Pular para o conteúdo principal

Translate this Page

HRW envia relatório completo sobre abusos na Síria para Liga Árabe.


O Observatório dos Direitos Humanos (HRW) enviou nesta Sexta (20) uma carta aberta exigindo à Liga Árabe que imponha sanções concretas e o envio dos arquivos da Síria para as Nações Unidas, levantando suspeita de manipulação dos relatórios dos Observadores implantados no país em Dezembro de 2011.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 20 de Janeiro de 2012 - 12h02min.

A reunião que levará chanceleres da Liga Árabe à discutir os próximos passos para dar fim ao derramamento de sangue na Síria acontecerá no dia 22 de Janeiro. Relatório atualizado apresentando histórico de "abusos diários" cometidos pelo regime sírio contra a população desarmada e indefesa, formada apenas por manifestantes. De acordo com o relatório, informes consistentes que comprovam a ação das forças de segurança e do exército, contra a população civil em todo o país desde o dia 15 de Março de 2011.

A HRW denuncia ainda o esforço do regime sírio para interferir no trabalho da missão dos Observadores, escondendo presos por meio de transferências súbitas para locais atípicos entre outras trapaças. O HRW citou ainda o comentário da Diretora Executiva Sarah Lea Whitson, da HRW para o Oriente Médio como dizendo que "A Síria tem mostrado que "isto não vai dar em nada, independente da monitoração de sua repressão".

carta-aberta endereçada ao Secretário Geral da Liga Árabe, Dr. Nabil Al-Arabi que disse:

"Em um esforço para ajudar a sua avaliação da missão, estamos apresentando a nossa documentação de violações recentes, bem como as nossas preocupações sobre o trabalho da missão de vigilância."
A HRW lembra que o "sucesso da missão dos Observadores vai depender de relatórios credíveis e eficazes". A organização solicitou à Liga Árabe para informar publicamente o relatório final (na íntegra), da conclusão da missão dos Observadores, para responder à preocupação global sobre a "opacidade da missão" e o receio "de que os relatórios estão sendo manipulados pelas autoridades sírias".

O levantamento da Organização dos Direitos Humanos revela que o regime sírio está deixando à desejar "em vários aspectos para atender seus compromissos no âmbito do plano da Liga Árabe de 19 de dezembro de 2011" num esforço árabe para encerrar o processo violento "contra protestos pacíficos".

Dentre as exigências não cumpridas: "soltar manifestantes detidos, retirar elementos armados de cidades e áreas residenciais, e permitir que árabes e internacionais sem restrições de acesso de mídia para todas as partes da Síria"

Um relatório de erros cometidos pelo regime sírio listando uma a um:
  • Prisões de manifestantes e ativistas
  • Implantação Militar em curso em Cidades
  • Circulação restrita de jornalistas
O HRW criticou ainda que a Liga Árabe não revelou previamente a escalação dos Observadores, nem o grau de experiência que possuem neste campo, o que levanta suspeitas sobre a "transparência da missão", entenebrecida ainda pela escolha do General Mohammad Ahmed Al-Dabi, cuja carreira é manchada por sérias indicações de seu governo ao ICC por crimes contra a Humanidade (como já temos falado aqui), juntamente com o Governo do Sudão tem mandado de prisão emitido contra o presidente Al-Bashir pelo Tribunal Penal Internacional pelo crime de genocídio.

Video contendo imagens supostamente vazadas de uma câmera utilizada por um Observador. Observe que as milícias de Al-Assad cercam os observadores e companham de perto seus trabalhos, tornando sua missão "engessada" pela intimidação. Qual entrevistado vai falar contra o regime diante do exército com armas em punho?


Outro dado importante ao destacar que a HRW alertou para o fato das forças de segurança serem o serviço de proteção dos Observadores, é que Maher Al-Assad, (Brigadeiro e Irmão do presidente) que supostamente havia morrido em novembro, poderia estar acompanhando pessoalmente a segurança de Observadores. A Organização condenou a dependência dos Observadores do regime Sírio para o transporte e a segurança dos Observadores, o que contribuiu para impedir que os profissionais circulassem livremente pelo país, sem interferência do regime.

O HRW denunciou a troca dos documentos de identificação dos seguranças (de assassinos para pacificadores), a transferência dos presos dos locais visitados pela missão, a proibição de acesso da missão a áreas militares que o regime chama de "sensíveis", enquanto há inúmeras denúncias de que muitos presos foram transferido para estas áreas (de mísseis por exemplo).

Também apontou que a a Síria tem sido incapaz de garantir a segurança das pessoas que cedem entrevistas para os Observadores, informando casos de prisões dentre outras ações corretivas.

À fim de cobrar maior seriedade da missão, a HRW foi firme ao declarar:

"Se os monitores não têm sido capazes de operar de forma independente e eficaz, e da Liga não pode garantir a sua eficácia, em seguida, deve considerar se sua missão de vigilância podem servir a um propósito útil."
"Se a missão é continuar, pedimos a Liga Árabe para solicitar que o Conselho de Segurança da ONU pedir ao governo sírio a cooperar com a Missão. Independentemente de a missão de vigilância continua, enquanto as violações dos direitos humanos continuam..."

HRW foi enfática ao exigir que a Liga Árabe trabalhe em conjunto com o Conselho de Segurança das Nações Unidas, relacionado a isto, uma série de pontos a serem observados:

  1. Impor um embargo de armas à Síria
  2. Impor sanções contra os indivíduos responsáveis ​​por violações graves
  3. Demandar o livre acesso das missões humanitárias, jornalistas estrangeiros e organizações independentes de direitos humanos
  4. Convocar o governo sírio a cooperar com o Gabinete do Alto Comissário para os Direitos Humanos (OHCHR), em estabelecer uma presença de monitoramento de direitos humanos na Síria.
  5. Se referir a Síria para o Tribunal Penal Internacional (TPI).
Referências:

Carta para a Liga Árabe Secretário-Geral Quanto à Missão de Vigilância da Síria
Liga Árabe: Relatório publicamente sobre a Síria Missão
Síria: Detidos Invisíveis Aos Monitores Internacionais

Video: Violento confronto entre Exército Livre (FSA) e Exército regular na entrada da Porta dos Leões em Homs, gravado há cerca de 1 hora:

Postagens mais visitadas deste blog

A nova vida do Advogado Ércio Quaresma ex-defensor do Bruno Goleiro.

Ele subiu ao topo. Tornou-se um dos defensores mais admirados no cenário jurídico. Por um contrato milionário, foi defensor do Bruno, Goleiro do Flamengo, no caso do assassinato de sua namorada Elisa Samúdio, até que foi pego se drogando em uma cracolândia na região metropolitana de Belo Horizonte.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 25 de Novembro de 2011 - 07h26min.
O Dr. Ércio Quaresma foi professor de Direito na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Durante mais de 20 anos de carreira, cometeu deslizes não muito comuns, em se tratando de pessoas do seu nível e de sua formação; Por outro lado foi realizou defesas espantosas, dignas de meste. Se especializou na defesa de acusados de crimes hediondos por assassinato em 1º Grau obtendo bons resultados quase sempre. Isto porque em alguns casos o criminoso era indefensável, digno de toda culpabilidade e nada mais lhe restaria a não ser a pena máxima.

Mesmo assim sua experiência na defesa de criminosos praticamente condenados foi ex…

Indonésia: Notícias de tremor de terra, inundações e deslizamentos leva mais temor a desabrigados - Alerta 3

Pelo menos 5 tremores com escala acima de 4.0 chegando a máxima de 6.1 na região de Kepulauan Barat Daya nas últimas horas. O tremores cujos epicentros estão no mar, notados a  318 Km  de distância da cidade de Dili, no Timor Leste. O último tremor foi de magnitude 6.1 registrado a 18,1 Km de profundidade na mesma região que também fica a 383 Km da cidade de Ambon na Indonésia. O alerta foi enviado pela agência americana de prevenção a desastres geológicos USGS na última meia-hora.

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - Rio de Janeiro, 03 de Fevereiro de 2014 - 23:04 GMT-3
Atualização: 04-02-2014 as 08:20

Atualização: 04-02-2014 as 08:20

O governo indonesiano anunciou a manutenção do estado de alerta no nível 3. Neste momento o Sinabung lança uma quantidade de fuligem em quantidade considerada "pequena" mas está caindo sobre diversas regiões ao redor. Numa tentativa de avaliar os estragos, equipes técnicas percorrem a zona proibida e relatam milhares de hectares de planta…

PERIGO: Chamadas com DDD 06565 continuam desde 2012 até hoje

CUIDADO: Estou recebendo chamadas desde ontem de dois números desconhecidos. Quando fui digitar no Google antes que eu terminasse apareceu a sugestão: "065 65 de onde é?", então segui o link e vi uma eternidade de usuários reclamando destas ligações:

Por Saulo Valley - O Observador do Mundo - 30 de Agosto de 2014 - 18:12 GMT-3



Link da pesquisa: https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&es_th=1&ie=UTF-8#q=06565%20é%20de%20onde

Foi aí que me lembrei daquelas "promoções e sorteios de casas, carros etc... Este assunto em 2012 havia se tornado uma discussão nacional e as autoridades haviam prometido utilizar bloqueadores para impedir que as quadrilhas continuassem a aterrorizar usuários da telefonia móvel e fixa.  As chamadas costumam ser no meio da noite e alguns milhares de brasileiros afirmaram que as vezes ouve-se uma voz que é gravada e sugere um pacto satânico, além de pedir todos os dados pessoais da vítima. Vários rumores surgi…

Liga Árabe avisa a Assad que pare a "Máquina de Matar" e cumpra as reformas prometidas.

A Liga Árabe se reuniu nesta Terça no Cairo. O encontro contou com a presença do Primeiro-Ministro da Turquia Tayip Edorgan. A liga se mostrou espantada com a continuidade dos massacres mesmo após o encontro do Presidente Sírio Bashar Al-Assad com Nabil Arabi Secretário-geral da Liga Árabe no último Sábado dia 10-09-11.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 14 de Setembro de 2011 - 07h08min.
Atualização: 19h41min.
Cairo -  De acordo com o site de notícias da Turquia "haaretz.com" o Primeiro-ministro turco Tayyip Erdogan, em sua visita ao Cairo fez um pronunciamento quando buscava "definir a visão da Turquia sobre o atual Oriente Médio":
"Com o aumentar das mortes de civis na Síria, vemos que as reformas não se concretizaram e ele não fala honestamente. Não é possível acreditar nisso. E o povo sírio não acredita em Assad, eu também não acredito nele." Enquanto a Liga Árabe se esforça para chamar a atenção de Bashar Al-Assad para o fim da violência no país, ele i…

Turquia: Angelina Jolie quer ver os refugiados da Síria.

O ministério de negócios estrangeiros da Turquia anunciou hoje ter recebido um pedido para que Angelina Jolie, na condição de embaixadora da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, tivesse acesso aos campos de refugiados sírios no país.

Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 15 de Junho de 2011 - 07h34min.
De acordo com o site ucraniano "independent", o pedido está sendo analisado. Até o momento pelo menos 8.500 sírios atravessaram a fronteira para a Turquia na tentativa de escapar ao embate entre as forças oficiais e as forças rebeldes do exército.
Desde a sexta-feira retrasada que uma rebelião entre os soldados foi criada para distrair as forças de segurança e permitir que a população de Vaga, nos arredores da Ponte Vaga pudessem cruzar a fronteira com a Turquia.
Em resposta, o governo da Síria intensificou os ataques nas proximidades das fronteiras do país com a Turquia e com o Iraque, na região de Deir Azour para onde enorme quantidade de reforç…

Nigéria: Menina de 13 anos escrava sexual de 550 homens.

Um alerta para os pais: A menina "A" tinha 13 anos quando sua tia pediu aos seus pais autorização para levá-la de Akuda, no estado de Akwa Ibom para outra cidade, sob a promessa de que receberia melhor tratamento e teria melhores condições de estudo..
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012 - 10h17min.
Segundo a fonte nigeriana "PM News", a menina contou para a polícia que após seus pais terem autorizado a sua ida para o estado nigeriano de Lagos com sua tia, esta mesma a levou para um hotel. Lá  acriança contou que ganhou uma mini-saia, vestidos do tipo "tubo" e um quarto. De acordo com o testemunho da menina ainda, sua tia conhecida apenas como "vitória", teria ensinado como se comportar com os homens.
Até então a menina contou que não entendia o que estava acontecendo "até que começaram a chegar os homens". A fonte citando a menina disse que  ela percebeu que cada uma das outras meninas levavam seus "fregueses&qu…