Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

Angola: Testemunhos sobre a violência contra manifestantes no Domingo 11-03-2012

A Angola sofre duras consequências por ter um governo corrupto e que se mantém pela força das armas há 33 anos. Com o mandato vencido desde 2010, o presidente José Eduardo dos Santos, originario de São Tomé, se nega a deixar o poder e se vale de todos os recursos para continuar oprimindo e proibindo qualquer tipo de manifestação contra sua ditadura.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 13 de Março de 2012 - 07h30 GMT-3

O sentimento de revolta é nacional. De acordo com o intelectual Nelson Pestana, a manifestação que aconteceu no Domingo último (11-03) havia sido informado às autoridades de modo formal, pela organização da manifestação. Conta o cientista político, jurista e docente universitário Nelson Pestana, que um grupo de vândalos contratados pelo governo da província de Luanda sequestrou o Sr. Mário Domingos, o organizador do evento.  Ele conta também que ainda outro grupo atacou a residência do Sr. Casimiro Carbono valendo-se de violência, feriram pelo menos mais 3 pessoas e destruíram todo o material e o equipamento que seria utilizado no dia seguinte durante a manifestação por democracia e dignidade popular.

Foi contando sua dura experiência pessoal durante a passeata no Cazenga, que no site "circuloangolanointelectual", pode descrever suas próprias impressões sobre o atual governo e a situação do povo angolano, que como todos já sabem, temos reportado aqui com frequência, enquanto as grandes mídias ignoraram até este Domingo do dia 11 de Março de 2012.

Conta o intelectual que a intenção dos organizadores era que uma grande concentração acontecesse no Tanque de Água. Dali uma passeata seguiria rumo à Praça da Independência via Congoleses. Surpresos ficaram quando perceberam que tropas da Policia Nacional já estavam à postos "como se estivesse de emboscada", descreveu. De acordo com o Jurista Nelson Pestana, no primeiro momento, chegaram a acreditar que a polícia estivesse alí para protegê-los e garantir a segurança do evento, mas aconteceu o inesperado.

Francisco foi um dos alvos de um grupo de militares.
Foto cortesia de "Kuduro de Angola"
Uma reação súbita da polícia causou alvoroço e espanto. Eles reagiram à manifestação com barras de ferro e armas de munição real. Golpes violentos eram desferidos para todos os lados enquanto as armas de fogo faziam ouvir seu grito. Tudo isto sem o menor aviso (aos manifestantes).

O rapaz da foto precisou se submeter a uma leve cirurgia de cinco pontos e ainda foi ferido no braço. Vários outros sofreram inúmeras escoriações e o especialista Nelson Pestana (que testemunhou pessoalmente os acontecimentos) disse que um manifestante de nome Davi, teve além de outros ferimentos, parte da orelha decepada. Conta ainda que efetuaram a prisão de Luamba e Mário Domingos posteriormente foram libertados. O motivo da libertação dos presos, segundo conta do cientista político Nelson Pestana, é que as ordens expressas eram de não manter presos, apenas espancá-los.

"... a nova orientação agora não é a fazer presos mas a de bater só, dizia um dos algozes ao seu colega, quando este ia a passar as algemas ao David. " "circuloangolanointelectual"

1 Dia antes...

Mário é um manifestante que milita pela instauração da democracia em Angola. Com a cabeça ainda sangrando, após ter sofrido pesado espancamento por forças policiais, o jovem ainda se manteve firme, convicto, orgulhoso e pronto para morrer em defesa dos direitos de seu país e de seu povo:


Conta a página do Facebook Jornal Do Povo Angolano que Mário é um dos idealizadores da manifestação. Segundo conta o Jornal com sede em Luanda, o jovem líder foi sequestrado no Sábado por um grupo não identificado e transportado em um carro também sem identificação. A fonte conta que ele foi levado para uma região deserta chamada "Terra Vermelha", onde foram severamente espancados pela segunda vez.

Mário contou ao JPA que em certo momento os agressores ofereceram-lhe dinheiro para "se esquecer do acontecido", mas ao recusar a oferta, os espancamentos recomeçaram e passou a receber ameaça de morte, disse o Jornal. Testemunhas e informantes ligados ao Jornal citaram Bento Kagamba como a pessoa que se mantinha em comunicação com o grupo de agressores durante o sequestro.

Das razões

De acordo com o depoimento de Adão Ramos ao Jornalistas da Voz da América, o objetivo central da manifestação era protestar contra a nomeação de Suzana Inglês para a chefia da Comissão Nacional Eleitoral. Em suma, todos os partidos políticos rejeitaram unanimes, o nome de Suzana Inglês para o cargo, exceto o único partido no poder: MLPA.

Segundo ainda o jurista Nelson Pestana, o JES é o grupo responsável e está por trás dos grupo violentos que militam em favor do atual regime angolano.

Curiosamente, o Ministério Público abriu um inquérito para apurar as causas da violência que aconteceu no último domingo. Segundo o "circuloangolanointelectual", a Anestia Internacional se mostra presente a antenada, prometendo acompanhar o desenrolar das investigações.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Sahar Tabar jamais fez 50 cirurgias acabem com a Fake News - O Observador do Mundo

A jovem iraniana Sahar Tabar vem sendo ridicularizada por internautas do mundo inteiro desde que um site publicou que a "mulher iraniana teria feito 50 cirurgias pra se parecer com Angelina Jolie" mas seu rosto teria ficado deformado. Seria isto mesmo? Saiba a verdade a seguir:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 03 Dezembro de 2017

Sahar Tabar é uma jovem iraniana comum, que aos 19 anos vive numa ditadura islâmica radical, em que as mulheres são vistas pela maioria dos homens como apenas objeto sexual, maldição, lixo ou objeto de muitas punições e castigos em todas as áreas. Mulheres jovens bonitas nestes lugares não são apenas assediadas ou violentadas, são escravizadas e forçadas a ficar em silêncio já que não há lei que permita que ousem abrir suas bocas diante das autoridades. Muitas destas jovens são abusadas sexualmente pelos pais, pelos irmãos, vizinhos, colegas de escola, professores, colegas de trabalho e patrões, policiais e políticos. São vítimas de um siste…

A implantação e queda do comunismo socialista e o "Decálogo de Lenin"

O "Decálogo de Lenin" é um resumo do pensamento da implantação do comunismo de modo mais "social". Escrito por um brasileiro de Sorocaba, a obra, por incrível que pareça descreve exatamente a tragédia que o Brasil vive hoje sob a luz do Partido dos Trabalhadores - CONTINUE LENDO:

A "Revolução Bolivariana" era ainda um sonho de Chávez de unificar toda a América Latina sob seu comando. Ele pretendia instalar um regime comunista duro, com maior apelo social mas que culminava no empobrecimento de todas as camadas abaixo dele, e o enriquecimento exclusivo do Estado militarizado e de seus líderes.   Para isto Chávez contava com militantes de esquerda em todo o território latino, e depois do fracasso dos anos 60, finalmente nas últimas duas décadas, conseguiu colocar seus "agentes laranja" no poder em diversos países, entre eles Brasil e Argentina.

Quando o Brasil aderiu ao "Comunismo Socialista", por meio da comemorada ascensão de Luis Ináci…

Aliaa Magda ElMahdy nua é desejada, perseguida, processada, linchada e morta. Um símbolo?

Ela nem se considerava bonita, muito menos sexy. Decidiu se expor como forma de denunciar de modo marcante, o abuso sexual que as mulheres egípcias sofrem, espancamentos e indiscriminação, mas no campo da religião, Aliaa Magda é tida como um monstro.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 06h50min.
 De adolescente a mulher. De ativista a símbolo sexual. Sua decisão de mostrar sua foto numa numa página de blog chocou o Egito, a comunidade islâmica e o mundo árabe. Adquiriu admiração de muitas mulheres que nunca tiveram coragem para fazer o mesmo, embora tivessem desejo. Seu blog atualmente registra mais de 4.400.000 visitantes embora a impacto inicial tenha passado, sua nudez lhe rendeu muita popularidade e muitos problemas. Aliaa saiu do "Blogger" para as ruas:


Nas ruas foi odiada. Foi linchada, ficando bastante machucada. Mais tarde os linchadores descobriram que haviam espancado a moça errada. Não era Aliaa. O ódio da comunidade islâmica lhe rendeu ameaç…

Last Day On Earth - Top dicas pra você sobreviver neste mundo caótico

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…