Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Damasco: Regime sírio em queda livre - Mais oficiais mortos

Desde o último fim de semana, a cúpula de comando do regime sírio não tem enfrentado outra coisa além da desintegração do sistema, que era considerado o mais bem protegido e fechado do mundo árabe. Um informante que pede para não revelar sua identidade alertou para a prisão do Ministro de Estado Suleiman Farzat. De acordo com a fonte, a autoridade teria sido flagrada filmando os atos de violência de forças do regime contra a população civil na cidade de Homs. A fonte disse ainda que o Ministro teria sido levado para a Inteligência Aérea na cidade de Aleppo.

Memória: Hamza Al-Khatib - há 1 ano na eternidade. Preso, torturado e morto pelo
regime sírio, o menino tornou-se um símbolo. Uma grande força para a
Revolução Síria definitivamente derrubar o sistema de ditadura e massacres.
Por Saulo Valley e (JIRABH) Jornalismo Internacional da Revolução Árabe do BlogHumans
Rio de Janeiro, 25 de Maio de 2012 - 07h43 GMT-3

Especialistas e pessoas ligadas ao regime sírio, mas que fazem oposição secretamente por medo, disseram acreditar que o ainda Ministro do Estado Suleiman Farzat possa ganhar liberdade com base nas leis internacionais como a Anistia Internacional, as convenções de Genebra e de Haia. A razão seria o fato de que o Ministro Suliman estava registrando crimes de guerra.

O regime sírio está desmoronando desde que o FSA iniciou uma campanha de execução dos oficiais no comando de todos os setores do ramo militar. O brigadeiro-General Nizar Al-Hussein, que comandava a Brigada Adra 37 em Damasco foi morto na estrada que liga Damasco a Homs, quando se confrontou com o Batalhão do Exército Livre Khalid bin Walid. A informação foi confirmada há 10 horas por um ativista ligado ao FSA.
Foto à Direita: Há poucos minutos um novo alvo foi revelado por membros do FSA: O Brigadeiro Ibrahim Hassan, foi anunciado como morto nesta sexta numa das páginas no facebook ligadas ao FSA (Exército Livre).

Outra fonte na Revolução Síria revelou que uma nova rebelião está acontecendo agora em Latakiya e que mais de 100 militares desertaram levando consigo todo o material ao alcance, para apoiar o FSA (Exército Sírio Livre), inclusive viaturas militares. 

Lista Negra

A sorte do regime sírio está lançada. Uma lista foi divulgada na internet há 20 minutos, com nomes e cargos da cúpula do regime sírio. Amargando os mais de 14.600 civis executados pelo sistema, a revolução jamais deixará que escapem ilesos. Nesta lista figuram as 28 pessoas-chaves do regime de Bashar Al-Assad. Todas as principais figuras do Clã, à começar pelo presidente:

  1. Bashar al-Assad: Presidente da República desde 2000
  2. Maher Assad: Líder da Guarda Republicana oficial e no quarto ano, que formam um exército dentro do exército (15000 tropas). Dado oficialmente como morto no dia 19-05-2012.
  3. Asef Shawkat: Secretário de Defesa Inteligência e responsável 
  4. Hafez Makhlouf: oficial de segurança de Damasco 
  5. Mohamed Khair Bek: Vice-Presidente Assistente encarregado de assuntos de segurança
  6. Zuhair Shailesh: Senior guarda de Bashar
  7. Rami Makhlouf: primo do presidente, e o homem mais rico e dono da economia da Síria
  8. Namir Makhlouf: o transporte de petróleo
  9. Kamel e Saddam Makhlouf: projetos de água
  10. Mohamed Makhlouf: um dos maiores trabalhadores do campo de petróleo
  11. Iyad Makhlouf: Vice-Presidente da "Syriatel".
  12. Kamal al-Assad: Presidente da Câmara de Comércio em Latakia
  13. Alaa Ibrahim, diretor-geral do Transporte Marítimo
  14. Riad Shailesh: Empresa de construções militares e contrabando e dinheiro
  15. Muhammad al-Assad: o contrabando de carros roubados no Líbano
  16. Muhammad al-Assad: drogas e tráfico de armas entre o Líbano e Turquia.
  17. Hilal al-Assad presidente do Cavalo Árabe, fez sua fortuna a partir de desvio de verbas da construção militar.
  18. Ghassan Muhanna: o proprietário do "imaginário", para camuflar as atividades do "Muhammad Makhlouf "no campo de petróleo que se al-Assad: O proprietário do" imaginário ", para camuflar as atividades de" Rami Makhlouf, "nos Estados Unidos Ayman Jaber: parceiro no trabalho de Rami Makhlouf, e um contrabandista de ferro, cigarros, drogas Firas Shailesh: gerencia os investimentos em "Chipre" Asif Shailesh: o contrabando de armas Exército:Nabhan al-Assad: segurança oficial da guarda Bashar al-Assad Adnan Makhlouf: o ex-comandante da Guarda RepublicanaManaf Tlass: Comandante da Guarda Republicana, e amigo pessoal de Bashar al-Assad.
  19. Adnan Assad: Geral Divisão deZuhair al-Assad: comandante do regimento 90 com base em Damasco, um leão enorme: o comandante da polícia militar e a prisão do 1º ano quarto árbitro, liderada por Maher Assad e serviços de inteligência.
  20. Jamil Hassan, diretor da Air Intelligence (não pertence ao clã de al-Assad) sobre a propriedade: Diretor de Segurança Pública
  21. Zuhair Hamed: Diretor Adjunto de Segurança Pública (não pertence ao clã de Asad).
  22. Mohammed Dib Olive: Director da Segurança Política (não pertence ao clã de Asad).
  23. Iyad Makhlouf: agente de Segurança Pública.
  24. Ammar Najib: Oficial de segurança militar.
  25. Atef Naguib: Um funcionário da Segurança Política na cidade de "escudo", onde a revolta começou na Síria.Cbihh família Jdaan: parentes da esposa Maher al-Assad, atacou os manifestantes em Paris no mês de agosto / ago 2011
  26. Munther al-Assad: Comandante Cbihh e fundador Fawaz al-Assad tem com seu irmão, "Warner" para estabelecer "Cbihh", que influenciou o trabalho de contrabando nos anos antes da década de noventa para retomar o serviço após a eclosão da revolução.
  27. Karam al-Assad: um dos responsáveis ​​pela actual "Cbihh", atacou um dos adoradores durante as comemorações de "A Noite do Poder" durante o mês de Ramadan em Damasco.
  28. Abdel-Fattah, a santidade de: Diretor de Inteligência Militar (não pertence ao clã de Asad).

Lista fornecida por ativistas políticos e de direitos humanos em Homs:(https://www.facebook.com/Waar.Revolution).

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Tecnologia: Conheça "Psiphon" cryptograma que fura bloqueios de acessos à internet contra ditaduras.

O Psiphon é o programa de código aberto desenvolvido para ser distribuído livremente para permitir que países, cujos governos censuram o uso da internet e monitoram ligações feitas com o Skype não consigam detectar a conexão.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 23 de Novembro de 2011 - 07h54min.

Tudo começou quando o Jornalista Ivan Watson da CNN recebeu uma ligação de um jovem ativista sírio de pseudo Musaab al Hussaini via Skype. Além de denunciar a situação no seu país em tempo real, ele descreveu o grau de libertação que o anti-tracker Psiphon lhe proporcionou:



A empresa
A Psiphon Inc. é uma empresa de software que decidiu investir num sistema que pudesse ser adaptado a diferentes situações no mundo. Ele pode ser adaptado de acordo com cada tecnologia de bloqueio e de vigilância utilizado pelos governos, regimes, ditaduras e reinos  no mundo, bastando que desenvolvedores estejam inclinados a utilizar seu código fonte como base da programação.
"Nós da Psiphon acreditamos que a Inter…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…

Índia: Violência de estupro e morte de "Nirbhaya" se reproduz desastrosamente como febre.

No dia 16 de Dezembro de 2012 a jovem Jyoti Singh Pandey (Nirbhaya) de 23 anos foi vítima do mais trágico estupro que se teve notícias na Índia. Com a internação da vítima que acabou não resistindo pela falência múltipla dos órgãos, uma incontável multidão saiu para as ruas do país para pedir o fim dos abusos contra as mulheres indianas. Mas com o passar de quase dois anos quase nada mudou. Aliás, mudou sim: Aumentou muito o índice de estupros seguidos de morte por agressões, torturas e outras atrocidades similares à violência que matou "Nirbhaya".
 O site "DNAÍndia" publicou um caso de estupro hediondo praticado contra uma menina de apenas 5 anos, que teria acontecido nesta quarta-feira 28/08 na região de Kandivli. De acordo com a fonte o criminoso além de cometer todas as violências que queria, ainda utilizou um cabo de vassoura para inserir na genitália da menina. A criança foi atendida num hospital local mas com a gravidade de seu estado foi transferida para o…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Brasileiros e sírios levam arte às crianças refugiadas colorindo cenários de guerra

Uma iniciativa que merece muitos aplausos levou um grupo de jovens artistas de rua brasileiros, a se encontrar com artistas e ativistas de diversos países em conflito armado. Eles tentam transformar campos de refugiados em escola viva de pura arte em cenário de muitas cores! - Continue lendo:


Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de aneiro 24 de Abril de 2017

"Magic Caravan" é um projeto social criado em 2013 e a ONG Al Caravan atua na Síria , Líbano, Turquia e Alemanha, ajudando a dar um futuro melhor para crianças e adolescentes sentenciadas a viver em campos de refugiados e campos de concentração ainda remanescentes na Alemanha.

Na Síria, o grupo ajuda crianças das regiões mais intensas do país, cujas áreas residenciais e rurais são constantemente bombardeadas pelo regime sírio, milícias islâmicas, Rússia e países ocidentais. Possui pequenos centros de educação em lugares considerados "redutos rebeldes" como Aleppo, Daara, Homs, Latakya, Damasco e Idlib…