quinta-feira, junho 28, 2012

Atualizações da Guerra: Fronteira turca/síria militarizada, petroleiros do Irã abastecem tanques sírio.

3 petroleiros iranianos foram vistos entrando no canal de Suez nesta quinta com destino à Síria. Segundo a fonte, eles abastecerão os novos tanques do exército que utilizam um diesel mais especial. Ativistas da "Syrian Revolution" acreditam que os navios estejam chegando no Banyas neste momento.


Por Saulo Valley para JIRABH (Jornalismo Internacional na Revolução Árabe do BlogHumans)
Rio de Janeiro, 28 de Junho de 2012 - 10h18 GMT-3

Enquanto a comunidade internacional se digladia sobre as questões da legalidade do socorro ao povo sírio, o regime do presidente Bashar Al-Assad imputa violenta pressão para exterminar com toda e qualquer oposição ao seu governo. Uma campanha militar sem precedentes contra civis, famílias de políticos de oposição, ativistas e desertores. Considerado o maior massacre da atualidade, a crise síria está longe do fim, sem intervenção internacional.

Nesta quarta um helicóptero foi fotografado por um ativista e quando a Revolução Síria foi analisar as imagens, descobriu que a aeronave era equipada com lançador de bombas. O Helicóptero sobrevoava a região de Daara. Enquanto isto cresce a mortandade infantil e feminina. Massacres intencionais com abuso de armas brancas por Shabihas.

Nesta quarta um novo massacre em Homs deixou 13 mortos, entre eles a maioria de mulheres e crianças


As vítimas eram quase todas da mesma família:

  • Ziad Ali Atribuição de 13 anos
  • Safa Ali  Atribuição de 22 anos foi morta com seus 3 filhos
  • Hana  Atribuição de 20 anos 
  • Ghada Ahmed foi morta com suas duas filhas
  • Muhammad Ali  Atribuição
  • Mohammed Abdullah
  • Abeer Mustafa  Atribuição de 6 anos
  • Sawsan Mustafa  Atribuição de 3 anos
Atualizando...

Project 1155.1 Udaloy-II class destroyer
07h39 - Guerra não-declarada

Avião turco RF-4E pode ter sido derrubado por uma canhoneira russa em águas sírias. Se a informação for confirmada, este será o terceiro ataque a aeronaves turcas em 2 semanas, sendo 2 delas destruídas. De acordo com o site "defencenet" a notícia teria vindo por um político turco que teria feito a declaração para o Canal turco TV8. A fonte citou o político como se referindo ao destroyer russo como um do tipo "Admiral Çapanenko" Udaloy II. Há suspeitas de que o avião militar turco teria se aproximado demasiadamente da embarcação russa. Apesar das informações, o Governo turco foi citado por não ter feito qualquer comentário à respeito.

O ativista Jamil Nasser, colaborador do BlogHumans disse que um ataque aéreo dos EUA está sendo esperado para as próximas horas contra o regime sírio. De acordo com  Nasser, os navios americanos estão sendo mobilizados no Golfo Pérsico.

Agências árabes informaram que sistemas de mísseis e tropas de infantaria foram enviadas para a fronteira turca com a Síria. O site de notícias "The Hindu" disse há pouco que armas anti-aéreas com capacidade de multiplos lançamentos foram instalados ao longo da fronteira turca com a Síria. Ainda foram gravados exercícios com mísseis no lado turco há 2 dias.



10h30

Na última hora fortes explosões foram sentidas na região suburbana de Damasco. há relatos de pelos menos 3 feridos.  A CCLSy (Coordenação de Locais da Síria) alerta para a invasão de forças de segurança e os temidos Shabihas na região de Assaly. De acordo com a fonte eles realizam operações de prisões massivas e ataques e saques de lojas. Helicópteros militares sobrevoam a região de Saqba, ainda no subúrbio da capital.

Atualizações de mortes

A Coordenação das comissões de Locais da Síria disse ainda que o número de mártires da revolução nesta quinta subiu para 65. Entre as vítimas do regime sírio 5 crianças, e 2 mulheres. 24 pessoas já morreram na região suburbana de Damasco. 17 pessoas foram mortas em Homs, 12 em Deir Al-Azour, 5 em Idlib, 4 em Daara 2 em Damasco e Hama.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: