sexta-feira, junho 15, 2012

A re-inauguração do Imperator depois de 16 longos anos.

A casa de shows Imperator já foi uma das maiores referências em espetáculos da Zona Norte do Rio de Janeiro. Com passar dos anos se viu literalmente jogada às baratas. Eu tive a oportunidade de estar no palco com a Marron no final de 1994, quando a casa já não tinha forças para continuar em funcionamento.

O novo visual do Imperator convence. Vale a pena conferir. fotos Saulo Valley

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Junho de 2012 - 09h53 GMT-3

No lançamanto do disco (ainda em vinil) "Brasil de Oliveira da Silva do Samba" da cantora Alcione (a Marrom) eu era backvocal ao lado das vocalistas Analimar e Áurea. No palco a Banda do Sol, formada por 15 músicos incríveis, destacando o maestro Celso Santana, Paulinho Trompete, músicos com quem me relacionei mais tempo.  A direção do espetáculo estava por conta do mestre em produções espetaculares Walter Lacet. Na platéia ainda pude ver o saudoso ator, escritor e poeta Mário Lago ainda o ator Carlos Vereza e o cantor Neguinho da Beija-flôr, entre outros.

Não me foge das lembranças as muitas broncas que Walter Lacet dirigia à equipe técnica, durante os ensaios. Ele reclamava da qualidade do equipamento e das condições da casa. Nesta época, Imperator já não era símbolo de novidade, nem de glamour ou de pompa. Era apenas uma tradicional casa de espetáculos da Zona Norte, jogada às traças!

Bramando por causa dos erros e defeitos que surgiam durante os ensaios, o mestre Walter Lacet questionava:
"Desse jeito no que esta casa vai se tornar, num bingo ou numa igreja universal? Isto está uma vergonha!"
 No fim das contas, a brava Alcione conseguiu realizar seu tão desejado espetáculo em curta temporada, partindo então para outras casas noturnas do Rio, do Brasil e do mundo. Nesta época optei por seguir carreira solo, após ter gravado meu próprio vinil.

Uma casa de espetáculos cinquentenária tranformada em shopping popular.
Finalmente recuperada ganhou novo impulso. Obrigado à Prefeitura do Rio.
Re-inauguração

Nesta terça 12 de Junho de 2012 a casa de espetáculo Imperator foi literalmente ressuscitada. Fundada em 1954 e fechada em 1995 por razões de abandono, a casa de shows mais importante da Zona Norte do Rio precisava de ser re-inventada, para a alegria do povão leopoldinense.

Com a nova estrutura, hoje a casa oferece teatro, sala de espetáculos e exposições, terraço e um restaurante. A infraestrutura moderna permite que hajam atrações em todos os pavimentos da nova instalação. Logo no primeiro andar é possível visualizar um bar, um café e um teatro com 607 lugares que pode ser transformado facilmente em arena para shows com capacidade para até 1500 pessoas.

Outra novidade muito atraente está no segundo andar, onde funcionarão 3 salas de cinema ainda em processo de licitação (2 delas com 120 lugares e outra com 168). A sala de exposições funciona no 3º andar e na cobertura batizado como "Espaço Rio de Janeiro" a área aberta onde se encontra agora um restaurante. Tudo muito lindo, muito glamouroso e diferente, dos velhos tempos de espetáculos na casa. O "Espaço Cultural João Nogueira" será inaugurado nesta sexta e sábado (15 e 16) com a presença de João Nougueira e a bateria da Portela no lançamento do esperado "Sambabook".

Estive na casa no dia 17 para acompanhar a areação do público, já que a agenda da casa indicava atividades gratuitas durante todo o dia, de 09 às 17. A programação foi fechada com uma honrosa homenagem ao Clube do Samba em um show que emocionou das crianças à terceira-idade.

Homenagem ao Clube do Samba e seus fundadores. João Nogueira entre eles.
Foto Saulo Valley
O site "tvprefeito" destacou que a casa foi reformada por 28 milhões pela Riourbe, que pertence à secretaria municipal de obras. O Centro Cultural João Nogueira fica na Rua Dias da Cruz, 167, Méier.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: