Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Síria: Daara: Falta gás de cozinha há 3 meses. 15 mutilados e 3 estupros em Homs.

A população síria tem vivido de improvisos. Os mais afortunados conseguem em algum bosque próximo, encontrar lenha para acendeu o fogo e fazer comida, mas na maioria dos casos, a busca por alimentos para adquirir tem sido como tentar achar água no deserto do Saara. Sem comida, sem água, sem eletricidade, sem gás de cozinha, sem casa, sem paradeiro, sem país, sem governo, sem educação, sem ajuda humanitária, sem defesa, sem direitos, sem razão para continuar vivendo...


Em 3 meses nenhum butjão cheio entrou em Daara. "Snapshot"

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 21 de Maio de 2012 - 10h21 GMT-3

Na região de Silk, no protetor um carregamento de gás trouxe muita alegria para os moradores que há tempos não tinham acesso ao produto cada vez mais escasso em função das sabotagens dos dutos de gás por parte do exército regular sírio em cumprimento de ordens enviadas pelo Serviço de Inteligência Nacional da Síria.


As péssimas de deploráveis condições de sobrevida se agravam ainda com os ataques massivos do regime contra a população civil. Nesta sexta-feira 15 pessoas foram mortas e 3 mulheres foram violentadas por forças de segurança. Pelo menos 300 pessoas foram presas aleatóriamente neste dia. De acordo com relatório enviado pelo Instituto Alwaref, os 15 corpos encontrados estavam completamente deformados e mutilados. Alguns foram decapitados. Os corpos e as mulheres deram entrada no hospital Bisan ( único em Homs). Este hospital é mantido pelo Crescente Vermelho palestino que afirmaram que as 3 mulheres foram violados pelos bandidos pró-assad conhecidos como "Shabihhas" (Os Shabihhas são membros de uma tribo síria de mercenários frios que praticam os piores crimes em nome do regime. Eles são responsáveis pela maioria dos estupros e das mutilações e esquartejamentos. Estas são suas principais marcas).

A crise se aprofunda na Saúde.

Ativistas afirmaram que as forças de segurança impediram que os Observadores da ONU tivessem acesso ao Hospital  Bisan. A fonte informou ainda que os corpos foram inscritos em registros diferentes dos usuais, mas há informações de que os Observadores foram alertados sobre o caso. Alguns ativistas se mostraram frustrados pela não-reação da equipe e acharam suspeita a sutileza com que trataram o assunto.

Uma fonte anônima informou à seguir que os ativistas que tiveram contato com os Observadores para falar sobre estes corpos, foram alertados pelos Observadores para deixar a cidade, pela proteção de suas próprias vidas.

Já o "Instituto Alwaref" informou que partiu de Damasco, na voz do ministro sírio da Saúde, que teria decretado o fechamento de todos os hospitais do SPC (Crescente Vermelho Sírio) nos próximos 15 dias, alegando que os mesmos "não têm autorização para funcionar", mas segundo a fonte os Hospitais da rede RPC são autorizados por decreto publicado há vários anos.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Sahar Tabar jamais fez 50 cirurgias acabem com a Fake News - O Observador do Mundo

A jovem iraniana Sahar Tabar vem sendo ridicularizada por internautas do mundo inteiro desde que um site publicou que a "mulher iraniana teria feito 50 cirurgias pra se parecer com Angelina Jolie" mas seu rosto teria ficado deformado. Seria isto mesmo? Saiba a verdade a seguir:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 03 Dezembro de 2017

Sahar Tabar é uma jovem iraniana comum, que aos 19 anos vive numa ditadura islâmica radical, em que as mulheres são vistas pela maioria dos homens como apenas objeto sexual, maldição, lixo ou objeto de muitas punições e castigos em todas as áreas. Mulheres jovens bonitas nestes lugares não são apenas assediadas ou violentadas, são escravizadas e forçadas a ficar em silêncio já que não há lei que permita que ousem abrir suas bocas diante das autoridades. Muitas destas jovens são abusadas sexualmente pelos pais, pelos irmãos, vizinhos, colegas de escola, professores, colegas de trabalho e patrões, policiais e políticos. São vítimas de um siste…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Rodoviária Novo Rio - Assaltos, insegurança, medo, abandono e caos nas vias de acesso

   A Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro é muito bem policiada, graças a Deus. Mas as vias que levam até ela sofreram mudanças radicais com as últimas obras na região. Um completo abandono absurdo fora do prédio. Veja os pontos mais perigosos:


Atualização: 14/05/2015 - 19:30 GMT-3
   Pra começar a segurança é zero, fora do âmbito da Rodoviária e quem vai viajar de ônibus precisa assumir os riscos. Assaltantes emboscados esperam 24 horas por suas presas que passam com suas bolsas e malas e são abordadas sucessivamente sem que sejam incomodados. A engenharia de trânsito é péssima e a maioria dos pontos de ônibus foram colocados a quase 1 quilômetro de distância da rodoviária e quem depende destas conduções para retornar pra casa, é obrigado a percorrer esta distância arrastando malas, caixas e bolsas, enquanto que os ladrões vão correndo atrás de suas vítimas como leões atacando uma manada de zebras.

   A alternativa forçada pela situação só privilegia os taxistas que fazem …

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…