvinas (que teria ocorrido em 1833), pedindo que os dois países voltassem para o diálogo à fim de resolver a questão de forma pacífica.

Como resposta, o governo da Ucrânia disse nesta quinta-feira que a disputa havia sido decidida num referendo cuja população decidiu por Londres.

A carta aberta que foi publicada nesta quinta-feira pelo site ucraniano noticioso "Guardian", acabou sendo alvo de muitas críticas, acusado de "propaganda argentina". O mesmo respeitado site com sede na Ucrânia, publicou no dia 28 de Dezembro de 2012 uma matéria contendo um video como prova de que as Ilhas Malvinas foram invadidas por um "ataque surpresa". Há quem acredite que o ministro David Cameron deva citar o "Guardian" em seu próximo pronunciamento.

Pelo twitter fictício da Rainha Elizabeth respondeu em nome do reino:


"Querida Argentina, obrigado por sua carta. Tendo enviado o seu pedido de qualquer forma, não, você não pode ter as Ilhas Malvinas. Atenciosamente, A Rainha."
Enquanto o clima parece estar só no âmbito da diplomacia, sul-americanos se estressam só em pensar num conflito internacional próximo de suas fronteiras. O conflito das malvinas matou 258 pessoas em 1982.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Blue Whale 1 - O game da morte em nome da Baleia Azul

Blue Whale: O jogo da morte induz adolescentes ao suicídio via Redes Sociais e Skype já fez mais de 130 mortes entre Rússia e Europa, mas já tem adeptos no Brasil - Continue Lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 09/04/2017

Poderia ser uma lenda urbana.. Mas o game "Blue Whale" (Baleia Azul) se tornou viral na Europa e na Rússia (desde 2014) deixando pais e as autoridades locais em completo alerta. O game que usa basicamente as redes sociais também promove encontros e eventos fora da web, reunindo suicidas depressivos adolescentes em espantosa e crescente comunidade.

Nos últimos 3 dias as agências internacionais começaram a alertar ao mundo sobre este jogo de auto-flagelação que culmina no suicídio. Os administradores do grupo exercem grandes pressões para garantir que o grupo seja unido, confiável e fiel aos propósitos malignos a que se propõe sem questionamentos.

Uma adolescente disse ao Saulo Valley Notícias que tem a informação de que quando o …

Brasil: país estarrecido com corrupção presidencial faz silêncio doloroso

Nos últimos 15 anos o povo brasileiro já viu de tudo que não queria ou não esperava ver acontecendo na administração pública. Hoje um silêncio profundo e ensurdecedor ecoa pelos ares, acompanhado de lágrimas secas desesperadas, engolidas pelo choque dos graves acontecimentos da crise moral-política que a nação vive hoje - Continue Lendo e compartilhe


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro,  de Agosto de 2017

O barulho é ensurdecedor. As TVs ligadas em volumes mais elevados que o normal. Todos sintonizam seus aparelhos nos mesmos conteúdos. A reportagem vai derramando, como numa avalanche uma aterrorizante sequência de ondas de notícias trágicas e desesperadoras.

Os debates nas ruas terminaram. As opiniões já não importa. Antigos partidaristas agora não sabem mais o que defender, se direita ou esquerda. Todos estavam errados.. Dolorosa realidade vai formando uma nova onda de reações silenciosas e quase imperceptíveis. São pequenos espasmos pós-trauma. O país virou a…